Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos Mensais: abril 2010

Dicas e destaques da Virada Cultural 2010

Com tantos shows em 24 horas , o blog Vishows resolver sugerir uma programação com o supra sumo da Virada Cultural 2010, confiram !!

PRAÇA JULIO PRESTES – (Av. Duque de Caxias, próximo a Sala São Paulo)

Dia 15 – 18hrsBarbarito Torres e Ignacio Mazacote (Cuba)
A dupla integrante do Buena Vista Social Club vai abrir o evento com os manjados clássicos do som cubano.

Dia 16 – 0:00Céu
A cantora Céu de volta do consagrado tour nos EUA onde agitou o festival de Coachella. Em grande fase vai apresentar sons de seus dois discos lançados.

Dia 16 – 03:00 Living Colour
A consagrada banda de rock americana volta ao Brasil para mostrar como se toca, com o virtuose Vernon Reid no comando os caras promotem agitar a galera.

Dia 16 – 06:00Los Sebozos Postizos
Com Jorge du Peixe, Lúcio Maia, Dengue, Pupillo e Da Lua, componentes do Nação Zumbi mandam muito bem nesse projeto onde fazem shows em que homenageiam grandes ídolos como Jorge Ben e Tim Maia.

PRAÇA DA REPÚBLICA – (Próximo à av. Ipiranga, virado para a Rua do Arouche) – SAMBA

Dia 15 – 19:00Paulo Vanzolini
Dia 16 – 01:00Jair Rodrigues
Dia 16 – 15:00 Arlindo Cruz
Dia 16 – 17:00Germano Mathias e Dicró

BULEVAR SÃO JOÃO – (Vale do Anhangabaú) – ROCK e DIVERSIDADE SONORA

Dia 15 – 19:00 – Hermeto Pascoal (Vanguarda mental e sonora)
Dia 15 – 23:00Booker T (Eua) (Ex MG´s – recheado de sucessos)
Dia 16 – 01:00 – The Temptations – Feat. Glenn Leonard (Eua)
Dia 16 – 05:00 – Edy Star – Sociedade da Grã-Ordem Kavernista – Apresenta Sessão das Dez
Dia 16 – 07:00 Nei Lisboa (O trovador do rock-pop dos Pampas – faz sempre grandes shows)
Dia 16 – 09:00 – Nito Mestre (Ex.Sui Generis -Argentina) – Imperdível !!

VIEIRA DE CARVALHO – (Lgo. do Arouche, virado para a Av. Vieira de Carvalho) – Cabecismos e Jovem guarda

Dia 15 – 19:00Arrigo Barnabé – Caixa de Ódio: o Universo de Lupicínio Rodrigues
Dia 16 – 11:00 – Jerry Adriani (O Elvis Brasileiro)
Dia 16 – 15:00 – Vanusa (Piadas de lado a cantora tem um repertório de respeito)
Dia 16 – 17:00 – Wanderléa (De DVD novo impressiona bem em seu show atual)

AV. SÃO JOÃO – (Av. São João, próximo a Rua General Osório, virado para a Av. Ipiranga) – ROCK

Dia 15 – 20:00 – Grand Mothers – Re:invented (Banda original de Frank Zappa em nova encarnação)
Dia 15 – 22:00 – Big Brother & the Holding Co. (Banda original de Janis Joplin)
Dia 16 – 00:00Patrulha do Espaço (Hard rock paulistano)
Dia 16 – 01:30 – L.A. Guns (Rock farofa)
Dia 16 – 05:30 – Krisiun (Metal do Sul)
Dia 16 – 09:30Pitty (Pop rock brazuca)
Dia 16 – 11:30 – CPM 22 (Homenagem tocando só Ramones)
Dia 16 – 13:30Raimundos (Afinal os anos 90 voltaram !!)
Dia 16 – 17:30Titãs – (Veteranos semi mortos do rock brazuca – só vejo se receber cachê)

BARÃO DE LIMEIRA – (Alameda Barão de Limeira) – Reggae

Dia 15 – 19:00 – Orquestra Brasileira de Música Jamaicana
Dia 15 – 21:00 – Pablo Moses (Jamaica)
Dia 15 – 23:00 – Cidade Negra e Ras Bernardo – Lute para Viver (1991) – Apresentação do clássico disco na íntegra.

…a informação correta é a de que o show apresentará ao público paulista o repertório do NOVO CD (“Que Assim Seja”), bem como o novo vocalista do Cidade Negra, ALEXANDRE MASSAU. (Ver comentários do Post)

Dia 16 – 01:00Fully Fullwood (Jamaica)
Dia 16 – 05:00 – Tribo de Jah
Dia 16 – 15:00Clinton Fearon (Jamaica)
Dia 16 – 17:00Big Youth (Jamaica) Clássico absoluto !!

CASPER LÍBERO – (Washington Luís)

Dia 15 – 20:40 – Detetives – (Rock)
Dia 15 – 22:20Tulipa Ruiz e Dudu Tsuda (Novos sons brazucas)
Dia 16 – 16:40 – Mallu Magalhães (A trovadora teen que todos amam odiar)

Casa das Rosas – Av. Paulista, 37 – Bela Vista

Dia 15 – 15:00 – Lanny Gordin e Banda (Histórico guitarrista da MPB brasileira)
Dia 15 – 21:00 – Tetê Espíndola e Banda (Nossa Kate Bush… Perdida nas Estrelas)

Clique aqui para ver a programação completa, ou se preferir confira nosso post anterior sobre os shows da Virada 2010 que vão rolar no SESC.

Anúncios

O Bonde Não Para … MV Bill na área

Super bacana o clipe novo do Mv Bill “O Bonde Não Para”  do álbum “Causa e Efeito”, ele divide a música com sua irmã Kmilla e tem a participação especial de seus pais e sobrinhos. Dei uma fuçada no MySpace oficial de onde tirei as informações sobre esse cara gente boa e antenado.

Álbum: Causa e Efeito

Ano: 2010

Selo: Chapa Preta

Direção Artística: MV Bill

O rapper, escritor e cineasta MV Bill lança o seu quarto trampo, gravado no Rio de Janeiro e com o próprio Bill na direção artística. O álbum contou com a colaboração de diversos produtores do Brasil, entre eles o DJ KLJ dos Racionais e do exterior com o coletivo alemão Kingstrumentals.

O disco “Causa e Efeito” conta com participações especiais de Chuck D. (líder do grupo de Rap americano Public Enemy)  na música “Transformação”.

Podcast Vishows – Emissão 37 – Esta Chido !!

  • Morphine – Buena,
  • Jarabe de Palo – La Flaca,
  • Brandford Marsalis com Linda Hopkins – The Road you choose,
  • Barão Vermelho – Azul Azulão,
  • Babasonicos – Cuello Rojo,
  • DEVO – Shrivel Up,
  • Los Shakers – No me llames mas por telefono Nena,
  • Garotas Suecas – Ghostwriter,
  • M-Clan – Sopa Fria,
  • Ventilader – Huracan,
  • ADF – Change,
  • The XX – Islands,
  • Golden Boys – Fumacê.

Mothers of Invention em versão 2010 revive Zappa em Sampa

Mothers com Zappa

Mothers com Zappa

A formação atual do grupo toca desde 2002 após apresentações de sucesso na Europa em tributos à Frank Zappa, conta atualmente com Napoleon Murphy Brock (Voz e Sax), Roy Estrada (Baixo), Don Preston(Teclados), Miroslav Tadic (Gtr) e Christopher Garcia (Bateria).

Tocam atualmente com o nome de GRANDE MOTHERS RE:INVENTED.

A Mothers of Invention foi inovadora nos anos 60, com um mix de rock, experimentalismos, música clássica e jazz comandada pelo cantor e guitarrista Frank Zappa (1940-1993).

Sua versão 2010, legitima herdeira da sonoridade da época toca em Sampa no Clube Inferno no dia 13 de Maio com preços ainda não divulgados. (Fonte r7)

ZAPPAMANÍACOS !! ESSE SHOW É PRÁ VOCÊS !!

Vão tocar também na Virada Cultural 2010 em SP (15/Maio) e no CIEE em Porto Alegre (14/Maio) !!

Virada Cultural 2010 e os shows já agendados no circuito SESC-SP

Virada Cultural 2010

A Virada Cultural 2010, vi rolar na Capital e diversas cidades do estado de São Paulo, nesse primeiro POST algumas dicas de shows confirmados enquanto a programação completa ainda não foi divulgada.

Como os shows em Sampa estão ainda dependendo da definição dos locais para termos uma agenda completa, começamos com as dicas e links mais importantes, além da programação já definida para o circuito Sesc na capital.

Como destaques da versão 2010 podemos colocar os gringos Mudhoney, Living Colour, Cat Power,  Yann Tiersen e Manu Chao que ao lado de atrações brazucas vão agitar a paulicéia.

No interior e litoral as seguintes cidades farão parte do evento Araçatuba, Araraquara, Assis, Bauru, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara d’Oeste, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e na Região Metropolitana da Baixada Santista com Santos, Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, São Vicente.

Mais sobre a programação no interior aqui no site da Secretaria de Cultura.

Em Sampa por enquanto somente está definida a programação no circuito SESC, vejam os shows programados que destacamos para vocês :

SPOK FREVO – Direto do Recife/PE, no formato de Orquestra – Spok Freve leva o frevo e sons regionais para novos lugares e sonoridades. Sesc Vila Mariana – Dia(s) 14/05, 15/05 e 16/05 (Sexta e Sábado às 21h; Domingo às 18h)

ARNALDO ANTUNES – O titânico compositor e poeta mostra sons novos e antigos de toda carreira. Sesc Santana – Sábado dia 15/05 às 23hrs.

FLÁVIO GUIMARÃES – Grande gaitista brazuca, fundador dos Blues Etílicos é hoje reconhecido pelos grandes mestres do Blues.  Sesc Interlagos – Sábado – 20hrs.

J.J. JACKSON – O americano radicado no Brasil manda sempre muito bem seu Mix de sons norte americanos. Sesc Interlagos – 15/05 – Sábado – 18:30.

ZUMBIS DO ESPAÇO – Do interior de São Paulo (Taubaté/Pindamonhangaba/Campos do Jordão) são pioneiros do “horror rock”. RECOMENDO !! Sesc Vila Mariana – Dia 15/05 – Sábado 23:30.

MILOCOVIK – Quartero de Sampa que manda bem no pop rock variado e meio eletrônico – Sesc Santana – Domingo – 02:30.

MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJÚ – A mistura de sons faz dos caras uma das sensações do novo som brasileiro, mais um show que vale muito conferir !! Sesc Santana – Domingo – 16/05 às 03:30.

CONFIRAM AQUI OS DEMAIS DESTAQUES DA VIRADA CULTURAL – DICAS VISHOWS

O Jazz fala alto em Maio/10 com Medeski Martin and Wood

Medeski Martin and Wood

O Trio Medeski Martin & Wood (ou MMW) é um combo americano de jazz pós moderno que desde 1991 vem buscando uma sonoridade não convencional, com influências diversas e um lado experimental bem desenvolvido.

No caldeirão dos caras entra Funk, Hip Hop e Jazz no estilo muitas vezes chamado de “anti groove” ou mesmo “avant-groove”.

Mas cabecismos à parte o som é interessante e possuem vários fãs na América latina.

Confiram as datas e locais previstos :

BRASIL

São Paulo
11/Maio/2010 – Bourbon Street Music Club
13/Maio/2010 – SESC Pompeia

ARGENTINA

Buenos Aires
14/Maio/2010 – Teatro Coliseo

Córdoba
15/Maio/2010 – Teatro del Libertador San Martin

Neuquen

18/Maio/2010 – Cine y Teatro Español

URUGUAI

Montevideo
16/Maio/2010 – La Trastienda Club

CHILE

Santiago
20/Maio/2010 – Teatro Oriente

Vejam os caras mandando ver ao vivo no Festival de San Sebastian em 2005
com o som incrível de “The Lover”

Coachella direto do Webcast

Nesse final de semana passei as madrugadas online curtindo o Coachella via Broadcast, o insensado festival californiano possibilitou que usuários via MySpace e Facebook acompanhassem online diversos shows.

O Blog Vishows vai dar um rápido resumo dos melhores momentos dos shows de Sexta e Sábado, os de Domingo infelizmente não ví, afinal teria que passar acordado a terceira noite seguida…

Valeu MUITO pois o som estava ótimo e pude ir mudando de canal e show de tempos em tempos.

The Specials – Em pleno levante do punk inglês de 1977 surgiu a sonzeira Ska e a formação multiracial dos Specials, e até hoje são referência no estilo e diversão garantida.

Vamos ao show, tocando ainda de dia a banda inglesa comproveu seu status de lenda e fez todo mundo dançar, eu que nunca ví ao-vivo, achei 10 e passou a entrar na minha Wish List.

Temper Trap – O som da banda australiana é uma viagem roqueira, psicodélica e experimental mas sem perder o apelo Pop. Foi o melhor show que ví no festival e não saí 1 segundo da frente do PC/Streaming.

Simplesmente ANIMAL

The Raveonettes – Eu sou suspeito para falar dos Raveonettes, a dupla se apresentou sem banda que ficou presa na Europa pelas cinzas do vulcão Islandês, foi bem ROOTS e criativo. O ponto alto do show foi o final bem no crepúsculo do Sábado. Sonzeira !! RECOMENDO

Portugal The Man – A banda de Wasilla no Alaska é a maior surpresa do Ano. Uma síntese perfeita de Indie Rock, Psicodelia e Experimentalismo, destaque para John Baldwin Gourley e seu visual NERD e grande performance no Vocal e Guitarras.

PIL (Public Image) – John Lydon é o homem que todos amam odiar, e provou sua força nessa nova e instigante encarnação do PIL. Ví só duas músicas, entre elas a abertura animal com PUBLIC IMAGE e RISE. Confira!

Esse show valia a TRIP ao Festival, que venha ao Brasil

Jay Z –  O lado pop na Sexta teve o perfeito contraponto ao niilismo do PIL. Afinal Jay Z pode até ser gênio e tal, mas é uma colagem de tudo como provou a participação de Beyonce e a horrível colagem de Forever Young…

Apesar do meu gosto pessoal o show agitou e foi citado por várias bandas do festival como incrível!

Faith no More – O grupo californiano voltou em 2009 e reconquistou o mundo…

O destaque do excelente show foi impagável cover de BEN sucesso da fase infantil de Michael Jackson… de resto um show impecável e grande performance de Mike Patton.

Dead Weather – A mais nova banda de Jack White mostra que ele também é um bom baterista, mas acaba não se justificando, pois as melhores músicas tem o próprio no vocal… , apesar da boa performance da vocalista Alison Mosshart (The Kills).

O projeto é legal mas superestimado… Aguardamos a carreira solo de JW ou a volta do White Stripes para ver como toda sua genialidade vai aflorar no futuro. O show foi bem vibrante mas a banda ainda não tem o nível para ser headliner.

Céu – A paulistana já não é tão novata assim no circuito cool dos EUA e Europa e o convite e apresentação do Coachella mostrou que Céu está no caminho certo.

Bem solta no palco, mandou bem numa apresentação quase 100% em português e arrancou aplausos entusiasmados ao longo do seu bem conceituado show.

Band of Skulls – O grupo inglês faz um som de garagem sem igual no cenário musical britânico, tanto que parecem mais uma banda Made in USA, mas ao vivo foi um petardo sônico após o outro.

Gostei bastante do peso e atitude dos caras no palco.

VALEU COACHELLA – PARABÉNS PELO WEBCAST !! ATÉ 2011 !!

Luto – Peter Steele – Type O Negative

Foi confirmada na manhã desta quinta feira o falecimento de Peter Steele, vocalista e baixista do Type O Negative, seu nome é Peter Ratajczyk, nascido em 4 de Janeiro de 1962 em New York.

Sua voz de timbre extremamente baixo será sempre lembrada como uma das maiores figuras do rock na passagem dos anos 80 para os 90.  Seu vocal tornava o Type O Negative uma banda única em seu estilo.

Os remanescente da banda, afirmam ao menos momentaneamente o encerramento de suas atividades, ainda não foi divulgado o motivo do óbito, porém foi atribuído a uma parada cardíaca.

Abaixo vamos conferir o vídeo de uma das músicas mais famosas da banda.

#luto a uma das vozes mais impressionantes do rock.

To rest in peace is better than to rust in pieces.

Billie Blade – ViShows

Abril Pró Rock – Bandas do Segundo Dia

Como muitos sabem, nessa sexta feira começa em Recife a 18ª edição do Abril Pro Rock, um dos mais respeitados festivais da música do Brasil.  Quais são as bandas do segundo dia?

Hoje vou falar um pouco sobre as bandas do segundo dia de festival, novamente para todos conseguirem algumas informações sobre as bandas do Abril Pró Rock. No sabado vão se apresentar diversas bandas cujo a sonoridade não faz parte do meu repertório comum de bandas e músicas, mas fiz uma pesquisa e apresento aqui para vocês.

Sábado – 17/04
HIP HOP / POP/ ROCK / ELECTRO

Afrika Bambaataa -EUA – Lider da “Zulu Nation” e conhecido como fundador do Hip Hop, é um DJ muito talentoso e com muita experiência, um ícone do Electro, do funk e do Hip Hop, deve fazer um show forte e com muita variação devido ao seu repertório variado.

Pato Fu – MG -Banda Brasileira de Rock Alternativo, não possuí meio termo com o Pato Fu, quem não ama a banda os odeia, e vice versa, independente disso foi considerada uma das melhores bandas do mundo fora dos EUA pela revista Times.

3naMassa – PE/SP – Projeto que reúne Dengue e Pupillo da grande banda Nação Zumbi com Rica Amabis do grupo Instituto, possuí diversas diferentes participações de vocais femininas, artistas e cantoras. Promete vir com a inovação e o som envolvente que são a marca registrada desses artistas.

Instituto Mexicano del Sonido – Méx – Um projeto de Camilo Lara que mescla musicas dos anos 70 e 80 com música eletronica fazendo uma fusão única e que virou um movimento constante na Cidade do México.

Wado – AL – Consolidado artista nacional vem se mostrando um icone nacional em questão de qualidade e inovação, vem se tornando um Hype em diversos eventos. (A trilha sonora da novela da Globo ajudou também)

The River Raid – PE -Banda de altíssima qualidade sendo uma das maiores surpresas que eu tive em minha pesquisa, o grupo tem forte ligação com o rock nacional e mesmo assim se mantém ligado as atualidades, uma performance que irei acompanhar com certeza.

Nevilton – PR – Um dos mais criativos e malucos músicos do Rock Independente nacional apresenta o seu som, com o trio que leva o seu nome mostra muita energia. Possuem ótimas influencias como os Beatles, Pixies, Cake, Los Hermanos, Hellacopters e outros, dando a banda uma ótima identidade sonora.

Bugs – RN – Com influências variadas a banda potiguar ganhou destaque no lançamento de seu primeiro cd em 2003, hoje com um novo trabalho eles continuam recebendo comentários favoraveis.

Vendo 147 – BA – A banda que possuí dois bateristas tocando a MESMA batera, um rock bem tocado com pintas de “virtuosidade”, porém mesmo com essa assustadora palavra não fazem um som chato, muito pelo contrário.

Plastique Noir – CE – Power Trio Pós Punk do Ceara que já compareceu na Virada Cultural aqui em Sampa pode ser uma surpresa, uma das únicas bandas desse estilo a fazer parte do evento, a energia que estão mostrando faltando pouco para o show impressiona.

Mini Box Lunar – AP -A grande revelação do Pop Amazônico em 2009 segue para o evento com uma grande bagagem, seu disco composto em pouquíssimo tempo para alguns mostra uma banda despretensiosa, porém o som deles mostra talento autêntico e experiência.

Anjo Gabriel – PE – Difícil é explicar essa banda, quando as palavras surrealismo e psicodelia não conseguirem ser entendidas, basta explicar que é uma viagem de ácido pelo rock, deve ser o suficiente para o show valer a pena.

Zeca Viana – PE – projeto Solo o músico que já participou de diversas bandas tocando diferentes instrumentos promete surpreender quem não o conhece, seu trabalho que ja é considerado pelos críticos como algo brilhante mostra um rock cheio de referências do mundo pop, sendo uma experiência visual auditiva… será que eu consegui explicar isso? Enfim, é diferente e vale a pena, seu som está acima da criação músical, atenção nesse cara.

Plástico Lunar – SE – Com som e cara de banda de garagem dos anos 60 o Plástico Lunar vem com um Rock´n Roll clássico muito criativo e bem trabalhado, mostram sua verdadeira face em suas incurssões musicais pelo rock psicodélico nacional em suas músicas, fazendo uma mistura agradável e criativa.

MEU DEUS ALGUÉM ME MANDA PRO ABRIL PRÓ ROCK!

Se o primeiro dia eu já havia apontado como uma experiência inesquecível, o segundo dia completa o que parece ser um dos eventos mais completos do cenário nacional.

Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia-entrada);
R$ 25 + 1 kg de alimento não-perecível (ingresso social).

Até mais ver galera, quem for no show não se esquece de aparecer aqui para contar. Mas enquanto isso eu estou aqui… longe do Abril Pró Rock, mas sempre acompanhando o som no ViShows.

Billie Blade é twitteiro, louco, agente de viagens, nerd de plantão, gamer e louco por música, escreve para o ViShows e para o Cerveja com Ogros.

Abril Pró Rock – Quais bandas conhecemos?

Como muitos sabem, nessa sexta feira começa em Recife a 18ª edição do Abril Pro Rock, um dos mais respeitados festivais da música do Brasil.

Todos nós estamos ligados sobre o festival, mas não custa nada dar algumas informações sobre as bandas que vão passar por lá, nem que seja algo bem breve:

Sexta-feira – 16/Abril
PUNK/METAL/HARDCORE

Blaze Bayley – UK – Carreira solo do Ex-Vocalista do Iron Maiden, odiado por muitos e idolatrado por alguns, após sua saída do Iron Maiden para a volta de Bruce Dickinson, ainda foram confirmadas que muitas músicas da banda foram escritas pelo próprio Blaze. Um vocalista de voz potente e muito talento. Sua banda conta com vários grandes músicos.

The Varukers – UK – Banda Punk formada no final dos anos 70, conhecida por apresentações memoráveis o The Varukers é uma banda de Hardcore Punk, entre suas paradas e retornos a banda continua sendo uma referência em seu estilo.

Agent Orange – EUA – Banda Californiana tradicional do movimento Surf Punk, uma das primeiras bandas a misturar Punk Rock com Surf Music hoje tem muita influência no cenário Skate Punk.

Ratos de Porão – SP – Tradicional banda de Hardcore Trash Punk formada em 1980 na explosão do Movimento Punk Paulista, a banda é uma referência internacional no cenário trash.

Claustrofobia – SP – Banda Paulista de Trash Metal, muita atitude e um som extremamente pesado fizeram com que essa grande banda dividisse palco com algumas das maiores lendas da história do Metal como Soulfly, In Flames, Destruction e outras.

Terra Prima – PE – Banda de Heavy Metal Melódico que mistura elementos nacionais com World Music, difícil imaginar o som que poderia sair dessa mistura mas posso garantir que além de diferente tem muita qualidade.

Eminence – MG – Conheço muito pouco dessa banda de Minas Gerais, mas o histórico deles impressiona, seu segundo album foi produzido por Neil Kernon ( Cannibal Corpse, Nevermore, Judas Priest). E seu histórico de shows é fantástico.

Inner Demons Rise – PE -Com um som Melódico e Pesado essa banda que segue a mesma linha de metal de gigantes como Amon Amarth, Moonspell e outras mostrou-se disposta a arriscar com um Album Conceitual que conta a história de Drácula de Bram Stoker. Muito interessante ver uma banda nacional com essa característica.

Alkymenia – PE – Banda de Trash/Death Metal a banda que estreiou com o EP “They Don´t deserve respect” é muito respeitada no cenário nacional, isso devido a grande carga de energia de mostra em seus shows. Credibilidade alcançada com grandes performances e profissionalismo, aproveitem a chance de ver esses caras antes que passem a andar pela Europa e sumam do espaço nacional.

The Mullet Monster Mafia – SP – Banda de Surf Music do interior de São Paulo, muito nova e com apenas um EP lançado, porém seu som instrumental se mostrou forte ao entrar em circuitos internacionais, de onde provavelmente não vai sair.

Depois de ouvir todas essas bandas, alguém me arruma uma passagem pra Recife? O Abril Pró Rock promete ser fantástico, quem estiver por perto e puder comparecer vai ver um espetaculo de se dar inveja.

Abertura dos portões às 20h (dia 16) e 17h (dia 17).

Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia-entrada);
R$ 25 + 1 kg de alimento não-perecível (ingresso social).

Amanhã eu volto, para falar sobre as bandas do segundo dia do festival.

Billie Blade é louco, pirado, blogueiro, agente de viagens e nerd gamer compulsivo, escreve para o ViShows e para o Cerveja com Ogros.

O fim do Supergrass e a morte do Britpop

SUPERGRASS

A Banda Supergrass sempre foi a de melhor humor em todo o Britpop, mas não resistiu ao tempo e em anúncio oficial nessa segunda (12-abril-2010) encerrou as atividades após 06 grandes álbuns de estúdio.

Originais de Oxford (Inglaterra) tiveram bastante destaque em um cenário onde bandas como Blur, Oasis e Elastica dominavam. Seu disco de estréia o super bem sucedido “I Should Coco” (95), chegou ao topo da parada inglesa puxado pelo mega hit “Alright”.

A banda lançou outros 05 elogiados discos, mas sem repetir o mesmo Hype inicial, apesar de grandes canções como “Sun Hits the Sky”, “Late in the Day”, “Grace” e “Pumping in Your Stereo”.

Seu último disco foi o álbum Diamond Hoo Ha, mais uma vez bem recebido pela crítica mas sem grande reconhecimento do público fora da Inglaterra.

O sétimo trabalho dos caras seria “Release the Drones”, previsto para em Agosto mas que pelo visto vai ficar só na intenção… ou para coletâneas futuras.

O grupo vai fazer 04 shows finais de despedida, a saber :

  • Escócia – Glasgow – Barrowland (08/Jun)
  • Inglaterra – Manchester Academy (09/Jun)
  • Inglaterra – London O2 Academy Brixton (10/Jun)
  • França – Paris – La Cigalle (11/Jun)

Os caras tocaram 2 vezes no Brasil, em 1996 no finado Hollywood Rock e em 2006 em Atibaia/SP como atração principal do Campari Rock… nesse eu fui e foi um show histórico.

Após a implosão do OASIS e a volta efêmera do Blur, o fim do Supergrass consagra a morte do Britpop e vira uma importante página do pop-rock dos anos 90.

Para matar a saudade fica o vídeo do meu som preferido de Gaz e companhia – “GRACE”

%d blogueiros gostam disto: