Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos Mensais: fevereiro 2012

Os 60’s perdem um herói – RIP David Jones – The Monkees

20120229-205547.jpg

Em 1965, quando os The Monkees foram criados, os Beatles já eram o maior fenômeno pop do mundo, e inspirados nos filmes do auge da Beatlemania, a rede americana NBC selecionou 4 jovens entre mais de 400 candidatos para formar a resposta yankee ao rock britânico.

Com a fusão do Pop sessentista com esperto seriado de TV, David Jones (voz e percussão), Micky Dolenz (voz e bateria), Peter Tork (baixo, teclado e voz) e Mike Nesmith (voz e guitarra), ficaram mundialmente famosos e venderam cerca de 65 milhões de discos no mundo todo.

Ainda criança, ví o seriado no Brasil bem no inicio dos anos 80, e já na época era uma relíquia vintage, hoje então é um tratado pop da era Pré Videoclipes !!

Agora, além da pura diversão juvenil, Os Monkees tinham sons sensacionais, e David Jones, sempre o mais musical do quarteto e como Davy Jones foi o grande ícone e ídolo teen de uma geração.

Vejam alguns clipes dos caras, pois muito mais que diversão Os Monkees são eternos campeões do pop rock dos 60’s, e que foram verdadeiros roqueiros rebeldes, pois cansados de manipulações dos produtores, exigiram e conquistaram o direito de gravar os próprios discos, e foram longe na viagem com o experimental disco Head de 1968, provando de vez o talento do quarteto.

Valeu Davy !!

Abertura e Encerramento da série

O Hit – I’m a believer !

A preferida – Daydream Believer !
http://www.youtube.com/watch?v=-8urgvC0TR8

Eternas Marchinhas de Carnaval com Raul Seixas e Wanderléia

Atari Teenage Riot chega em Março/12 (CANCELADO – Vai ser Junho/12 – Aguardem) para agitar Buenos Aires, Santiago, Bogotá e Sampa

Atari Teenage Riot

Atari Teenage Riot

O grupo alemão vem causando desde o início dos anos 90, com sua mistura explosiva de sons eletrônicos e postura radical, onde o anti fascismo, o anarquismo e o faça você mesmo sempre acham terreno fértil.

Quanto uma banda funda um estilo, é melhor prestar atenção… Alec Empire + Cia – o ATR (Atari Teenage Riot), chegam por aquí para mostrar que o Digital Hardcore dos anos 90 continua vivo e mais atual do que nunca. Mais do que qualquer outro som, os caras fazem a trilha sonora da revolução vigente ! Impossível não conferir !!

Não conhece ?!? Ouça então, Collapse of History – som de 2010 do disco Is This Hyperreal

TOUR AMÉRICA DO SUL

ARGENTINA
Buenos Aires – 15/Mar – Niceto Club

CHILE
Santiago – 16/Mar – Club Amanda

COLOMBIA
Bogotá – 18/Mar – Boogaloop

BRASIL
São Paulo – 23/Mar – Cine Jóia  

E o tradional setlist que serve como aperitivo para os shows locais…

Atari Teenage Riot Concert – Moscou – Russia – 23/Nov/2011

  •         Activate
  •         The Only Slight Glimmer of Hope
  •         Black Flags
  •         Shadow Identity
  •         Into the Death
  •         Too Dead for Me
  •         Atari Teenage Riot
  •         Sick to Death
  •         Midijunkies
  •         Get Up While You Can
  •         Re-Arrange Your Synapses
  •         Is This Hyperreal?
  •         Codebreaker
  •         Blood In My Eyes
  •         Speed
  •         No Remorse
  •         Start the Riot
  •         Collapse of History
  •         Revolution Action

Roger Hodgson Tour 2012 na América do Sul (A voz do Supertramp)

Roger Hodgson

Roger Hodgson

O cara é gênio, letrista, cantor e autor de clássicos como It´s Rainning Again, Dreamer, Logical Song, Give a little Bit entre outros sons inesquecíveis e que fizeram a cabeça de quem cresceu nos anos 70 e 80, onde a voz de Roger Hodgson e o som do Supertramp eram referências de rock inteligente, com qualidade e bom gosto.

A banda continuou carreira mesmo sem Roger Hodgson, e apesar da genialidade musical do ex-parceiro e atual líder Rick Davies, nunca mais o Supertramp chegou no patamar de sua época aurea, onde disputava com outros ícones dos anos 70 o topo das paradas roqueiras.

Acredito que o Supertramp sem a voz e carisma de Roger, se tornou uma banda comum, e prefiro ver o cara solo e conferir o frescor dos clássicos eternos do grupo na interpretação original, do que a versão dilapidada do ST que roda o mundo, fingindo não ser a banda solo de Rick Davies.

Confiram as datas previstas do Tour

Equador
10/Abr – Teatro Agora CCE – Quito

Chile
14/Abr – Teatro Caupolican, Santiago

Argentina
17/Abr – Orfeo Superdomo – Cordoba
18/Abr – Teatro Metropolitano – Rosario
19/Abr – Buenos Aires

Brasil
22/Abr – Teatro Bourbon, Porto Alegre
26/Abr – Via Funchal, São Paulo
27/Abr – Chevrolet Hall, Belo Horizonte
28/Abr – Auditório Master do Centro de Convenções, Brasilia
30/Abr – Vivo Rio, Rio de Janeiro

Como referência para os shows no Brasil e América do Sul, segue o setlist de Mr.Hodgson em 29/Out/2011 em Montreal no Canadá !

  • Take the Long Way Home
  • School
  • In Jeopardy
  • Lovers in the Wind
  • Hide in Your Shell
  • Easy Does It
  • Sister Moonshine
  • Breakfast in America
  • London
  • Along Came Mary
  • The Logical Song
  • Child of Vision
  • C’est le Bon
  • Only Because of You / Lord Is It Mine
  • A Soapbox Opera
  • Even in the Quietest Moments
  • Don’t Leave Me Now
  • Dreamer
  • Fool’s Overture

BIS

  • Two of Us
  • Give a Little Bit
  • It’s Raining Again

Confiram Roger Hodgson ao vivo em 2011 – tocando DREAMER ao vivo na Holanda

Dicas para o Lollapalooza 2012 no Jockey Club de São Paulo

20120212-195056.jpg

Ver tantas bandas legais, num local central da cidade será ótimo, e até mais ecológico que festivais green wash que nos obrigam a sair da cidade e ficar mais de 1 dia sem estrutura ou num camping com preços de hotel 5 estrelas.

Perry Farwell sempre foi o cara, e com o primeiro fim de sua banda o Janes Addiction, idealizou o que seria a ponta de lança do som Indie, e que mesmo antes do Grunge deu uma bica no Pop Fácil, apostando em misturar RAP com sons do rock inglês e as bandas das “College Radios”
americanas. Nasceu assim o Lollapalooza !!

Demorou, teve versão do festival até no Chile, mas finalmente o Brasil tem seu festival !!

Confiram as dicas do blog, com os melhores shows, links, setlist das bandas, transporte e afins…
Lollapalooza

Como chegar ?

Chegar no Jockey Club de São Paulo, é sempre um desafio em dias de shows e afins, como as apresentações serão Sábado e Domingo, o trânsito melhora, mas ir de carro é normalmente uma roubada, pois não existem muitas opções na região, e deixar na rua será a única alternativa, onde mesmo com policiamento quem fará a festa serão os flanelinhas e afins…

A produção está negociando linhas especiais de ônibus ligando pontos da cidade e o funcionamento do metro e trem, e apesar da caminhada até o local dos shows, promete ser a melhor opção para quem vai no Lollapalooza, mas ainda nada oficial foi divulgado, vamos aguardar e atualizar o Post.

Quem vem de fora de Sampa, poderá vir de Ônibus mas deve aguardar informações sobre bolsas de estacionamento ainda em negociação com a prefeitura.

Os Sons do Lollapalooza palco a palco e dia a dia

Sábado, dia 7

Palco Cidade Jardim
12h-13h: Ritmo Machine – Interessante combinação, esse projeto eletrônico de Eric Bobo (Cypress Hill) e DJ Latin Bitman, faz um som urbano e a conexão USA/ Chile – Boa !!!

14h-15h: Marcelo Nova – O roqueiro baiano mantém a dignidade e mesmo totalmente pirado, Nova é de verdade, não é daqueles veteranos que em troca de uns trocados faz um acústico de ocasião e (ou) decide virar um careta midiático cuspindo cotidianamente no prato que comeu.

Marceleza é acompanhado por Drake Nova (guitarra), Leandro Dalee (baixo), Celio Glouster (bateria) e Luiz De Boni (piano e órgão).

Quer ver um roqueiro dos 80 de verdade, representante autentico da era de Renato Russo e Cazuza ? Esse é o show. #ficadica

http://marcelonova.zip.net/

16h-17h: O Rappa – Sim cada vez mais pop, os caras dos megaHits de apelo social dos 90/2000, continuam na ativa e mandam sempre bem ao vivo.

http://www.orappa.com.br/

18h-19h15: Tv On The Radio – banda alternativa e de difícil definição, mas que faz do som cabeça e sempre instigante, uma das apostas do festival e que deve agradar.

http://www.tvontheradio.com/

20h30-23h: Foo Fighters – Mega banda ! Dispensa comentários e vai levar uma multidão ao Festival. Imperdível !!

http://www.foofighters.com/

Palco Butantã

13h-14h: Wander Wildner – Herói autentico do Rock Oitentista, sobrevivente dos punks Replicantes e que faz sempre grandes apresentações.

Boa chance de começar bem o festival.

http://www.wanderwildner.com.br/

15h-16h: Cage The Elephant – Os americanos são uma banda típica da internet, adoro Shake me Down e deve levar os modernos em peso ao Jockey.

http://www.cagetheelephant.com/

17h-18h: Band Of Horses – O rock alternativo de Seattle é uma das grandes sensações do rock atual, deve fazer história no LollaBrasil.

http://www.myspace.com/bandofhorses

19h15-20h30: Joan Jett And The Blackhearts – Rainha roqueira, ícone e personalidade única, com longa carreira e Hits inesquecíveis… O maior deles “I Love Rock ‘n Roll” hino roqueiro de todas gerações, e que junto a sons como “Crimson and Clover”, “Bad Reputation”, “Do You Wanna Touch Me” e “I Hate Myself for Loving You” vão deixar os roqueiros mais veteranos em memórias adolescentes e os adolescentes atuais em uma genuína festa de rock.

http://www.joanjett.com/

Alternativo
13h-13h50: Balls – banda escolhida em concurso do festival, boa sorte galera !

15h-15h50: Daniel Belleza e Os Corações em Fúria – sim meninos, agora é a hora, o som é interessante e tirando o nome a banda vale a pena.

http://www.myspace.com/danielbellezaeoscoracoesemfuria

17h-17h50: Tipo Uísque – que porra é essa ? Banda carioca de garotas e guitarristas, nunca ouví e como abre para o pavilhão, posso até ver uma parte.

http://www.lastfm.com.br/music/Tipo+Uisque

19h15-20h15: Pavilhão 9

Heróis nos 90, polêmicos e sempre politizados, o pavilhão foi o contraponto paulistano do Hip Hop Roqueiro , que em ICE T fase Cop Killer influenciou o mundo, mas Ro$$i e galera foram além, e pondo o dedo nas feridas sociais, a banda abriu espaço e tocou bastante no Brasil com seus Hits na carteira como Trilha do Futuro, Mundo Loco e Vai Explodir. Alta Cotação !!

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pavilh%C3%A3o_9_(grupo)

Palco Perry
12h30-13h30: Marcio Techjun – A D-Edge abre o palco.

http://www.myspace.com/marciotechjun

13h45-14h45: Veiga & Salazar – A volta dos caras após 5 anos, vai garantir ao HipHop o estilo e beats refinados de sempre. Boa aposta !

http://www.myspace.com/veigaesalazar

15h-16h: Rhythm Monks – O trance comparece.

http://www.rhythmmonks.com/

15h15-17h15: PerryEtty V/S Chris Cox – Interessante ! Perry Farrel em projeto eletrônico com sua esposa Etty Lau Farrell e o DJ Chris Cox.

17h30-18h30: Peaches – Doida e com estilo, a canadense radicada em Berlin mostra a força que ao vivo o Electroclash tem.

http://www.myspace.com/peaches

18h45-20h: Bossnector – Sem comentários – desconhecimento do blog. Sorry Folks.

20h15-21h15: The Crystal Method – O som da dupla de Las Vegas é perfeito para o palco e tem pegada. alta cotação !!

http://thecrystalmethod.com/

21h30-22h45: Calvin Harris – DJ de alta cotação, vai fazer a pista ferver na certa !

http://www.calvinharris.co.uk/

Domingo, dia 8

Palco Cidade Jardim
13h-14h: Plebe Rude – Ví ano passado e os punks de Brasília reforçados pelo mito punk local Clemente, abrem de forma justa o Domingão.

http://www.pleberude.com.br/

15h-16h: Thievery Corporation – Taí uma banda cheia de estilo.
A dupla deve detonar e tem muitos fãs no Brasil – deve ser um dos melhores do dia.

http://www.thieverycorporation.com/

17h-18h: Manchester Orchestra – Grupo de Atlanta, tem som alternativo perfeito para a noite.

http://en.wikipedia.org/wiki/Manchester_Orchestra

19h-2015: Foster The People – Muito mais que um HYPE, de Los Angeles Califórnia o Dream pop é uma das apostas do Blog! Não percam !!

http://www.fosterthepeople.com/

21h30-23h: Arctic Monkeys – Ver uma banda no auge é sempre um privilégio e o show é o mais imperdível da noite !!

http://arcticmonkeys.com/

Palco Butantã

12h-13h: Cascadura – O rock da Bahia nos anos 90 vai bem alem de Pitty, as guitarras e espírito alternativo mostram que o rock de guitarras Brasil está vivo.

http://cascadura.com.br/

14h-15h: Gogol Bordello – Uma mistura teatral com espírito punk e alma cigana, tem grandes fãs e vai agitar muito.

http://www.gogolbordello.com/

16h-17h: Friendly Fires – Com Hits do momento, e se existe indietronico, esse é um exemplo… de tão modernos vão bombar a pista.

http://www.wearefriendlyfires.com/

18h-19h: MGMT – O Dream Pop dos anos 2000 tem cara e o MGMT está na foto, mesmo depois do estouro de 2008 a dupla segue forte e será um dos espaços mais disputados do dia.

http://www.myspace.com/mgmt

20h15-21h30: Jane’s Addiction – Os donos da festa, Perry mesmo sem a voz de antes faz da performance um carnaval indie, e Navarro chega e mostra que além do visual bem pensado, toca como poucos ! nunca viu ? não perca então !!

Alternativo
12h30-13h20: Blue Bell

14h-14h50: Suvaca – De Pernambuco os grooves que mostram a força e renovação do som local.

http://www.myspace.com/suvaca

16h-16h50: Black Drawing Chalks – Já são lenda local em Goiânia Rock City, e como o Stoner Rock chegou e ficou ! Long Live to the Chalks !

http://www.myspace.com/blackdrawingchalks

18h-18h50: Garage Fuzz – A maior banda de história de Santos, com influencias do som alternativo dos 80’s vão mostrar a garra e pegada de sempre.

http://www.garagefuzz.com.br/

20h15-21h30: Velhas Virgens -Se você gosta de rock bêbado e piadas sujas, esse é o show ! Diversão Garantida !

http://www.velhasvirgens.com.br/

Palco Perry
12h30-13h30: Daniel Brandão

13h45-14h45: King Of Swingers

http://pt-br.facebook.com/KingsofSwingers

15h-16h: Killer On The Dancefloor

http://www.myspace.com/killeronthedancefloorbr

15h15-17h30: Pretty Lights – Som eletrônico Americano de responsa.

http://prettylightsmusic.com/

17h45-18h45: Tinie Tempah – Um dos Rapper ingleses do momento. grande aposta e vai agitar na certa.

http://www.tinietempah.com/

19h-20h15: Skrillex – Som da moda, eletrônico e alternativo, com muita os manha sabem aproveitar e merecem o HYPE !

http://www.skrillex.com/

20h45-22h15: Racionais MCs – A maior banda independente do Brasil, Racionais mandam bem ao vivo e fazem o segundo show imperdível do dia.
Esses caras representam !

http://pt.wikipedia.org/wiki/Racionais_MC’s

Caranguejos com Cérebro e os 15 anos sem Chico Science

20120202-225710.jpg

Um passo a frente e você não está mais no mesmo lugar – Chico Science

Chico Science, a moçada da Nação Zumbi, Fred 04 autor do Manifesto Caranguejos com Cérebro (ler na íntegra no fim do post) e seu Mundo Livre S.A, arquitetaram o movimento artístico/musical mais importante do Brasil das ultimas décadas – o Manguebeat (…ou bit se vc preferir), trazendo do Recife os ritmos tradicionais do nordeste, lidos por uma galera antenada mas não colonizada e por isso mesmo conectada nas mudanças do mundo.

Movimento Manguebeat = Intervenção de inteligência e criatividade no Pop Brasil, aquele normalmente recheado de bundas, galãs caipiras, divas baianas, semi-deuses da MPB, e sucessos de verão que se extinguem com a execução massiva da mídia.

E foi justo quando CSNZ começaram a ganhar o Brasil com seus os sons, idéias e performances, um acidente de carro… meio bobo em pleno Carnaval… e o carinha se foi… Mas o mito ficou, reforçado pelo benefício da juventude eterna, afinal não deu nem tempo de errar, foram 05 anos de álbuns e shows históricos, como esse Mega no finado Hollywood Rock.

Os colegas da hoje consagrada Nação Zumbi, se mantém como uma das melhores bandas ao vivo do Brasil, e continuam mandando ótimos sons próprios, projetos paralelos e participações especiais, valem ouro puro, que o digam Céu, Seu Jorge e muitos outros.

O Mundo Livre S.A. continua na atividade e sagaz como sempre, bem como Otto e toda uma cena que levou o Mangue de Recife e Olinda para o novo século bem antes das “capitais”. O Carnaval da cidade e do Brasil continuam eternos, mas para sempre os sons de Chico Science e toda sua geração estarão ecoando das ladeiras de Olinda para cyber redes mundiais.

Quer entender melhor ?

Leia a íntegra do Manifesto Mangue Beat – o famoso Caranguejos com Cérebro, escrito em 1992 por Fred 04 e peça fundamental catalisadora do movimento.

Mangue, o conceito

Estuário. Parte terminal de rio ou lagoa. Porção de rio com água salobra. Em suas margens se encontram os manguezais, comunidades de plantas tropicais ou subtropicais inundadas pelos movimentos das marés. Pela troca de matéria orgânica entre a água doce e a água salgada, os mangues estão entre os ecossistemas mais produtivos do mundo.

Estima-se que duas mil espécies de microorganismos e animais vertebrados e invertebrados estejam associados à vegetação do mangue. Os estuários fornecem áreas de desova e criação para dois terços da produção anual de pescados do mundo inteiro. Pelo menos oitenta espécies comercialmente importantes dependem do alagadiço costeiro.

Não é por acaso que os mangues são considerados um elo básico da cadeia alimentar marinha. Apesar das muriçocas, mosquitos e mutucas, inimigos das donas-de-casa, para os cientistas são tidos como símbolos de fertilidade, diversidade e riqueza.

Manguetown, a cidade

A planície costeira onde a cidade do Recife foi fundada é cortada por seis rios. Após a expulsão dos holandeses, no século XVII, a (ex)cidade *maurícia* passou desordenadamente às custas do aterramento indiscriminado e da destruição de seus manguezais.

Em contrapartida, o desvairio irresistível de uma cínica noção de *progresso*, que elevou a cidade ao posto de *metrópole* do Nordeste, não tardou a revelar sua fragilidade.

Bastaram pequenas mudanças nos ventos da história, para que os primeiros sinais de esclerose econômica se manifestassem, no início dos anos setenta. Nos últimos trinta anos, a síndrome da estagnação, aliada a permanência do mito da *metrópole* só tem levado ao agravamento acelerado do quadro de miséria e caos urbano.

Mangue, a cena

Emergência! Um choque rápido ou o Recife morre de infarto! Não é preciso ser médico para saber que a maneira mais simples de parar o coração de um sujeito é obstruindo as suas veias. O modo mais rápido, também, de infartar e esvaziar a alma de uma cidade como o Recife é matar os seus rios e aterrar os seus estuários. O que fazer para não afundar na depressão crônica que paralisa os cidadãos? Como devolver o ânimo, deslobotomizar e recarregar as baterias da cidade? Simples! Basta injetar um pouco de energia na lama e estimular o que ainda resta de fertilidade nas veias do Recife.

Em meados de 91, começou a ser gerado e articulado em vários pontos da cidade um núcleo de pesquisa e produção de idéias pop. O objetivo era engendrar um *circuito energético*, capaz de conectar as boas vibrações dos mangues com a rede mundial de circulação de conceitos pop. Imagem símbolo: uma antena parabólica enfiada na lama.

Hoje, Os mangueboys e manguegirls são indivíduos interessados em hip-hop, colapso da modernidade, Caos, ataques de predadores marítimos (principalmente tubarões), moda, Jackson do Pandeiro, Josué de Castro, rádio, sexo não-virtual, sabotagem, música de rua, conflitos étnicos, midiotia, Malcom Maclaren, Os Simpsons e todos os avanços da química aplicados no terreno da alteração e expansão da consciência.

Bastaram poucos anos para os produtos da fábrica mangue invadirem o Recife e começarem a se espalhar pelos quatro cantos do mundo. A descarga inicial de energia gerou uma cena musical com mais de cem bandas. No rastro dela, surgiram programas de rádio, desfiles de moda, vídeo clipes, filmes e muito mais. Pouco a pouco, as artérias vão sendo desbloqueadas e o sangue volta a circular pelas veias da Manguetown.

———
Gostaram ?
Então se inspirem… Qual será o próximo movimento ? Será o seu ?
Me chama pro show q eu vou…

%d blogueiros gostam disto: