Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos da Categoria: Blog & Podcast

Podcast Vishows – Emissão 53 – Assange, Política e Esportes

Podcast Vishows nova edição - Som e Opinião para você que Pensa !!

Assange, Eleições Prefeitura SP 2012 e Jogos Olímpicos no Podcast Vishows

Talking Heads - The Lady Don't  Mind

Temas do primeiro Bloco - Assange Herói ? Vilão ?!?
Estupro / Brad Manning / Austrália / USA / Inglaterra e Equador (Rafael Corrêa)

The Doors - Tell all the People
Depeche Mode - Police of Truth
Inocentes - Pânico em SP

Eleições de SP
Rejeição do Serra / Russomano / Haddad / Soninha / Chalita e nanicos / nova direção

Rita Lee - Dançar prá nao dançar
Black Keys - Dead and Gone
Baby I'm a Starr - Prince

Olimpíadas Londres, Desempenho do Brasil e Rio 2016 !!

Basement Jaxx - Where´s your head at
Ian Brown - Lions




Seleção Musical - Luis Otávio Lopes
Debatedores - Alexandre Rizzieri, Luca Lopes e Luis Otávio Lopes

podcast

Anúncios

Porque o Tour do Van Halen 2012 foi interrompido?

20120611-201527.jpg

Putz Grila – 2012 Rules, afinal esse ano está sendo pródigo na volta de bandas históricas. Ressurreição dos Stone Roses 100% completo, Van Halen com Diamond Dave (mas sem Michael Anthony no baixo, substituído pelo filho de Eddie, Wolfgang – que vem se saindo muito bem por sinal), e Black Sabbath com Ozzy, Iommi e Butler (só sem o batera Bill Ward), sinal de que bandas boas como essas tem sempre público, e também que muitas das novidades musicais dessa nova década ainda não convencem ao vivo, ou sucumbem ao teste do segundo álbum… Mas vamos ao que interessa…

Por que o bem sucedido tour do Van Halen cancelou os últimos 3 meses de shows ?

Muitos boatos surgiram… mas pelo visto só boatos mesmo, entre eles que os caras se odeiam, que Dave Lee Roth voltou a ser o rockstar de excessos e mesmo a volta dos problemas de saúde de Eddie, mas oficialmente ainda nada foi divulgado, o único registro real é o vídeo abaixo, onde DLR fala que o tour vai continuar por mais 2 anos após a parada estratégica, e que eles exageraram mesmo nas pretensões e não querem fazer feio, já que o ano valeu muito, pelo disco novo e shows que vieram desde Fev/12 e vão até o fim de Jun/12.

Datas remanescentes :

12/Jun – Anaheim, Calif, Honda Center
14/Jun – San Diego, Calif – Viejas Arena
16/Jun – Phoenix, Ariz., US Airways Center
20/Jun – Dallas, Texas, American Airlines Center
22/Jun – San Antonio, Texas, AT&T Center
24/Jun – Houston, Texas, Toyota Center
26/Jun – New Orleans, La., New Orleans Arena

Stone Roses em Barcelona (A volta do Ano!!)

Stone Roses - Barcelona 2012

Stone Roses – Barcelona 2012

Ok essa é para quem curte muito Brit Pop e/ou viveu a segunda metade dos anos 80 intensamente… como parece ser o caso do blogueiro em questão… mas para amenizar a ansiedade de ver os Stone Roses em Portugal no Optimus Alive 2012… segue vídeo do show de Sexta (08/Jul) dos caras em Barcelona … Amazing !!

The Stone Roses Setlist – Razzmatazz, Barcelona – Espanha (08/Jun/2012)

  • I Wanna Be Adored
  • Sally Cinnamon
  • Mersey Paradise
  • Ten Storey Love Song
  • Where Angels Play
  • Shoot You Down
  • Waterfall
  • Fools Gold
  • Standing Here
  • She Bangs The Drums
  • Made Of Stone
  • This Is the One
  • Love Spreads

BIS

  • I Am The Resurrection

Clique aqui, e veja mais vídeos e informações do show direto do Blog Live Stage.

Imagens Virada Cultural 2012 – São Paulo

Vishows confere a volta dos Stone Roses em Julho/12 – Exclusivo

O Blog Vishows, estará em Julho direto de Portugal acompanhando a volta de uma das bandas mais influentes de todos os tempos, os Stone Roses.

Stone Roses - A Volta

Stone Roses - A Volta

No fim de 2011, a volta dos britânicos, causou comoção na Europa, mas se você tem menos de 30 anos, talvez não tenha nem ouvido falar dos caras e não tenha entendido o porque de tanto hype.

Afinal, a banda não estourou nos Estados Unidos nem no Brasil, mas é das mais cultuadas por anglófilos e indies em todo mundo, em especial na Inglaterra, onde fez uma Revolução com seu primeiro álbum, trazendo o clima de festa Rave para o Pop Rock inglês.

Com o tempo, a mítica só cresceu, com os integrantes sempre dizendo ser a volta impossível, rendendo propostas do mesmo nível financeiro de grupos como os Smiths, Pink Floyd ou Led Zepellin, e pelo visto os promotores tinham razão, pois os dois primeiros shows anunciados para Manchester se esgotaram em questão de minutos, e o terceiro show (Extra) se esgotou em menos de 15 minutos… nada menos que 220 mil ingressos vendidos… em pouco mais de uma hora….

Se você não conhece, saiba que caras como Liam Gallagher (OASIS / Beady Eye), Noel Gallagher e Mark Ronson, idolatram os Roses e declararam ser a maior volta de uma banda dos últimos tempos.

Com o seu Pop melódico, calcado no Rock dos anos 60 e 70, influenciaram meio mundo, pois além do som incrível com interessante pegada eletrônica, tinham a imagem certa e a arrogancia sem limites necessária, para abalar as estruturas da cena pop comportada e gerenciada por grandes gravadoras da época, lançando as sementes para o som dos anos 90, pregando a independencia e as misturas sonicas necessárias para o rock voltar às pistas de dança.

O mais legal é que toda essa história de ascensão e sucesso, ocorreu quase toda no ano de 1989, quando lançaram seu primeiro e fundamental álbum, ficando como a marca sonora de uma época e geração.

O quarteto formado por Ian Brown no vocal, John Squire nas guitarras, com o baixista Mani e o baterista Reni, estava junto desde o começo da década de 80, mas à partir do single “Elephant Stone” de 88 a coisa começou
a acontecer e a veneração ao “Som Stone Roses” cresceu de forma maluca.

A escalada da banda parecia inevitável, com capas e mais capas de revistas e chamadas do tipo “o próximo U2”, os caras piraram com declarações como “Queremos ser o primeiro grupo a tocar na lua” ou se recusar a abrir shows para os Rolling Stones (“eles é que deveriam abrir pra gente”).

Em maio de 1990 eles tocaram junto com o seminal Happy Mondays, para mais de 25 mil pessoas no que ficou conhecido como o “Woodstock da geração Madchester”, mas exatamente aí as coisas começaram a se complicar.

Egotrips, drogas, brigas internas, singles fracos e troca da gravadora independente Silvertone pela gigante Geffen (com uma proposta milionária), levando banda e gravadoras a uma longa disputa judicial, atrasando o segundo álbum até o finzinho de 1994. ERRO FATAL !!

Pois em 1994 o cenário musical já era outro, afinal houve a explosão grunge, a assimilação e massificação da dance music, e bandas sobreviventes dos 80´s como Primal Scream levaram a fórmula e fusão rock/dance ao ápice, fora que com a eclosão do Britpop novas bandas como Oasis, Blur e Supergrass passaram a dar as cartas.

O fim foi inevitável, Squire montou o Seahorses e lançou material solo, Ian Brown cosntruiu uma boa carreira solo,
e Mani uniu-se ao Primal Scream, mas continuaram influenciando muita gente e mantendo o nome da banda vivo.

Acredito que pelo talento dos caras, o grupo ainda tem o que mostrar, e o Blog irá conferir de perto em Julho direto do Festival português Optimus Alive 2012, quando fecham a primeira noite de apresentações.

VIDEOGRAFIA SELECIONADA – STONE ROSES

WATERFALL

SHE BANGS THE DRUMS

FOOLS GOLD (Top of Pops)

LOVE SPREADS (2o Disco – 1994)

Confiram as datas do Tour Stone Roses 2012

ESPANHA
08 e 09/Jun – Barcelona – Club Razzmatazz

HOLANDA
12/Jun – Amsterdam – Heineken Music Hall

SUÉCIA
14 e 16/Jun – Hulstfred Festival

DINAMARCA
15 e 17/Jun – NorthSide Festival

ALEMANHA
22/Jun – Hurricane Festival
24/Jun – Southside Festival

FRANÇA
25/Jun – Lyon – Les Nuits des Fourvières

INGLATERRA
29 e 30/Jun – Manchester – Heaton Park
07/Jul – Manchester – Heaton Park

IRLANDA
05/Jul – Dublin – Phoenix Park

INGLATERRA
07/Jul – Londres – T In The Park Festival

ESPANHA
12/Jul – Benicassim Festival

PORTUGAL
13/Jul – Lisboa – Optimus Alive Festival

ITÁLIA
17/Jul – Milão – Arena Civica

SINGAPURA
22/Jul – Indoor Stadium

HONG KONG
24/Jul – Asia World Arena

JAPÃO
27/Jul – Fuji Rock Festival

CORÉIA DO SUL
29/Jul – Jisan Valley Rock Festival

HUNGRIA
06/Ago – Sziget Festival

NORUEGA
08/Ago – Øya Festival

BÉLGICA
17/Ago – Pukkelpop

INGLATERRA
18/ago – V Festival, Chelmsford
19/ago – V Festival, Stafford

IRLANDA DO NORTE
22/Ago – Belfast – Vital Festival

Salve Renato Rocha, a história da Legião Urbana agradece

Renato Rocha

Renato Rocha

Hoje o Twitter bombou com matéria sobre a triste situação do grande Billy, baixista original da Legião Urbana, que segundo matéria da TV Record, está atualmente morando nas ruas do Rio de Janeiro – Veja a matéria aqui.

Renato Rocha saiu da banda em 1989, após 3 bem sucedidos discos, e mesmo que o cara tenha tido problemas mil, gostaria de saber onde estão os direitos autorais e de execução, afinal Renato Rocha, consta como co-autor de clássicos da Legião como “Ainda é Cedo”, “A Dança”, “Daniel na Cova dos Leões”, “Quase sem Querer”, “Acrilic on Canvas”, “Plantas embaixo do Aquário” e “Mais do Mesmo”.

Sua saída da banda foi bem estranha, pois numa anárquica formação de rock, Rocha saiu por chegar atrasado a ensaios e ser meio desligado das obrigações profissionais… pois pelo visto a Legião havia se transformado de banda de rock em negócios… coincidência ou não, os 3 discos originais da banda, representam 99% da produção de qualidade dos caras.

… sem comentários sobre o fato, de os bem de vida Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá, se recusarem a participar da matéria… inaceitável… Renato Rocha é tão Legião Urbana quanto eles, pois como o tempo provou, gênio mesmo era o Renato Russo…

O que me revolta na real, é que se faz muita grana com o nome da banda, seja em especiais na TV, Documentários, DVD´s, CD´s e até mesmo no Rock in Rio 2011 onde houve homenagem à banda e ninguém se prestou em tentar resgatá-lo, seja por amizade ou por puro respeito aos fãs e história do rock brazuca…

Para ver os caras no auge e com Billy mandando ver, confiram vídeo histórico da Legião no finado Perdidos na Noite…

Eternas Marchinhas de Carnaval com Raul Seixas e Wanderléia

Emissão 51 – Occupy Wall Street Podcast

Ray Davies com Bruce Springsteen – Better Days, Atari Teenage Riot – Rearrange Your Synapses,
Arctic Monkeys – Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair, The Vaccines – Blow it up (Londres 2010 – indie rock revival), The Subways – We don´t need money to have a good time, Beastie Boys – Multilateral Nuclear Disarmament, Ladytron – Altitude Blues, Kate Bush – Deeper Understanding, Danger Mouse & Daniele Luppi – The Matador Has Fallen, Broken Social Scene – World Sick, Calle 13 – Calma Pueblo, Bjork – Crystalline, Charles Bradley – The World (Is Going Up In Flames).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Emissão 50 – PARTY TIME

Emissão 50 – PARTY TIME

Party Time

My Morning Jacket – Circuital,
Prince – Private Joy,
Big Audio Dynamite – EMC2,
Gnarls Barkley – Free,
The B-52´s – Trism,
Ian Brown – Just like you,
Big Country – Look Away,
The Romantics – Talking in your sleep,
Tom Verlaine – Kingdom Come,
CSS – La Liberacion,
Nick Cave – Red Light Hand,
Jarabe de Palo – Grita,
Calle 13 – Latinomarica (Totó Momposina, Susana Baca e Maria Rita)

Emissão 48 – Gente Diferenciada

Nina Hagen – Personal Jesus,
Hot Chip – One life stand,
Strawberry Switchblade – Who knows what love is ?,
Sandie Shaw – Hand in Glove,
The Baseballs – I dont fell like dancing,
Francisca Valenzuela – Peces,
May East – Fire in the jungle,
Adanowski – Estoy Mal,
Os Inocentes – Homem Negro,
The Kinks – Dead end street,
Hypnotic Brass Ensemble – Rainbows,
Gun Club – Death Party,
Les Savy Fav – Walk in the Park

http://vishows.podomatic.com/swf/joeplayer_v18a.swf

Podcast – Emissão 47 – Revolution @TV

%d blogueiros gostam disto: