Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Com abertura do Misfits, Anthrax faz grande show em São Paulo

Na última sexta feira, dia 27 de abril, a cidade de São Paulo recebeu o show de duas importantes bandas do cenário punk rock e thrash metal na mesma noite: Misfits e Anthrax. Representando o Brasil, a banda paulistana de death metal Torture Squad se apresentou momentos antes das atrações principais.

A banda de punk rock Misfits no HSBC Hall

O Misfits subiu ao palco com a casa quase cheia e muitos fãs a caráter na platéia.  A banda já passou por diversas formações e hoje conta apenas com o vocalista Jerry Only da formação original. E apesar de muitos fãs adorarem a primeira fase da banda, quando o vocalista Glenn Danzing ainda fazia parte do grupo, foram os clássicos dos discos “American Psycho” e “Famous Monsters” com o também ex vocalista Michaele Graves, que colocaram o HSBC Hall abaixo.  “Dig Up Her Bones”, “Helena”, “Die Monster Die”, “Saturday Night”, “Scream” e “Living Hell” foram cantadas em coro pelo público. O guitarrista Dez Cadena, que fez parte do lendário grupo de hardcore dos anos 80 Black Flag, cantou na música “Thirsty and Miserable”, em um cover de sua antiga banda. Para encerrar, “Die Die My Darling”, clássico que foi regravado pelo Metallica no disco Garage Inc., de 1998. Após a apresentação, Jerry Only foi até o público para agradecer e tirar fotos (para delírio das garotas, devo dizer). Como sempre, o Misfits fez um bom show, agradando em cheio o público, mas sem novidades. Se você viu um show deles, viu todos, já que não há grandes surpresas nem no repertório e nem na performance da banda.

Anthrax encerrando turnê brasileira no HSBC Hall

Essa é a terceira passagem do Anthrax pelo Brasil. Mas dessa vez o clima era de comemoração, afinal essa é a primeira vez que a banda toca no país com o grande vocalista Joey Belladonna, da formação clássica. O que se via na platéia era uma mistura de ansiedade, felicidade e festa. Todos ali sabiam que seria uma grande noite. E realmente foi. Quando a banda subiu ao palco, o HSBC Hall ficou pequeno. O set list começou com “Earth on Hell” e “Fight ‘Em Till You Can’t”, duas canções do mais recente álbum “Worship Music” de 2011. Mas foi com os primeiros acordes de “Caught in a Mosh”, do mais que clássico “Among the Living”, que se formou um mosh pit enorme, com todos dançando, incrivelmente felizes. E foi esse álbum clássico de 1987 que trouxe os grandes momentos da noite: “Antisocial”, “I am the Law”, “Indians” (com o guitarrista Scott Ian desafiando a plateia a dançar e cantar mais e mais) e a própria “Among the Living”. Destaque também para a versão de “Got The Time”, de Joe Jackson, que está no disco “Persistence of Time”, de 1990. A noite ainda teve espaço para uma bela homenagem ao Sepultura: “Refuse/Resist”, cantada por Scott Ian, para orgulho dos brasileiros.

Uma grande noite que ficou marcada por dois grandes shows e pela paz e clima de festa entre pessoas dos mais diferentes estilos, que iam dos fãs de death metal ao punk rock, passando por Rum DMC e Public Enemy. Parabéns ao público que deu um show a parte no quesito respeito.

Por Renata Quirino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: