Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos de tags: Kings of Leon

Kings of Leon no Brasil em 2012

E eles vão voltar!

A banda Kings of Leon foi confirmada como atração do Festival Planeta Terra 2012, que acontecerá no Jockey Club no dia 20 de outubro e não mais no saudoso Playcenter. Eles virão pela terceira vez ao Brasil, após a sua última apresentação em 2010 no SWU Music and Arts Festival.

Clique e confira como foi a apresentação deles no SWU de 2010.

Em 2010 eles lançaram o álbum “Come Around Sundown”, que apresentava uma volta as raízes da banda, mas sem emplacar nenhum hit do quilate de Use Somebody, nesse meio tempo os integrantes da banda se dedicaram a sua vida pessoal mais do que a novos projetos, Matthew Followil e Natan se casaram e Caleb também se casou e acabou de se tornar pai.

A banda cancelou a sua última turnê alegando problemas pessoais de Caleb Followill, eles também estão um pouco afastados da mídia, mas costumam fazer shows competentes com um repertório forte e de responsa, eu preferiria um show só deles, mas eles são sempre bem-vindos.

Vamos aguardar para ver o que os reis vão fazer em outubro por aqui!

Emissão 44 – Na Atividade

Eric Clapton – I´m going left, Kings of Leon – Radioactive, Josh Rouse – Directions, Free – Fire and Water, Blue Cheer – Rock me Baby, Black Crowes – Evil Eye, The Troggs – Widge You, David Bowie – Bombers, MQN – Cobra, Annie Lennox – Sweet Dreams, Focus – Hocus Pocus, Pete Yorn – I wanna be your boyfriend, Maryslim – I Believe in miracles.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Kings of Leon esquentou o SWU

Muitos reclamaram da organização do SWU (ou da falta de organização), disseram que o festival não tinha nada de sustentável e por aí vai… mas eu não me movi até Itu para andar de roda gigante e passear num labirinto reciclável, nem para pegar fila da comida e tomar uma cerveja cara, não perdi meu tempo com isso. Só há uma coisa que me fez ir até o SWU,  o show do Kings of Leon.

Contudo os outros shows também foram bons. O Sublime deixou um gostinho de nostalgia dos anos 90 numa época em que era muito bom ligar o rádio e ouvir “Santeria” tocando.  Já o show da Regina Spektor foi meio frio, quase ninguém conhecia o seu trabalho além de “Fidelity” a tal música da novela o que gerou gritos de “Toca a da novela e vai embora!”, mas foi um show simpático, talvez funcionasse melhor num lugar menos frio… Joss Stone e Dave Matthews Band foram acima da média.

Depois do longo (mas excelente) show do Dave Matthews Band o público já estava ansioso para ver os Reis subirem ao palco, quando um cara apareceu no palco oposto ao água gritando um discurso um tanto quanto contraditório sobre as desigualdades do mundo, o que irritou o público já cansado de esperar pelo Kings, gerando gritos de “Kings of Leon! Kings of Leon!” seguido de “Cerveja cara! Cerveja Cara!”.

Foi quando os Reis entraram já mostrando a que vieram com a pesada “Crawl” e já pegando no embalo “Molly Chamber’s” naquele momento a fazenda Maeda esquentou!

Em seguida veio “My party” e o refrão “She’s in my party” ainda reverberou na minha cabeça quando tudo ficou em silêncio. Matthew Followill mostrou suas habilidades de guitarrista tocando guitarra com os dentes em determinados momentos do show.

“Be Somebody” pôs todo mundo para pular e “Mary”  música do novo álbum, lançado em premiere um dia após o show, esfriou um pouco os ânimos, mas não deixou de ser ótima.


Quando “Fans” começou Jared Followill mostrou porque é considerado um dos melhores baixistas da atualidade. Com  as baladas “Closer” e “Revelry” fizeram a alegria dos casais “coxinha”.

“Four Kicks” é aquela música que toca quando você arranja briga no bar, quebra uma garrafa de cerveja na cabeça de alguém e sai correndo pra não ser preso. Coisa de macho.

Em seguida veio “The Bucket”, mas eles já tinha chutado o balde há muito tempo…

“Notion” foi mais um música que alegrou o pessoal que não conhece os trabalhos mais antigos da banda. “Radioactive”, o novo e ótimo single, abriu caminho para “Sex on Fire”, um dos melhores momentos do show esquentando ainda mais o público.

Com “On Call” veio  e a certeza de que sempre que eles me chamassem eu iria vê-los, não importa onde. “Back Down South”, mais uma música nova, deixou um gostinho do primeiro álbum Youth and Young Manhood e da fase roots. E “Slow Night, So Long” fechou o show meio no susto.

Como eles iriam embora sem tocar Use Somebody? Pois a banda se retirou do palco por alguns minutos e algumas pessoas já resolviam ir embora quando Natan Followill, o baterista, voltou e puxou batida de “Knocked Up” uma balada de primeira qualidade, e os outros integrantes retornaram aos seus postos.

“Manhattan” antecedeu a tão aguardada “Use Somebody” que fez o público cantar junto do começo ao fim e responder a cada Somebody que Caleb Followill lançava. “Black Thumbnail” fechou o show definitivamente.

Ao final ficou um gosto de quero mais, e eu particularmente senti falta das excelentes “Charmer”, “King of the Rodeo” e “California Waiting”, que ficaram de fora do set list.

Eu li algumas críticas negativas sobre o show, dizendo que eles fizeram uma apresentação morna voltada a um público que só conhecia duas músicas da banda, porém não foi o que eu vi. O show deles foi muito bem executado e o set list não deixou a desejar,  eles tem uma força e energia incríveis no palco, quem realmente gosta da banda saiu satisfeito e querendo ver os Reis novamente num show só deles.

Vida longa aos Reis!

SETLIST:

1. Crawl
2. Molly’s Chambers
3. My Party
4. Be Somebody
5. Mary
6. Fans
7. Revelry
8. Closer
9. Four Kicks
10. The Bucket
11. Notion
12. Radioactive
13. Sex on Fire
14. On Call
15. Back Down South
16. Slow Night, So Long

BIS:
17. Knocked Up
18. Manhattan
19. Use Somebody
20. Black Thumbnail

Aquecimento SWU – RATM, Incubus, QOTSA, Kings of Leon, Pixies, Dave Matthews Band e Sublime

Fim de semana de  Festival SWU!!

Pra já ir se aquecendo ou se você não vai e ficou só na vontade fique com alguns dos destaques do festival: Rage Against the Machine, Incubus, Queens of The Stone Age, Kings of Leon, Pixies, Dave Matthews Band e Sublime.

As “N” melhores bandas com irmãos de todos os tempos

  • Beach BoysBrian, Carl e Dennis Wilson não tiveram carreiras muito fraternais mas foram nos anos 60 a pérola pop mais importante dos EUA.
  • Pantera – São Brothers do Metal que nos 90 bombaram geral – Vinnie Paul e “Dimebag” Darrell Abbott – RIP.
  • Van Halen – Os donos da banda Eddie e Alex colocaram até o pai tocando clarinete em uma canção e no último tour de 2008 o próprio filho de Eddie , Wolfgang assumiu o baixo.
  • Os Mutantes – Com ou sem Rita, quando os irmãos Baptista estão juntos na banda, a mágica dos Mutantes e sua psicodelia tropical rola prá valer.
  • Sepultura – Os fundadores Igor e Max Cavalera agora estão fora da banda, que com eles na formação dominaram o planeta com ROOTS. O Sepultura atual é uma banda de respeito mas não se pode negar que nos 90 os caras foram uma das bandas mais fortes do gênero.
  • The Jacksons 5 – Foi a irmandade mais celebrada da música pop, mas fora dos palcos o lance era barra pesada, vide as consequências psicológicas generalizadas.
  • Kings of Leon – Os caipiras modernos do KOL tem os irmãos Caleb, Jared, Nathan e com o primo Matthew vivem carreira meteórica, testando forte a convivência e clima interno da banda.
  • Jesus and Mary Chain – Irmãos REID – esses caras são os heróis junkies dos 80´s. Simplesmente sobreviveram mas as sequelas continuam lá…
  • The Black Crowes – O melhor rock and roll americano com pinta de som sulista e sem caretice alguma é um epicentro de tensões criativas e de ego entre Chris e Rich Robinson mas parece que sobrevivem apesar dos contantes atritos internos.
  • Bee Gees – Os Irmãos Gibbs eram bem estranhos e diferentes entre sí como qualquer foto facilmente captura.
  • Creedence Clearwater Revival – Foi um dos cavalos de batalha dos anos 60, com sucesso depois de sucesso e o quarteto dos Bros Fogerty virou trio antes do fim quando Tom foi tirado em 1971, da banda que criou, pelo gênio musical e líder tirano de plantão John Fogerty.
  • Oasis – O Britpop foi feito em cima das guerra dos Gallagher brothers … Ficam as cancões pop de primeira.
  • The Kinks – A combinação do frontman Ray Davies e a guitarra de seu irmão Dave Davies foram uma fábrica de singles perfeitos por quase 20 anos.
  • The Allman BrothersDuane e Greg Allman precisa falar… não conhece ? Clique no link e veja como o perfeito Blues dos caras colocaram a guitarra de Duane no clássico “Layla” de Eric Clapton.
  • Kool and the Gang – fundada pelos brothers Robert “Kool” Bell e Ronlad “Khalis” Bell – hits … e mais hits do funk made in 70´s.
  • AC/DCMalcom e Angus Young são o supra sumo das guitarras roqueiras…WE SALUTE YOU !!
  • UB40 – Onde por mais de 30 anos o reggea da banda de Robin e Ali Campbell saiu da Inglaterra para o mundo. Ali saiu em 2008 e quem canta agora na banda é simplesmente outro irmão Campbell Duncan. (Family Bussiness).
  • INXS – O super pop da Austrália de Jon, Tim e Andrew Farriss – a base sônica do INXS.
  • Stone Temple Pilots – No auge a banda com Scott Weiland, os irmãos Robert e Dean DeLeo e o batera Eric Kretz – foi um contraponto do grunge com roupagem glam.
  • The B-52´s – Banda americana  de rock e new wave, formada em 1976 na Georgia/USA, por Kate Pierson (vocais), Cindy Wilson (vocais), Fred Schneider (vocais), Ricky Wilson (guitarra – RIP) e Keith Strickland (bateria). (Continuam na ativa com discos e tours recentes).
  • Radiohead – O combo de Thom Yorke com os brothers Jonny Greenwood – guitarras e Colin Greenwood – baixo, são a banda mainstream mais cult do planeta.
  • Iggy Pop and the Stooges – Com Scott e Ron Asheton formaram a base do pré punk de garagem nos anos 70.
  • The ReplacementsBob e Tommy Stinson base do quarteto alternativo que nos anos 80 eram os heróis das College Radios junto com bandas como REM.
  • Dire Straits – Quando surgiram no final dos anos 70 os irmãos Knopfler eram a base e solo de guitarras mais interessantes do rock britânico, mas quando conquistaram o mundo Mark Knopfler já havia demitido o irmão David.
  • Heart – O Hard Rock de Seattle atravessou os anos 70 e virou pop MTV nos anos 80. Liderados por duas irmãs, ícones do Hard Rock – Ann e Nancy Wilson.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sentiu falta de algum grupo !?!?!? Coloque sua sugestão nos comentários !!

SWU promete anunciar Rage Against the Machine nessa Segunda (19/Jul) … ou …

Rage Agains the Machine

O SWU Music and Arts Festival vai acontecer na cidade paulista de Itu nos dias 9, 10 e 11 de outubro (Fazenda Maeda) e promete anunciar a presença do RATM para aditivar a sua programação.

Já estão confirmadas para o dia 10/10 – Kings of Leon, Dave Matthews Band, Sublime (w/Rome), Regina Spektor e DJ Sharam e para o dia 11/10 – Linkin Park, Pixies, Incubus e DJ Erol Alkan.

Confesso que por todo HYPE criado, o Woodstock de Itu ainda não me empolgou, pois somente Pixies e Kings of Leon mexeram comigo… mas se rolar Rage Against the Machine como os boatos anunciam, a coisa vai ficar séria e já vou reservar minha barraca de camping para conferir…

Confiram RATM com a clássica PEOPLE OF THE SUN

Vejam o possível Setlist dos caras com base no show de Donington(Inglaterra) no último dia 12 de Junho/10.

  • Testify
  • BombtracK
  • People Of The Sun
  • Know Your Enemy
  • Bulls On Parade
  • Township Rebellion
  • White Riot (The Clash)
  • Bullet In The Head
  • Calm Like A Bomb
  • Guerrilla Radio
  • Sleep Now In The Fire
  • Wake Up

INTERVALO + BIS

  • Freedom
  • Killing In The Name

Kings of Leon confirmados no SWU Music and Arts Festival

Kings of Leon - Jared, Caleb, Matthew e Nathan

SWU Music and Arts Festival confirmou em seu blog a presença do grupo Kings of Leon no dia 10 de outubro em Itu.

A banda formada pelos três irmãos  Caleb, Jared e Nathan Followill, e o primo Matthew Followill é uma das principais atrações do festival. O grupo, que lota festivais por onde passa, foi mudando aos poucos o seu estilo indie para um rock de arena que vende milhões, mas sem perder sua a qualidade e personalidade.

Muitos tendem a criticar o Kings of Leon dizendo que eles se venderam para conseguir fazer sucesso no seu país de origem os EUA, já que no início eles só eram populares no Reino Unido, porém o fato é que a banda evoluiu e procurou novas influências para o seu rock sulista a fim de não se tornarem mais do mesmo. O guitarrista Matthew já até chegou a anunciar que o próximo álbum do Kings vai ter uma pegada mais grunge.

O Kings of Leon é uma das melhores bandas do momento e uma das únicas que mantem a sua personalidade forte enquanto buscam acrescentar coisas novas ao seu repertório. Então vamos aguardar para ver a passagem dos reis por aqui em outubro.

Confira o link atualizado com a crítica do show no SWU.

Veja o  antes e depois da família Followill:

Antes:

Depois:

Podcast Vishows – Emissão 25 – Podworldmusicaland

Paul Weller – Can you heal us (Holy man),
Walter Franco – Vela Aberta
Paul Davidson – Midnight Rider (Allman Bros Song)
Tim Maia – Que legal,
Ricardo Lemvo & Makina Loca – Manuela,
The Blues Busters – Here I´m come anda take me,
Mundo Livre S.A. – O mistério do samba ,
Chuck Berry – I´m talking ´bout you,
The Youngbloods – CC Rider ,
Lobão e Elza Soares – A voz da razão, ( – )
The Last shadow puppets – Black Plant,
Kings of Leon – Camaro,
Sociedade da Grã Ordem Kavernista – Eu não quero dizer nada ()

Kings of Leon quase confirmado para o Planeta Terra (Na sua guerra contra o Maquinária fest…)

Os yankees do KINGS OF LEON, já tem datas confirmadas para o México – Guadalajara (20/Out), Cidade do México (22/Out) e Monterrey (24/Out) e está praticamente confirmado para o Planeta Terra aqui em Sampa, reforçando o arsenal de guerra do festival contra o Maquinária que será no mesmo dia…

Confesso que estou indeciso… mas devo ir no Maquinária em função do Janes Addiction… mas o KOL …esse eu queria mesmo ver…

Prá entrar no clima do KOL – confiram o set list de show dos caras no Merriweather Post Pavilion em Columbia/USA – 08 de setembro de 2009

1. Closer
2. Crawl
3. Charmer
4. Taper Jean Girl
5. Molly’s Chambers
6. Red Morning Light
7. Fans
8. Revelry
9. The Bucket
10. My Party
11. Four Kicks
12. Sex on Fire
13. Notion
14. Manhattan
15. On Call
16. Cold Desert
17. Slow Night, So Long

BIS

18. Be Somebody
19. Knocked Up
20. Use Somebody
21. Black Thumbnail

%d blogueiros gostam disto: