Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos de tags: Indie

SWU 2011 – Bons shows e um conceito a ser provado …

20111107-215308.jpg

A pretensão é tornar o Festival sério e ponto de mobilizar a galera alternativa… Mas na real a idéia de ir até Paulínia, gastar um monte de gasolina, pagar pedágio e acampar para não voltar detonado da trip, ainda tem que se provar válida… vamos ver o que vai rolar nesse ano e dar o veredito, afinal é tudo marketing ou é sério ?

Mas na certa, vão rolar grandes shows, e música é música, então vamos ver os melhores shows e roubadas dia a dia da nova versão do SWU 2011 em Paulínia Rock City.

Sábado – 12 de novembro – Destaques

Palco Principal

15:00 – 15:45
Emicida – não precisa provar nada e pelo talento podia estar melhor posicionado, vai ser grande show.

15:50 – 16:50
Michael Franti & Spearhead – som de balada californiana, com cara de verão e letras sociais, deve surpreender positivamente.

18:00 – 19:15
Marcelo D2 – É sempre bom ao vivo, mas não faz minha cabeça (se é que vc me entende).

19:20 – 20:20
Damian ‘Jr. Gong’ Marley – O mais novo dos Marley, em alta com vários projetos e provavelmente o melhor show do Sábado.

20:25 – 21:25
Snoop Dogg (1:00) – Snoopy está na encruzilhada Mainstream , e já caminha para satisfazer primeiro seu Superego.

21:30 – 23:30 Kanye West (2:00)
Até quando um impostor agüenta, nunca me convenceu, melhor buscar outro palco.

23:35 – 01:35
Black Eyed Peas (2:00) – Ver o fim deles no topo pode ser um bom e memorável programa. Melhor tomar um energético…

New Stage : nada a destacar, o oposto do Rock in Rio.

Domingo – 13 de novembro – destaques

Palco principal

15:00 – 16:00 Zé Ramalho
O paraibano é gênio local e herdeiro, involuntário ou não, do hippismo e Raul Seixismo setentista. Sempre um grande show, mas devia abrir o Peter Gabriel.

16:05 – 17:05 Ultraje a Rigor
A mesma piada há 30 anos,mas a diversão é sempre garantida, afinal não se levam a sério… Ou não deveriam…

18:30 – 19:30
Chris Cornell – em plena volta do Soundgarden… Show estranho, abrindo para o Duran Duran… Programação Wake Up !!

19:35 – 20:50
Duran Duran – Que porra é essa ?! Os 80’s já saíram da moda, afinal só os 2 primeiros discos valeram a pena, o resto é tudo pose. Save o technopop cafona.

20:55 – 22:40
Peter Gabriel & The New Blood Orchestra – Agora sim, finalmente um PUTA SHOW! Minha idéia seria ir ver o Peter Gabriel e voltar direto para Sampa! Mas vale a pena ?!

SIM – Se vc não conhece o cara veja os vídeos selecionados pelo Blog!

Sledgehammer

Shock the Monkey

Solsbury Hill

Big Time http://www.youtube.com/watch?v=gkIFL4yqXm8

Games Without Frontiers http://www.youtube.com/watch?v=zP1_pZkJTvk

22:45 – 00:15
Lynyrd Skynyrd – Aposta no southern Rock foi um erro, mas deve ser um show interessante. Vale pela arqueologia roqueira, mas os yankees definitivamente não encarnam o suposto espirito engajado do festival. Que doidera sem sentido… Os caras na real não manjam nada de música… É mais um show tributo, pois a banda já era … Ou melhor … Já foi.

New Stage: destaques

19:30 – 20:30
Modest Mouse – Esses são preferidos do Blog ! Boa alternativa ao Duran Duran… Lembrar de sair a tempo de perder o Hole e ver O Peter Gabriel.

20:45 – 21:45
Hole – A segunda maior viúva do Rock de todos os tempos, promete no mínimo causar em sua volta ao país. Viva a Yoko Ono Grunge !!

Segunda – 14 de novembro

Palcos principais: Destaques

14:10 – 14:55
Raimundos – A volta dos que não foram, mas que já foram a maior banda de rock do Brasil, afinal os anos 90 voltaram!

15:00 – 16:00
Duff McKagan’s Loaded (1:00) – Duff é legal , mas o show vai ser um culto das viúvas do Guns. Que Horror !

19:20 – 20:20
Sonic Youth – Os ícones Indie americanos, podem após o fim da relação conjugal dar em Paulínia o ultimo show ! Será ?! São ótimos ao vivo!

20:25 – 21:25
Primus – Desperdício de talento em estado bruto ! Som de músicos para músicos.

21:30 – 22:30
Megadeth – Depois do Mettalica, pelo menos quero ver se Mustaine mantém a forma, ou virou personagem de sí mesmo.

22:35 – 23:50
Stone Temple Pilots – Muito legal, grande volta e ponto dentro do line-up! Finalmente alguém sacou o HYPE Grunge de volta.

23:55 – 01:25
Alice In Chains – Os STP deviam tocar depois, mas o Alice sempre foi grande no Braza, a volta dos 90’s !

01:30 – 03:15
Faith No More – Fecham a noite, afinal sao reis na América do Sul ! Amo a banda e os shows valem a pena.

New Stage – Só o Ash salva, e mesmo assim o foco é o main stage.

Boa sorte galera, e viva a Sustentabilidade … Vamos ver… Né… Teremos nossos correspondentes e vamos monitorar forte on-line, green wash é feio… Quero ver rolar dessa vez !!

Emissão 51 – Occupy Wall Street Podcast

Ray Davies com Bruce Springsteen – Better Days, Atari Teenage Riot – Rearrange Your Synapses,
Arctic Monkeys – Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair, The Vaccines – Blow it up (Londres 2010 – indie rock revival), The Subways – We don´t need money to have a good time, Beastie Boys – Multilateral Nuclear Disarmament, Ladytron – Altitude Blues, Kate Bush – Deeper Understanding, Danger Mouse & Daniele Luppi – The Matador Has Fallen, Broken Social Scene – World Sick, Calle 13 – Calma Pueblo, Bjork – Crystalline, Charles Bradley – The World (Is Going Up In Flames).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Morrissey ainda reina (Novo tour europeu e 3 sons novos de matar)

Morrissey

Morrissey

O cantor inglês em pleno 2011, não só mostra a boa forma lançando 3 sons novos como entra em tour de verão agitando gerações em todo mundo.

A data é emblemática, pois o super álbum dos The SmithsThe Queen is Dead” comemora 25 anos… o meu no bom e velho vinil, continua em ótimo estado mostrando a magia de clássicos indie eternos como “Bigmouth Strikes Again” , “The Boy with the Thorn in His Side” , “There Is a Light That Never Goes Out” e “Some Girls Are Bigger Than Others.

Mas como o clima não é de nostalgia, segue Morrissey com os sons novos “Action is my middle name” , “The Kid´s a looker” e a minha preferida “People are the same everywhere“.

Action is my middle name

The kid´s a looker

People are the same everywhre

The Drums em São Paulo no Estúdio EMME (Aquecimento Lollapalooza Chile 2011)

Algumas atrações do Lollapalloza Chile, vão aproveitar a viagem e se apresentar em terras brasileiras, entre eles vale mesmo destacar a banda The Drums , que direto do Brooklin (NYC) apresentam um som pop/indie de qualidade.

Jonny Pierce (vocal), Jacob Graham (guitarra), Adam Kessler (guitarra) e Cannor Hanwick (bateria) devem tocar sons do recente álbum, “The Drums”, de 2010 que foi bem recebido pela mídia especializada, apontando o grupo como uma das grandes apostas desse ano.

O show promete com o hit “Let’s Go Surfing” e as ótimas “Down by the Water” , “Me and the Moon”, além do single “Forever and Ever Amen,  Book of Stories”;

A abertura do show fica por conta do Funhell DJs, que preparam os convidados para a apresentação com muito rock e eletro.

Confiram o Setlist dos caras em Bruxelas – Bélgica – 16/Dez/2010 – como referência para o show de Sampa.

Best Friend, Submarine, Book Of Stories, Make You Mine, Let’s Go Surfing, Me And The Moon, I Need Fun In My Life, Don’t Be A Jerk, Johnny, We Tried, Forever And Ever Amen, Baby – That’s Not The Point, The Future, BIS, Down By The Water.

Ingressos – R$ 80 no primeiro lote, R$ 100 no segundo lote e R$ 120 no terceiro lote.

Onde – Bilheteria do ESTÚDIO EMME ou pelo site Live Pass (www.livepass.com.br).

    Podcast – Emissão 47 – Revolution @TV

    Cérebro Eletrônico em noite chuvosa no Sesc Vila Mariana (11/Dez/10)

    O Sesc Vila Mariana é um espaço muito bom, mas tem como principal característica ser um Teatro, e como tal, fica vazio com cerca de 250/300 pessoas, criando um enorme desafio para qualquer banda.

    Cérebro no Sesc

    O Sábadão foi ingrato, em pleno Dezembro, começando britanicamente às 21:00, em mais um dia de chuva mega em São Paulo…

    Cheguei pouco antes e deu para observar e quase contar o público que foi entrando atrasado, composto por Fãs Indies, Familiares/Amigos reunidos + frequentadores do circuito Sesc e “modernos/informados/infiltrados” (será?) em geral.

    Que o show sirva de aprendizado ao Cérebro Eletrônico, uma das bandas mais legais e inteligentes da atualidade, mas que precisa se preparar para ter a mesma pegada e interatividade fora do circuito alternativo onde fez nome.

    Essa transição é o desafio de Tatá e Cia, pois logo de cara em 2011 tocam no Auditório Ibirapuera, lugar com
    as mesmas características do Sesc e vai exigir maiores doses da teatralidade inerente às performances “normais” da banda.

    Todo lance carnavalesco do combo paulista/bragantino ficou preso à parte final do show, que previlegiou o ótimo disco novo “Deus e o Diabo no Liquidificador” e mostrou uma banda entrosada e com sonoridade mais pop-rock, eu gostei do Show mas acho que só “pegou” mesmo no final.

    Pelo visto em 2011 vai ser a hora da banda se mostrar para um público maior, já que tem um repertório
    interessante e uma crítica em geral positiva, mas vão precisar mostrar maior dinâmica em locais menos intimistas, onde já dominam e chegam sempre mostrando serviço.

    Prá fechar a bem humorada – “Garota Estereótipo” – MUITO LEGAL

    Don´t play for apartheid agora com The Fall

    Mark E Smith

    A banda inglesa THE FALL, liderada pelo mítico Mark E Smith, enfrentou protestos em show recente no Electric Ballroom em Londres. Os manifestantes são parte do movimento “Don´t play for apartheid“, composto por Israelenses que apóiam iniciativas de boicote a apresentações em Israel, enquanto a questão da soberania Palestina não for equacionada através da Paz.

    Antes do The Fall, bandas e cantores como Klaxons, Pixies, Elvis Costello, Gil Scott-Heron e Faithless foram alvo dessa ação, e todos sem excessão cancelaram os shows em solidariedade ao movimento, que se inspira em iniciativas similares realizadas contra a África do Sul racista nos anos 80 e 90.

    Ainda não sabemos qual será a reação da banda, mas por enquanto os shows em Israel marcados para Jan/2011 estão confirmados. 

    O legal é que independente das polêmicas, o conjunto continua na ativa e com produção constante, se consolidando como um dos mais relevantes artistas do Reino Unido.

    Seguem 2 vídeos da banda, primeiro a nova Greenway ao-vivo no referido concerto londrino, e na sequencia a clássica Mr. Pharmacist.

    Emissão 44 – Na Atividade

    Eric Clapton – I´m going left, Kings of Leon – Radioactive, Josh Rouse – Directions, Free – Fire and Water, Blue Cheer – Rock me Baby, Black Crowes – Evil Eye, The Troggs – Widge You, David Bowie – Bombers, MQN – Cobra, Annie Lennox – Sweet Dreams, Focus – Hocus Pocus, Pete Yorn – I wanna be your boyfriend, Maryslim – I Believe in miracles.

    Este slideshow necessita de JavaScript.

     

    As 200 melhores músicas dos anos 90

    O site Pitchfork fez uma lista com, segundo eles, as 200 melhores canções dos anos 90, elegendo apenas uma música de cada artista. O que causou a desclassificação de Tonight, Tonight do Smashing Pumpkins, que entraram na lista em 21º lugar com 1979. O Nirvana também está presente apenas em 13º lugar,  o Stone Temple Pilots e a sua “Interstate Love Song” aparecem na 175º posição. Além deles figuram na lista Radiohead, Björk, Suede e Pearl Jam. O 1º lugar ficou com o Pavement.

    Será que faltou alguém?

    Confira os dez primeiros colocados:

    1. Pavement
    “Gold Soundz”

    2. Pulp
    “Common People”

    3. Dr. Dre ft. Snoop Doggy Dogg
    “Nuthin’ But a ‘G’ Thang”

    4. Radiohead
    “Paranoid Android”

    5. Wu-Tang Clan
    “Protect Ya Neck

    6. My Bloody Valentine
    “Only Shallow”

    7. Neutral Milk Hotel
    “Holland, 1945”

    8. Aaliyah
    “Are You That Somebody?”

    9. Beck
    “Loser”

    10. Weezer
    “Say It Ain’t So”

    Veja a lista completa

    E você concorda com a lista?

    Som do Blog Vishows – Banda “Mean Creek” com “The Comedian”

    Mean Creek - Indie Rock from Boston

    Sonzeira recomendada pela revista eletrônica Spinner (onde você pode ouvir e baixar o som 4Free) e que não saí do playlist Vishows… a banda Mean Creek de Boston faz um som com guitarras viajantes e clima jazzy que vale a pena conferir.

    Aqui vídeo/performance do som novo dos caras com “The Comedian”

    Mean Creek, “The Comedian” from Boston Phoenix on Vimeo.

    Kings of Leon confirmados no SWU Music and Arts Festival

    Kings of Leon - Jared, Caleb, Matthew e Nathan

    SWU Music and Arts Festival confirmou em seu blog a presença do grupo Kings of Leon no dia 10 de outubro em Itu.

    A banda formada pelos três irmãos  Caleb, Jared e Nathan Followill, e o primo Matthew Followill é uma das principais atrações do festival. O grupo, que lota festivais por onde passa, foi mudando aos poucos o seu estilo indie para um rock de arena que vende milhões, mas sem perder sua a qualidade e personalidade.

    Muitos tendem a criticar o Kings of Leon dizendo que eles se venderam para conseguir fazer sucesso no seu país de origem os EUA, já que no início eles só eram populares no Reino Unido, porém o fato é que a banda evoluiu e procurou novas influências para o seu rock sulista a fim de não se tornarem mais do mesmo. O guitarrista Matthew já até chegou a anunciar que o próximo álbum do Kings vai ter uma pegada mais grunge.

    O Kings of Leon é uma das melhores bandas do momento e uma das únicas que mantem a sua personalidade forte enquanto buscam acrescentar coisas novas ao seu repertório. Então vamos aguardar para ver a passagem dos reis por aqui em outubro.

    Confira o link atualizado com a crítica do show no SWU.

    Veja o  antes e depois da família Followill:

    Antes:

    Depois:

    %d blogueiros gostam disto: