Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos da Categoria: Hard Rock

King Animal do Soundgarden está chegando

King Animal – Soundgarden 2012

Soundgarden – O quinteto pesadão e outrora “Reis do Grunge”, além de grande tour de retorno, vão fechar o ano com trabalho novo e que promete representar todo peso e qualidade dos álbuns clássicos da banda… por enquanto além da capa, os caras divulgaram em primeira mão Vídeo com Teaser do disco King Animal … é só um gostinho mas vale a pena ! Lançamento em 13 de novembro de 2012 !!

Robert Plant em Mega Tour na América do Sul em 2012

20120822-223509.jpg

A voz lendária do Led Zeppelin, retorna à América do Sul para shows em Outubro e Novembro de 2012 com sua banda The Sensacional Space Shifters.

Robert Plant ao vivo solo em 94 e com o projeto Plant and Page em 96, e o cara detona sempre… e agora quase 20 anos depois parece estar ainda mais em forma.

Nos últimos 10 anos, gravou discos incríveis e se consagrou como solista, mais que ex-cantor do Zeppelin, Plant virou um artista daqueles singulares, com longa e rica carreira, transitando do Hard Rock ao Country, do Blues ao Pop e do Folk ao Metal num só artista.

Tour 2012 – South America

BRASIL
– 18 de outubro no Rio de Janeiro (HSBC ARENA / Live Music Rocks),
– 20 de outubro em Belo Horizonte (Expo Minas),
– 22 de outubro em São Paulo (Espaço das Américas),
– 25 de outubro em Brasília (Ginásio Nilson Nelson),
– 27 de outubro em Curitiba (Teatro Guaíra) ,
– 29 de outubro em Porto Alegre (Gigantinho),

ARGENTINA
– 01 e 02 de Novembro -Buenos Aires (Luna Park )
– 04 de Novembro – Córdoba – (Orfeo Superdomo)

CHILE
– 07 de Novembro – Santiago – (Arena Movistar)

PERU
– 09 de Novembro – Lima – Jockey Club

Garimpando na Net achei Mr.Plant ao vivo em “Going to Califórnia” ao vivo no Rio de Janeiro no Hollywood Rock 1994 …

E para quem vai no Show, o Setlist de Robert Plant – Dia 11/AGO no Sunflower Blues Festival, em Clarksdale,MS, USA

– Fixing to Die
– Tin Pan Valley
– 44 (Howlin’ Wolf cover)
– Friends (Led Zeppelin )
– Spoonful (Howlin’ Wolf )
– No Bad News (Patty Griffin)
– Standing (Patty Griffin)
– Bron-Y-Aur Stomp (Led Zeppelin)
– Somebody Knocking
– Black Dog (Led Zeppelin)
– Down to the Sea
– I’m Your Witchdoctor (John Mayall & The Bluesbreakers cover)
– Who Do You Love / Whole Lotta Love / Steal Away / Bury My Body

Bis

– Gallows Pole (Led Zeppelin)

20120822-223413.jpg

Porque o Tour do Van Halen 2012 foi interrompido?

20120611-201527.jpg

Putz Grila – 2012 Rules, afinal esse ano está sendo pródigo na volta de bandas históricas. Ressurreição dos Stone Roses 100% completo, Van Halen com Diamond Dave (mas sem Michael Anthony no baixo, substituído pelo filho de Eddie, Wolfgang – que vem se saindo muito bem por sinal), e Black Sabbath com Ozzy, Iommi e Butler (só sem o batera Bill Ward), sinal de que bandas boas como essas tem sempre público, e também que muitas das novidades musicais dessa nova década ainda não convencem ao vivo, ou sucumbem ao teste do segundo álbum… Mas vamos ao que interessa…

Por que o bem sucedido tour do Van Halen cancelou os últimos 3 meses de shows ?

Muitos boatos surgiram… mas pelo visto só boatos mesmo, entre eles que os caras se odeiam, que Dave Lee Roth voltou a ser o rockstar de excessos e mesmo a volta dos problemas de saúde de Eddie, mas oficialmente ainda nada foi divulgado, o único registro real é o vídeo abaixo, onde DLR fala que o tour vai continuar por mais 2 anos após a parada estratégica, e que eles exageraram mesmo nas pretensões e não querem fazer feio, já que o ano valeu muito, pelo disco novo e shows que vieram desde Fev/12 e vão até o fim de Jun/12.

Datas remanescentes :

12/Jun – Anaheim, Calif, Honda Center
14/Jun – San Diego, Calif – Viejas Arena
16/Jun – Phoenix, Ariz., US Airways Center
20/Jun – Dallas, Texas, American Airlines Center
22/Jun – San Antonio, Texas, AT&T Center
24/Jun – Houston, Texas, Toyota Center
26/Jun – New Orleans, La., New Orleans Arena

Psicodelia Total na Virada Cultural 2012 com Iron Butterfly

Iron Butterfly surgiu na primavera de 1967, em Los Angeles, alcançando grande sucesso com o mega hit “In-na-gadda-da-vida”, que atingiu logo de cara a impressionante marca de 8 milhões de cópias de vendidas, sendo o primeiro LP de rock pesado a ganhar um disco de platina.

Iron Butterfly

Iron Butterfly

Apesar da curta carreira, foi banda marco do final dos anos 60 e início dos 70, com som pesado e psicodélico influenciado por Hendrix e pela cena de São Francisco, com pitadas de Jazz e teclados que muitas vezes emulavam os The Doors.

A banda chegou ao Brasil, para incrível show à meia noite de Sábado nessa Virada Cultural 2012, e para quem imaginava uma aventura por grana e saudosismo, se deu mal, pois a formação 2012, com os membros originais Ron Bushy (Bateria) e Lee Dorman (Baixo e Voz) , somado ao incrível guitarrista Charlie Marinkovich, e ao tecladista Martin Gerschwitz, mandou muito bem, contando velhas histórias dos 60’s e mostrando bem vivo o espirito da época.

A apresentação foi alto astral com a pegada roqueira ideal para curtir até o fim do show já na madrugada. Me surpreendi mesmo e vou buscar os discos originais que um tiozão ao meu lado levou prá balada 🙂 e fazer minha lição de casa sobre o Iron Butterfly.

Confiram o setlist da memorável apresentação !!

  • Iron Butterfly Theme
  • Unconscious Power
  • In the Time of Our Lives
  • Stone Believer
  • Flowers and Beads
  • Easy Rider (Let the Wind Pay the Way)
  • Butterfly Bleu
  • In-A-Gadda-Da-Vida

Dicas para curtir o melhor da Virada Cultural 2012

VIRADA CULTURAL 2012

VIRADA CULTURAL 2012

!! Dicas do blog VISHOWS, para curtir numa boa a Virada Cultural 2012 !!

1 – PESQUISAR E PLANEJAR

A primeira dica é PLANEJAMENTO, pois um evento assim diverso, agrega roqueiros, pagodeiros, malucos, crianças, velhinhos, mendigos, regueiros, clubbers, manos, mauricinhos, punks e alternativos de toda ordem e opção.

Ou seja, tem prá todo mundo – procure na programação completa do sitio da Virada, e cheque seus artistas e atrações favoritos, horários e locais. Feito isso, dê um passeio no Google MAPS e Street View para ver as distâncias, pontos de ônibus e metrô mais próximos.

2 – TRANSPORTE

Não vá de carro, é a maior roubada !!

Se você mora longe do centro e do metrô, a dica de transporte é ir de carro até a estação de Metrô ou trem mais próxima. Daí é escolher se fica melhor descer na Sé, Liberdade, República, Anhagabaú, Luz ou até mesmo na Paraíso, Ana Rosa, Santana e Barra Funda prá quem vai curtir o circuito que rola em diversos SESCs da cidade.

Em todos os CEU´s vão rolar apresentações e performances como opção para vários bairros de SP.

3 – HORÁRIOS

Eu sempre busco horários mais alternativos, o pico de lotação normalmente acontece das 22:00 até altas horas da madrugada, e no Domingo à tarde a cidade fica novamente lotada.

Pesquise os palcos próximos do seu show preferido, pois se ficar lotado demais, apresentações menos concorridas podem ser até mais divertidas.

4 – O que ver na Virada Cultural 2012 ?

Agora que o Braza está na rota de shows internacionais, a Virada apostou em uma programação eclética e com nomes internacionais relevantes, em 2012 as atrações prometem !!

PALCO JÚLIO PRESTES

Ebo Taylor (Gana) – dia 5 às 20h30
Em Gana o HighLife é o Ritmo, e Ebo Taylor tem lugar garantido nos sons do Oeste da África, com guitarras melódicas e nos metais cheios de swing, o som despontou para o mundo com a modernização da música africana no século XX, e o cara é um dos fundadores do estilo e inspirador do afrobeat.

Com a Afrobeat Academy, uma das melhores orquestras de afrobeat do mundo, gravou em 2010 o disco “Love and Death” – VALE A PENA !

Tony Allen (Nigéria) – dia 6 à 00h00
Mago e mestre do Ritmo Afrobeat, direto da Nigéria o baterista-maestro-arranjador, que tocou por anos com Fela Kuti, é um dos maiores bateras de todos os tempos.

IMPERDÍVEL

Seun Kuti & Egypt 80 (Nigéria) – dia 6 às 02h30
Filho do mestre Fela Kuti, Seun se mostra com a mesma força do pai, em especial ao vivo, vem ao Brasil acompanhado da banda Egypt 80, que durante muitos anos acompanhou Fela Kuti.

Não é um tributo, pois as composições são todas próprias e cheias de personalidade, mas é claro que Seun é o mais fiel seguidor de Fela, tanto pela ideologia política, quanto pela musicalidade.

Seu último álbum, produzido por Brian Eno, é “From Africa with Fury: Rise”, é forte e teve destaque internacional onde a energia de Fela está presente até na capa, feita por Lemi Ghariokwu, o mesmo que criou capas clássicas de Fela.

UM DOS MELHORES SHOWS DO ANO

Toots and the Maytals (Jamaica) – dia 6 às 13h00
Depos de Bob Marley, Peter Tosh e Jimmi Cliff, Toots Hilbert é o grande nome mundial do Ska e do Reggae, e finalmente chega ao Brasil !!!

Considerada uma das mais emblemáticas bandas da Jamaica, tem na mistura do gospel com ska, soul, reagge e rock a sua consagrada fórmula, e seu maior clássico “54-46 Thats My Number“, é uma das maiores pedradas do gênero.


Atualização Urgente !! Não dá prá elogiar… Erros da produção da Virada Cultural cancelam shows de The Abyssinians e Toots and The Maytals #fail #amadorismo

Gilberto Gil – dia 6 às 18h00
Gil dispensa apresentações, é o maior artista da sua geração e não virou depois de maduro, um conservador e reacionário como muitos de sua época, por isso continua atual e relevante, sem ter que posar de roqueiro ou montar uma banda com “garotos”.

PALCO REPÚBLICA

Mccoy Tyner Quartet – dia 5 às 19h00
O cara é referência quando se fala em jazz moderno, tocou com John Coltrane, no quarteto responsável por um dos álbuns mais famosos na história do jazz, “My Favorite Things”. Indo muito além do convencional, seu estilo de tocar piano baseado no blues é repleto de acordes sofisticados. Suas contribuições harmônicas e recursos rítmicos formam o vocabulário da maioria dos pianistas de jazz da atualidade.

Roy Ayers – dia 6 à 00h00
Com origem no Jazz Roy Ayes, tem trajetória incrível, passando pelo funk, soul e pop. É uma lenda da música e que deve fazer o melhor show do Palco República.

Raul de Souza com Zimbo Trio – dia 6 às 02h30
O Zimbo Trio, formado atualmente por Amílton Godoy (piano), Pércio Sápia (bateria) e Mario Andreotti (contrabaixo acústico), começou no ínício dos anos 60 e virou referência instrumental do som moderno brazuca, tendo acompanhado os maiores nomes da música brasileira nos últimos anos. Vai tocar com o mestre Raul de Souza, um dos maiores trombonistas brasileiros e, que ao longo de sua carreira, trabalhou com músicos como Sergio Mendez, Flora Purim, Airto Moreira, Milton Nascimento, Sonny Rollins, George Duke e Cal Tjader, entre outros.

Charles Bradley – dia 6 às 15h00
O soul de Charles Bradley, chega direto da Flórida e tem conquistado o mundo, vale pela sonzeira de The World (Is Going Up In Flames) de 2010 e pelo estilo que lembra o Soul Man Otis Redding. Esse vou ver MESMO !!

Larry Graham – dia 6 às 17h30
Larry Graham, é um músico, compositor, cantor e produtor musical americano, a quem se atribui a invenção da técnica de bater com o polegar nas cordas do baixo eléctrico, “slapping” ou, conforme definição do próprio artista, Thumpin’ and Pluckin’ . É especialmente conhecido como baixista da banda “Sly & the Family Stone”, que influenciou o funk e o soul psicadélico nos anos 70. Foi ainda o fundador e principal figura da banda “Graham Central Station”.

PALCO SÃO JOÃO

Banda Made In Brazil – dia 5 às 18h30 (Tocando na íntegra “Jack o Estripador” de 1976)
A lenda viva do rock brazuca, Made In Brazil, sobe mais uma vez no Palco do Rock da Virada, desta vez para um show especial: a apresentação, na íntegra, do LP “Jack, O Estripador”, um clássico de 1976. Para o show histórico, a banda traz sua formação original com Oswaldo e Celso Vecchione e Percy Weiss nos vocais, além de convidados especiais que aproveitarão a ocasião para homenagear o falecido produtor Ezequiel Neves.

Iron Butterfly – dia 5 às 23h30
Iron Butterfly surgiu na primavera de 1967, em Los Angeles, alcançando grande sucesso já no seu álbum de estréia, o clássico “In-na-gadda-da-vida”. O disco atingiu logo de cara a impressionante marca de 8 milhões de cópias de vendidas.

Os Mutantes – dia 6 às 02h00
Desde 1966, os Mutantes assombram o mundo com seu experimentalismo e criatividade. Originalmente formada por Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias, a banda foi um dos catalisadores do movimento Tropicalista. Psicodélicos, românticos, doidos varridos, visionários cheios de energia e imaginação, são uma das bandas mais influentes da música brasileira, chegando a tocar ouvidos mundialmente famosos como os de Kurt Cobain e Sean Lennon.

Members of Morphine & Jeremy Lyons – dia 6 às 04h30
O saxofonista Dana Colley e o baterista Jerome Deupree, membros originais da cultuada banda Morphine, se juntam ao guitarrista e baixista Jeremy Lyons para interpretar os clássicos da banda que terminou subitamente em 1999 após a morte, em pleno palco, do baixista Mark Sandman. No repertório, também estarão as músicas de seu novo disco, “The Ever Expanding Elastic Waste Band” de 2010.

Suicidal Tendencies – dia 6 às 09h30
O hardcore com trash metal dos caras marcou gerações na virada dos anos 80 para os 90, e da sua mistura onde o Punk, o Skate, a Política e o Rock são os elementos básicos, surgiram legiões de imitadores e emuladores.

Suicidal Tendencies é autêntico, e o som forte, nervoso e direto conquita tribos diversas em todo mundo. Vamos conferir !!

La Renga – dia 6 às 14h30
O rock argentino é bom, criativo e muitas vezes bem pesado, tendo em grupos como La Renga, um dos seus maiores representantes, quando o assunto é Hard Rock. Lotam estádios na terra natal e no Chile, Uruguai, Paraguai e mesmos nos EUA.

PALCO BARÃO DE LIMEIRA

A Bolha – dia 5 às 20h00
O Rock Progressivo Brasil tem na A Bolha um dos seus precursores, e nos anos 70 lançou discos históricos e serviu como banda de apoio de artistas como Gal Costa, Raul Seixas e Erasmo Carlos.Voltaram nos anos 2000 com shows super elogiados.

Man Or Astro-Man? – dia 5 às 22h30
Grande banda ao vivo, conferí os caras tocando há mais de 10 anos, na extinta Broadway e confesso que é um dos shows mais divertidos do planeta. Começaram tocando rock instrumental, semelhante a outras banda de surf-rock como The Ventures, mais tarde adotaram uma fusão de estilos, que incluem o surf rock dos anos 1960 com o new wave e o punk rock do final dos anos 1970 e meados dos anos 1980.

É conhecida pela dedicação a temas legais e nerds como antigos programas de TV, viagens no espaço e filmes de ficção científica, com uso pesado de samplers, dispositivos eletrônicos como o theremins e bobinas de tesla e afins !!

Jupiter Maçã – dia 6 às 03h30
Ex TNT e Cascavelletes, o ainda muito jovem Flávio Basso começa sua incursão solo pelo folk sob o pseudônimo de Woody Apple. Porém em pouco tempo já estaria eletrificando seu som, transformando-se em Júpiter Maça. Seu primeiro álbum “A 7a Efervescência” seguinte, o disco foi eleito o maior e mais expressivo disco de rock do Sul do Brasil de todos os tempos, e também entre os 100 maiores álbuns de música brasileira da história, pesquisa feita pela revista Rolling Stone. A cada álbum Jupiter Maçã, ou seu alter ego bossa-novista Jupiter Apple, apresenta uma musicalidade nova.

Pin Ups – dia 6 às 08h30

A história do rock indie paulistano passa obrigatoriamente pela banda Pin Ups, formada em 1988 sempre tratou sua música como se a urgencia fosse a coisa mais importante do mundo !! Já ví em Curitiba, abrindo para os Pixies e confesso que sentí a emoção de voltar ao rock alternativo paulistano dos anos 90 (De Verdade) !!

Defalla – dia 6 às 11h00
A lenda do Rock Gaúcho oitentista está de volta, pois desde 1984, quando despontou no cenário do Rock Brasil, é uma das principais bandas do país, com canções em estilos diversos, flertou com o hard rock, rap, glam rock, heavy metal e até big beat, além do funk carioca, hardcore melódico e miami bass. Alcançou grande sucesso nacional com o rock-funk carioca Popozuda Rock and Roll. Detona EDU K !!

Popa Chubby – dia 6 às 16h00
Grande guitarrista com influências clássicas como Hendrix e Clapton, Popa Chubby é conhecido como o padrinho do blues nova iorquino. Só daí, não é preciso ser um expert em música para entender que o som de Chubby é da pesada. Mas tem mais. Além de seus próprios discos, Popa participou da gravação de álbuns de artistas do calibre de Aretha Franklin, Ray Charles e Wilson Pickett. Sonzeira do mais alto quilate.

TEATRO MUNICIPAL

Arnaldo Baptista – dia 5 às 19h00
Gênio e louco, é o nosso Syd Barret + Brian Wilson !! Arnaldo Baptista, ex-líder dos Mutantes, e se apresenta na Virada no show “Sarau o Benedito?”, no imponente Teatro Municipal de São Paulo.

O show traz video-cenário com projeções de desenhos de sua obra como artista plástico.

LARGO DO PAISSANDÚ

Trupe Chá de Boldo – dia 6 às 15h00
A Trupe Chá de Boldo é uma banda de MPB nascida em 2005, em São Paulo, que hoje é formada por 13 integrantes. Dois anos após o lançamento de seu disco de estreia, Bárbaro, e de uma série de shows divulgando o trabalho (Auditório Ibirapuera, Sesc Pompéia e circuito Sesc no interior do estado), a banda está finaliza o seu segundo CD, que estreia em março de 2012.Neste novo trabalho, o grupo foi produzido por Gustavo Ruiz (produtor de Tulipa Ruiz e Juliana Kehl) e contou com as participações especiais de André Abujamra, Alzira E, Tatá Aeroplano, Peri Pane, Lu Horta, Marcelo Pretto e Márcia Castro.

As Mercenárias – dia 6 às 16h00
A maior banda feminina do Brasil de todos os tempos, atualmento formada por Sandra Coutinho – baixo/voz, Geórgia Branco – guitarra/vocal e Pitchu Ferraz – bateria, que agora como Trio, se propõem a recuperar o mito com seu repertório oitentista, mas com foco no resgate da obra alinhada com as influências sonoras dos dias atuais.

Paulo Barnabe & Patife Band – Dia 6 às 18h00
Irmão do grande Arrigo Barnabé, Paulo e sua Patife Band voltam aos palcos, mesclando timbres de instrumentos como sintetizador, sax, bateria e guitarra. A atual proposta abre ainda mais espaços para improvisos e experimentações.

Formado em 1983 é considerada um dos expoentes do movimento que ficou conhecido como Vanguarda Paulista.

Diamond Dave interrompe briga durante show e mostra que o Van Halen é sua casa

Diamond Dave

Diamond Dave

Em pleno tour 2012, que marca a volta definitiva de David Lee Roth ao Van Halen, o clima pesou durante o clássico Pretty Woman no último dia 12-Mar, quando o cantor interrompeu a música logo no início, em virtude das brigas que rolavam na frente do palco.

Mr. Roth não deixou por menos, desancou os valentões colocando ordem na casa, e em menos de 1 minuto, falou para o batera Alex Van Halen … “Vamos agora começar de novo do início.”

E o rock voltou com força total ! Vejam o vídeo, e confiram o poder roqueiro que os veteranos heróis do Hard Rock mostram a cada novo dia, em pleno 2012 !!

Setlist Van Halen Tour 2012 – 13 de março – Wireless Arena, Manchester, NH, USA

  • Unchained
  • Runnin’ With the Devil
  • She’s The Woman
  • The Full Bug
  • Tattoo
  • Everybody Wants Some!!
  • Somebody Get Me A Doctor
  • China Town
  • Hear About It Later
  • Oh, Pretty Woman (Roy Orbison)
  • Solo – Batera (Alex Van Halen)
  • You Really Got Me (The Kinks)
  • The Trouble with Never
  • Dance The Night Away
  • I’ll Wait
  • Hot For Teacher
  • Women In Love
  • Girl Gone Bad
  • Beautiful Girls
  • Ice Cream Man (John Brim)
  • Panama
  • Guitar Solo (Eddie Van Halen)
  • Ain’t Talkin’ ‘Bout Love
  • Jump

Van Halen Tour 2012 com Dave Lee Roth

Crianças agora é oficial !! Os caras voltaram com o vocalista clássico !!

Van Halen Clássico

Tour 2012 do Van Halen a ser anúnciado dia 10/JAN – aguardem aqui no Blog as novidades… fiquem com o vídeo promo do Tour !!

David Lee Roth rockstar e paramédico voluntário #servoluntariovaleapena

20111205-223408.jpg

Nesse dia internacional do voluntário (05/Dez), venho mostrar como o trabalho voluntário pode mudar não só a vida de quem precisa, mas também aquela de quem ajuda. O roqueiro David Lee Roth maluco e de vida cheia de excessos, começou em 2004 a trabalhar em Nova Iorque como motorista de ambulância no serviço noturno de paramédicos… trabalho dureza, resgatando pessoas em situações diversas no serviço de emergência.

O cantor, de volta ao Van Halen e em estúdio para um esperado disco de inéditas, atualmente se formou como paramédico e mantém o trabalho em paralelo a shows e ensaios para novo tour da banda. Diamond Dave sempre diz que quase nunca é reconhecido pelos pacientes e que não se enxerga mais sem trabalhar salvando vidas.

#servoluntariovaleapena

11/11/11 e a volta da formação original do Black Sabbath

Realmente algo iria acontecer em 11/11/11, e o retorno da formação clássica do Black Sabbath é a notícia do dia no mundo rock.

Confiram vídeo com histórico da banda nessa era (o MK1 do BS), que chega para 2012 com disco novo de inéditas e produção do mago Rick Rubin, com tour mundial, logo após serem a atração principal do Download Festival 2012, na mesma noite em que o Metallica deve tocar o clássico Black Álbum na íntegra. ANIMAL !!

Ví OZZY solo esse ano e o cara ainda detona !! Na sequencia a foto direto do Twitter de Kelly Osbourne com a banda no backstage antes do anúncio oficial em Los Angeles nessa Sexta (11/11/11)  !!

Black Sabbath 2011 – MK1
Eu realmente não espero muito do disco novo, mas o que todos fãs querem é poder agitar ao som dos hits eternos dessa banda sensacional. BOA NOTÍCIA !
 
 
 

Aerosmith em “Rock in a Hard Place ou Perdí os Dentes no Paraguai”

20111028-235638.jpg

Certas bandas vão ser sempre loucas !!

O Aerosmith mesmo nessa fase Hollywood, continua sendo uma banda de multidões e que por onde passa literalmente #causa .

Dessa vez, a parada foi bem mais sinistra, afinal Mr.Tyler, aos 63 anos, sofreu num simples tour pelos vizinhos, uma intoxicação alimentar, seguida de uma queda no banheiro do hotel, que o levou para o melhor hospital de Asuncion, de onde saiu com 2 novos dentes e um baita olho roxo.

Mas para um roqueiro das antigas, o perrengue não é nada … Adiaram o show por um dia (ver setlist) e após passar por Buenos Aires, comparecem para apresentação única em Sampa Rock City na famigerada Arena Anhembí, nesse Domingão dia 30/Nov.

Programa válido para várias tribos e gerações, diversão garantida e uma banda que apesar das popices, ainda mostra respeito aos fãs, como o episódio nas terras paraguayas demonstrou claramente.

Setlist Paraguai no Personal Rock Festival 2011 dia 26/Out/2011 – Assuncion

Draw the Line
Same Old Song and Dance
Mama Kin
Janie’s Got A Gun
Livin’ on the Edge
Drum Solo
Rag Doll
Amazing
What It Takes
Last Child
Stop Messing Around
(Fleetwood Mac cover)
I Don’t Want To Miss a Thing
Cryin’
Sweet Emotion

Bis

Dream On
Love in an Elevator
Walk This Way

20111029-000544.jpg

System Of A Down – Meu ponto alto do Rock In Rio

20110929-143818.jpg

A renomada banda armeno-americana System Of A Down estará nesse estranho Rock In Rio que está em andamento desde o dia 22 de Setembro, mas por mais que várias bandas phodásticas como Slipknot, Metallica e Red Hot Chilli Peppers tenham tocado muito bem, para mim, o Rock In Rio começa apenas no dia 02 de Outubro, dia em que por um acaso se encerra.

Por que? Bem simples, é quando o System vai tocar, necessariamente às 23:10 da noite. Um dia antes, eles estarão aqui em São Paulo, tocando na Chácara do Joquei, e por infelicidade eu não poderei estar em nenhum deles, paciência, vou esperar pela próxima aparição dos caras por aqui e me preparar para uma longa noite de Rock’N Roll.

Esse é o provável Setlist dos shows no Brasil, já que foi o mesmo Setlist usado nos últimos dois shows

1. Prison Song
2. Soldier Side – Intro
3. B.Y.O.B.
4. Revenga
5. Needles
6. Deer Dance
7. Radio/Video
8. Hypnotize
9. Question!
10. Suggestions
11. Psycho
12. Chop Suey!
13. Lonely Day
14. Bounce
15. Lost in Hollywood
16. Kill Rock ‘n Roll
17. Forest
18. Science
19. Mind (First time live since 2004)
20. Innervision (First time live since 2004)
21. Holy Mountains
22. Aerials
23. Vicinity Of Obscenity (Second time live ever)
24. Tentative
25. Cigaro
26. Suite-Pee
27. War?
28. Toxicity
29. Sugar

%d blogueiros gostam disto: