Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos Mensais: março 2010

Rap in Rio no Circo com Afrika Bambaataa, Marcelo D2 e Mr.Catra

Nessa Quinta (01/Abril) a Lapa Carioca recebe um dos criadores do RAP o americano Afrika Bambaataa, que está em tour comemorativo de 35 anos do movimento HIP HOP.

O RAP in RIO – traz além do mítico DJ e Produtor norte-americano, os essênciais Marcelo D2, e seu estilo mais POP onde a poesia carioca se mistura com uma infinidade de ritmos gringos e brasileiros, e Mr.Catra um dos heróis do Funk Carioca que sempre agita muito a galera em suas apresentações.

Lote Promocional limitado: R$ 30 homem / R$ 20 mulher (estudantes ou c/ 1 kg de alimento não perecível)

Podcast Vishows – Emissão 35 – SXSW 2010

Cultura Rap em alta no Evento Gerações Hip Hop – Sesc Pompéia (Abril/10)

HIP HOP BRASIL

Do fim dos anos 70 até hoje, o Hip Hop superou todos os preconceitos e se universalizou. São Paulo é hoje um dos maiores centros artísticos do movimento fora dos EUA e o festival no Sesc é só uma pequena amostra da diversidade do gênero no país.

O Rap Nacional tem estilo bem autoral e nomes como DJ Hum, Racionais, Thaíde, MV Bill, Doctors MCs, Shary Laine, Rappin Hood, M.T. Bronks, Rappin Hood, entre outros, moldaram o som e fizeram do RAP o som de várias galeras de diversos estilos em todo Brasil, criando sempre novos e fiéis admiradores.

O Gerações Hip Hop, no Sesc Pompeia, vai ter 3 dias com temas específicos. Confira :

Dia 08/Abril – 21 hrs
Mano Brown, Ice Blue, Helião, DJ Cia, Don Pixote, Du Bronks e abertura do Rosana Bronks.

Dia 09/Abril – 21 hrs
De Leve, Emicida e Thaide.

Dia 10/Abril – 21 hrs
ZULUMBI (Um mix de Nação Zumbi com o Mamelo Sound System)

INGRESSOS DE R$ 20,00 a R$ 5,00

Renato Russo ainda faz a diferença !!

Hoje o poeta do rock brazuca e líder da emblemática Legião Urbana faria 50 anos. Nessa época atual onde o rock virou música de comercial de margarina e as bandas novatas choram por chorar, ver a fase áurea do Grupo em 86/87 é um alívio e mostra bem o seu lado rebelde e roqueiro, que a mídia após a sua morte fez questão de varrer para baixo do tapete e glorificar somente o cara sensível e suas músicas da fase final e menos inspirada da carreira.

Lobotomizaram o legado do Renato Russo – Uma Pena!!

Eu ví a Legião em 1987 no Ginásio do Ibirapuera e foi simplesmente ANIMAL !! O cara parou o show, deu esporro no público, lição de moral, citou Stones, Smiths, The Doors e no final fez todo mundo dançar e cantar como se fosse a última vez na vida !! Quem esteve lá sabem bem disso !!

Vejam Renato e banda mandando ver no antigo Perdidos na Noite (Na época nem o Faustão era bunda mole !!) e sintam a paixão, revolta e espírito existencialista da banda em Show Histórico no Circo Voador no Rio em 1986 !!

Luis “Guitar Hero” Carlini no Sesc Vila Mariana (Abril/10)

Da leva rock and roll da Pompéia (anos 60/70), surgiram grandes músicos e bandas seminais, para ocupar o posto de Guitar Hero da galera ninguém mais indicado que o grande Carlini.

Luiz Carlini

Luis Carlini é um dos maiores músicos do rock brasileiro de todos os tempos, é simplesmente fundador do Tutti Frutti que surgiu ao lado de nomes como Os Mutantes e Made in Brazil.
Com Rita Lee nos vocais lançou discos como “Entradas e Bandeiras”, “Babilônia” e “Refestança” esse último ao vivo com Gilberto Gil.
Se não bastasse tudo isso é dono de solos históricos em canções como o clássico “Ovelha Negra” e na sua parceria com Rita em “Corista de Rock”.
Seu currículo é invejável, com participação em mais de 400 discos como músico, produtor e arranjador, além de ter tocado com Titãs, Nasi, Marcelo Nova, Barão Vermelho, Erasmo Carlos, Supla e vários outros artistas brazucas de destaque.

Nesse mês de Abril (2010) o figura comparece no Sesc Vila Mariana no projeto “LOKIS & MALUCOS”, onde vai mandar ver pérolas do repertório de Raul Seixas.

Dias 04/Abril e 18/Abril (Domingos) – sempre às 13:30 – GRÁTIS !!

CONFIRAM O CARA EM 2008 com a versão atual do Tutti Frutti mandando ver “CORISTA DE ROCK”


Céu mostra repertório do Coachella em show no Sesc Santo André

Céu no Sesc Santo André

O Brasil é um país repleto de grandes cantoras, mas que ao mesmo tempo vê a mídia local destacar somente os fenômenos Pop do momento e as “divas eleitas” seja pelo Projac, pelas gravadoras sobreviventes e até mesmo por uma estranha combinação de talento e DNA.

Nesse universo onde não existe mais imprensa musical e os produtores são reféns das velhas armadilhas do business, a paulistana Céu brilha MUITO… mas sem o auxílio do “mercado”, que infelizmente só consegue reciclar sons do passado na garantia do lucro fácil ou explorar o velho baú da MPB.

Nesse cenário, o hype relativo à cantora e compositora Céu, acaba chegando tarde no Brasil e tem impacto muito maior nos EUA e Europa. Nesse caso, o azar é todo nosso, pois com uma voz singular e alcance incrível ela transita com enorme facilidade do Samba ao Trip Hop, do Cool Jazz ao Reggae e da Eletrônica ao som mais simples e acústico.

Em seu primeiro disco, vendeu mais de 100.000 cópias nos EUA, liderou a parada de World Music e agora com seu novo trabalho “Vagarosa“, volta a ter destaque internacional e abre em Abril/10 mais um Tour internacional, que terá como ponto alto a apresentação no insensado festival californiano de Coachella.

Com tudo isso em mente confesso que embarquei numa “viagem” ao Sesc Santo André, com enorme expectativa em ver antes o show que os gringos iam ver na Califa.

No palco, Céu está mais solta, arriscando várias dancinhas e brincadeiras com o público, aprendeu a usar com bom gosto seu charme e feminilidade, mas seus principais trunfos são mesmo a Voz, as Composições e os inventivos Arranjos de uma banda de muita qualidade.

A salada sonora foi completa e o show teve vários pontos altos com músicas do primeiro disco como “Vinheta Quebrante”, “Malemolência”, “Rainha” e sons novos muito bem recebidos como “Cangote”, “Bubuia”, “Grains de Beauté” e a minha preferida “Espaçonave”.

Fechou o show, com o público nas mãos e o já tradicional cover de “Concrete Jungle” do eterno Bob Marley.

Com um talento desse porte, Céu não precisa de esquemas e nem mesmo de um sucesso de massa no país, pois tem tudo para se consolidar como compositora e cantora de alcance mundial sem nunca deixar de ser uma menina do Brasil.

Como o público, do ótimo espaço do Sesc – Santo André,  pode conferir, a cantora já é uma artista do primeiro time e vai agitar bastante o cenário musical, pois com somente 2 discos já é uma das principais referências e nomes do novo som brasileiro que ilumina o Século XXI.

Franz Ferdinand e as loucas noites na Lapa carioca

Algumas bandas acabam tendo predileção por tocar no Brasil e o Franz Ferdinand parece ser uma delas, afinal vieram ao país no tour de cada disco, dão mil entrevistas falando do Rio de Janeiro, dos discos que compraram e das festas e porres homéricos.

Nessa última sexta (19/Mar/2010) os caras mais uma vez mostraram muita presença e agitaram a Fundição Progresso na Lapa carioca.

Os depoimentos que busquei sobre o show são todos parecidos… do tipo “Cantei e me divertí como nunca!!”

Graças a colaboração do grande Léo Neves (com suas fotos animais!!) segue depoimento e imagens do show no Rio de Janeiro – Veja aqui a GALERIA DE FOTOS DO SHOW.

… a resenha do show vou ficar devendo… porque estava mais interessado em pular e gritar… RSRS… Mas um momento que eu destaco foi o povo cantando “take me out” MUITO alto, mesmo com toda a porrada da banda só dava a galera cantando. No final Alex Kapranos e o batera fizeram um mosh na galera… depois do show foram pra candy party, ali do lado, no teatro odisseia… (Leo Neves – visite o Blog)

Franz Ferdinand

A banda tocou um pouco de tudo como o setlist demonstra, mas o mais legal foi a Festa público e grupo com a comemoração de aniversário do vocalista/guitarrista Alex Kapranos, que inspirado e em ritmo alucinado, fez mais uma apresentação memorável para o público que lotou a Fundição.

SET LIST – RIO DE JANEIRO – 19/Mar/2010

1. Bite Hard
2. The Dark Of The Matinée
3. This Boy
4. Do You Want To
5. Auf Achse
6. No You Girls
7. Tell Her Tonight
8. Can’t Stop Feeling
9. Take Me Out
10. Turn It On
11. The Fallen
12. Michael
13. 40′
14. Ulysses
15. Outsiders

BIS

16. Walk Away
17. Come On Home
18. What She Came For
19. All My Friends (Cover – LCD Soundsystem)
20. Van Tango
21. This Fire
22. Lucid Dreams

Grind Hardcore 4 Real – “Extreme Noise Terror” no Inferno Club em Sampa

O Extreme Noise Terror ou simplesmente ENT, chega em São Paulo com a tradicional fúria punk/grind e com o peso do death metal. Vão mostrar seu som impactante com a tradicional dupla de vocalistas, que sempre confere um ritmo insano às apresentações.

!! É O REAL PUNK E HARDCORE SEM MUITAS FIRULAS E CONCESSÕES !!


Desde de 1985 os caras detonam e não vai ser diferente nessa primeira passagem do combo de Dean Jones (membro fundador da banda e vocal) que junto a Phil Vane (também membro original) comandam os microfones do espetáculo.

Para sentir o peso e velocidade da banda nada como vê-los no clipe de Raping the Earth !! Animal !!

AnBerlin no Brasil – Tour 2010 em diversas capitais

O grupo de rock alternativo americano – An Berlin (Orlando-Florida), chega nesse fim de mês ao Brasil para shows em algumas capitais, fazendo a festa da moçadinha … confiram as datas e locais:

São Paulo
23/Mar – Clash Club (com abertura de Cine, Caps Lock e Opinião Pública)
27/Mar – também no Clash (com Fresno) ESGOTADO

Curitiba
24/Mar – John Bull Music Hall

Porto Alegre
25/Mar – Bar Opinião (com abertura de Do you like?, Fussed e Belle)

Fortaleza
26/Mar – Armazém (com Fresno)

Rio de Janeiro
28/Mar – Canecão (com Fresno)

AnBerlin - Tour 2010 no Brasil

Para a moçada adepta do “Neo Hardcore Melódico BR” (ou simplesmente EMOCORE) o Blog sugere o Clipe de FELL GOOD DRAG – um dos melhores sons dos caras, e que bate de goleada toda a produção nacional do gênero.

Quem sabe… se com esse Tour,  as bandas locais vejam que não bastam guitarras e açúcar para fazer sucesso – sem preconceitos – AnBerlin é uma boa prova disso.

Alex Chilton herói do rock indie – RIP (New Orleans – 17/03/10)

Na reta final para suas apresentações no SXSW 2010, Alex Chilton herói do rock Indie americano nos anos 60/70 e que influênciou dezenas de bandas (REM, Nirvana, Replacements, Wilco, Sreaming Trees …) , passou mal em New Orleans (USA) e seu coração não resistiu.

Teve nos anos 60 um MEGA HIT com os Box Tops – The Letter – que o blog pinça direto dos anos 60 em apresentação na TV Americana. Sua outra banda o BIG STAR após 3 discos nos anos 70 encerrou atividades mas também deixou sons incríveis, o mais conhecido também postado aqui é In the Streets que foi tema do seriado That 70´s Show.

ALEX – MANY TKS FOR THE INSPIRATION !!

Dave Grohl e “Fresh Pots” … uma overdose de cafeína

No estúdio para realizar o segundo disco do supergrupo THEM CROOKED VULTURES, o batera Dave Grohl é a estrela desse vídeo (Viral da Banda??!?), onde mostra abuso no uso de Café.

O vídeo é legal com a participação de Josh Homme do QOTSA, faltando somente o lendário John Paul Jones baixista do LED ZEPPELIN e parceiro dos caras no projeto… mas no fim, a gravação frisa que após a brincadeira do vídeo, rolou mesmo a “passagem” médica obrigatória para o músico.

%d blogueiros gostam disto: