Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos de tags: Sesc Pompéia

Nação Zumbi em São Paulo – DVD 15 anos

Nação Zumbi no SESC Pompéia

Nação Zumbi no SESC Pompéia

Nos dias 15, 16 e 17 de março São Paulo teve novamente a visita do grupo Nação Zumbi, que mistura sua cultura afro brasileira (Maracatu de Baque Virado, Coco de Roda, Ciranda, Música Afro) com muito rock, hip hop e música eletrônica, o que deu muita força ao movimento MangueBeat quando o grupo ainda respondia por Chico Science & Nação Zumbi.

Dois dias após o dia que era o aniversário de Chico (13 de março), a Nação trouxe a Sampa seu som pesado que agita a galera, tocando na choperia do SESC Pompéia, tocando também músicas clássicas do tempo de Science.
A abertura do show contou com uma breve exibição do trailler do DVD Nação Zumbi 15 Anos – Ao Vivo em Recife lançando recentemente, e que contou com algumas participações especiais no DVD como: Os Paralamas do Sucesso, Siba e a Fuloresta, Arnaldo Antunes e Fred 04.
No show a Nação fez bonito mais uma vez levando a galera toda a tirar os pés do chão, e sentir um pouco do que foi a gravação do DVD em Recife, pois dava pra ver a empolgação da banda tocando, principalmente quando Jorge du Peixe virou para Pupilo e Dengue comentando que o som tava “massa” como costumam dizer lá em PE.
Como diz no site deles:
“Nação Zumbi no Recife é Beatles em Liverpool, Bob Marley em Kingston, Joy Division em Manchester e qualquer outra comparação entre natividade e punch musical possível.”
Dentre as músicas tocadas na sexta feira fico em dúvida para dizer qual foi O Momento em que o público cantou mais forte junto  à Nação, pois duas músicas com o “coro” mais forte foram “O Cidadão do Mundo” principalmente no seu finalzinho “Chila, Relê, Domilindró !!!!” e também “Meu Maracatu Pesa uma Tonelada”.
Algumas das músicas desta sexta feira foram:
  • A Praieira;
  • Maracatu Atômico;
  • Blunt of Judah;
  • Côco Dub;
  • Fome de Tudo;
  • Risoflora;
  • Hoje, Amanhã e Depois;
  • Manguetown;
  • Quando a Maré Encher;
  • Mormaço;
  • O Cidadão do Mundo;
  • Banditismo Por Uma Questao De Classe;
E agora fiquem com alguns vídeos clássicos da Nação pra sentir qual é a pegada do som deles.
Meu vídeo gravado no SESC
Meu Maracatú (PesaUma Tonelada) – do DVD Propagando
Prato de Flores – do DVD Propagando
Anúncios

Lobão Elétrico no Sesc Pompéia

Por Katy Illy*

No último final de semana de fevereiro o cantor Lobão fez dois shows no Sesc Pompéia em São Paulo.

Sua turnê Lobão Elétrico, tem músicas de todas as fases da sua carreira. Um setlist cheio de clásicos como Rádio Blá, Me Chama, Decadence Avec Elegance, Por Tudo que For, Mais Uma Vez, Essa Noite Não, a apresentação teve 30 músicas e um bis com mais quatro canções incluindo um cover dos Beatles, Help.

Músicas mais recentes também fizeram parte do repertório como Agora é Tarde, Song For Sampa, Das Tripas Coração, Vou te Levar, entre outras.

Eu vi o show do dia 24, Lobão levou o show muito bem, num volume autíssimo ainda mais pra mim que estava coloda no palco.

Apesar do público estar meio morno e reclamando do som, ao que Lobão respondeu dizendo que aquele era um show de rock, não de sertanejo ou pior um show de mpb e que quem estivesse incomodado poderia dar uns passos pra trás.

Para mim que só havia visto o acústico, foi muito bom, principalmente as guitarras, a banda o acompanha muito bem, Me Chama foi o meu momento favorito do show.

Foram quase duas horas de muito rock pra matar mesmo a vontade de ouvir Lobão.

Lobão (voz e guitarra), Duda Lima (baixo), Armando Junior (bateria) e André Caccia Bava (guitarra)

*Katy Illy é fotógrafa e colabora com o Vishows.

Veja mais fotos do show e curta a página do Vishows no Facebook: http://www.facebook.com/vishows.

Os Inocentes em 30 anos de punk rock na Galeria Olido (02/Jul)

Clemente (Inocentes)

Clemente (Inocentes)

Os Inocentes , uma das melhores bandas de rock do Brasil de todos os tempos, e se o negócio é Punk Rock, Clemente e sua galera podem falar com propriedade, pois são a história viva do movimento, que desde sua chegada à grande São Paulo no final dos Anos 70 e início dos anos 80, gerou bandas como RDP (Ratos de Porão), Restos de Nada, Cólera, Garotos PodresCondutores de Cadáveres, Voluntários da Pátria, Mercenárias, 365, Olho Seco, Smack, Ira! e várias outras…

Em 30 anos de carreira, com vários CD´s e inúmeras formações, a banda se mantém na ativa cheia de energia, com a dupla Clemente e Ronaldo (de volta ao grupo) liderando a banda com a ótima base do baixista Anselmo e do batera Nonô.

O show começou com pequeno público no Sabadão exatamente às 18:00, e logo após as primeiras canções, a galera transformou a sisuda  e incrível Sala Olido, num clube de rock de primeira qualidade e muita gente foi chegando ao longo da apresentação.

Com ótima produção de palco, em cerca de 1,5 horas os caras detonaram e agitaram a galera com clássicos como Nada de Novo no Front, Miséria e Fome, Ele Disse Não, Expresso Oriente, São Paulo (Cover 365), Cala a Boca, Rotina, Não Acordem a Cidade e a apoteose como sexteto com 3 vocalistas (Ariel – ícone punk, Mauricinho – fundador e Clemente o cara) na profética Pânico em SP.

A banda vai fazer nova apresentação comemorativa na próxima Sexta dia 08/Jul no Sesc Pompéia, onde o repertório deve ser maior, com participação de ex-integrantes da banda e membros do 365 e Mercenárias#FICAADICA

Sou fã de longa data, mas ontem ficou comprovado que a banda merece muito mais foco e atenção da mídia especializada, são hoje e sempre a maior banda do gênero do Brasil… é pouco ou quer mais ? VALEU INOCENTES !! MAIS 30 ANOS DE ROCK !!

Resumo dos fins de semana: Tarântulas & Tarantinos, Cérebro Eletrônico e Orquestra Brasileira de Música Jamaicana

Por Katy Illy*

Tarântulas & Tarantinos

Thunderbird – foto: Katy Illy

Já faz um tempinho… mas no dia 04 de janeiro rolou no Studio SP na programação Cedo e Sentado o show da banda Tarântulas & Tarantinos. Pra quem não conhece, a banda é liderada pelo Luiz Thunderbird, que ficou conhecido como VJ da MTV famoso nos anos 90, ele é responsável pelos vocais e baixo, os outros integrantes são Felipe Pagani (guitarra/vocais, efeitos), Felipe Maia (bateria/percussão) e Quincas Moreira (teclado/sopro).

O mais legal, além de ver o Thunderbird se divertindo demais no palco, é que a banda faz versões das músicas da trilha sonora dos filmes do Quentin Tarantino, desde Cães de Aluguel, passando por Um Drink no Inferno, Pulp Fiction, Kill Bill, até os mais recentes Bastardos Inglórios e À Prova de Morte. E entre as músicas há diálogos clássicos desses filmes também.
Eles tocam músicas como Bustin’ Surfboards, Stuck in the middle with you, Girl, You´ll Be A Woman Soon, Dont Let Me Be Misunderstood e muuuito mais.
E houve também com a participação da cantora escocesa Cathy Velvet, que cantou Good Night Moon que faz parte da trilha de Kill Bill, entre outras.

É um ótimo show pra dançar e se você é fã do Tarantino e viu todos os filmes sabe como as trilhas são marcantes, não há como não lembrar dos filmes a cada música que eles tocam.

Cérebro Eletrônico

serpentinas e bombinhas..

Cérebro Eletrônico – Foto: Katy Illy

Dia 12 de fevereiro rolou lá no Centro Cultural São Paulo o show da banda Cérebro Eletrônico.
Eu particularmente não conhecia a banda, fui apresentada a ela por uma amiga, a Renata Quirino. Obrigada!
A abertura foi da banda O Degrau, amigos da banda principal, inclusive Tatá Aeroplano vocal do Cérebro, também contou uma música junto com O Degrau, show cheio de participações.

Cérebro Eletrônico está lançando o seu terceiro CD com o sugestivo nome de “Deus e o Diabo na Terra do Liquidificador”, você pode conhecer as músicas através do myspace dos caras, uma das músicas mais legais é O Fabuloso Destino do Chapeleiro Louco. Além do vocalista Tatá Aeroplano, os integrantes são Fernando Maranho, Fernando TRZ, Renato Cortez e Gustavo Souza. Eles se definem como uma mistura de eletrônico, pop e rock.

Muito divertido cheio de serpentinas confetes e bombinhas, no final o palco estava uma bagunça, e a banda terminou show com o público pedindo mais.

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana

Ska pra dançar muito!

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana – Foto: Katy Illy

No mês de fevereiro e março rola no Sesc Pompéia o projeto “Prata da Casa”, todas as terças-feiras abrindo espaço para novas bandas e artistas. No dia 15 aconteceu o show da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana. Realmente eles são uma orquestra, formada por nove integrantes que tocam sax, trompete, trombone, flauta, teclado, baixo, bateria… O lider e produtor da banda é Sergio Soffiatti, que fez parte da banda Skuba nos anos 90.

Se você gosta de dançar esse é o show. A OBMJ faz versões de músicas da MBP em ska, são músicas do Villa Lobos, Tom Jobim, Chico Barque, Ari Barroso, Pixinguinha, Luiz Gonzaga. Eu sinceramente não sou fã de MPB, porém as versões que os caras fazem ficam muito boas mesmo, é impossível não dançar ao som do ska.

A banda não é só ska, eles também tem influência de early reggae e rocksteady e tem composições originais como     “Ska Around the Nation” e “Rocksteady 147”. Os caras também tem myspace, mas não se compara a ver a Orquestra ao vivo. Recomento demais!

Pagode Russo (Luiz Gonzaga)

* Katy Illyhttp://www.flickr.com/photos/katyif/

 

Todos os sons do Jazz, fusion e New Age com Dr. YUSEF LATEEF no Sesc Pompéia (Fev/11)

Yusef Lateef

Yusef Lateef

Aos 90 anos o americano YUSEF LATEEF (nascido William Emanuel Huddleston) é um saxofonista, flautista e multi instrumentista americano, que após tocar com toda a nata do Jazz nos anos 50 e 60, ficou em destaque por buscar novas referências na música oriental e nos sons da África.

Continua na ativa e chega para 2 apresentação em SAMPA – confiram !!

SESC Pompeia – Dia(s) 12/02, 13/02
Sábado, 21h. Domingo, 18h.

Ingressos : R$ 32,00 [inteira] / R$ 16,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante] e R$ 8,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

Vejam o som do “jazzista da renascência” como o site All about Jazz define seu som …

 

 

The Raveonettes após Mega confusão confirma show em Sampa dia 19/Nov

O post começa mostrando a Timeline no Twitter dos The Raveonettes, que ilustra bem a confusão que está sendo essa vinda da banda dinamarquesa para o Brasil no evento Mostra Sesc de Artes.

Twitter Raveonetes

Após muita especulação, onde a própria banda via Twitter desmentiu a vinda ao país, não é que chega a confirmação do show da dupla original de Copenhagen, formada por Sune Rose Wagner (guitarra e vocal) e pela musa Sharin Foo (baixo e vocal).

Seus álbuns Whip It On (2002), Chain Gang Of Love (2003), Pretty In Black (2005), Lust, Lust, Lust (2007) e In and Out of Control (2009), são sempre melódicos e roqueiros, lembrando os grupos pop dos anos 60 com a tradição noise de Jesus and Mary Chain e Chapterhouse.

O show vai rolar na Choperia do Sesc Pompéia no próximo dia 19/Nov/2010 e promete ser um dos eventos mais interessantes do ano em São Paulo, os ingressos estão à venda entre R$ 32,00 (inteira) e R$ 16,00 (meia entrada).

Confiram o set list da banda em show recente em Katowice – Polonia, no dia 08 de Agosto de 2010, e que serve como referência para o show único no Brasil.

  • Gone Forever
  • Attack of the Ghost Riders
  • Veronica Fever
  • Let’s Rave On
  • Bowels of the Beast
  • Lust
  • Dead Sound
  • Break Up Girls!
  • The Beat Dies
  • Heart of Stone
  • Little Animal
  • Oh, I Buried You Today
  • Love In A Trashcan
  • Last Dance
  • Aly, Walk With Me

Prá fechar meu som preferido do grupo – “Attack of the Ghost Riders” – ao vivo em Ago/10

Jai Uttal chega para o Yoga pela Paz 2010

Jai Uttal

O músico americano Jai Uttal chega ao Brasil para apresentações especiais com destaque para a participação no Yoga pela Paz nesse Sábado Domingo (das 9:00 as 13:00) – grátis no Ibirapuera.

Conheci o trabalho de Jai Uttal em 1999 com disco Shiva Station produzido e mixado por ele e Bill Laswell. Na época, eu não estava em contato com a Yoga, e o que me fez a cabeça foi mesmo o som moderno que mistura a influencia Indiana com uma pegada pop.

Sons como Guru Bramha, Shiva Station e o cover de Calling You (aquela do filme Bagdad Cafe) me apresentaram a toda essa cultura e sonoridade.

Confiram a programação completa de Jai Uttal no Brasil :

12/AGO – Jai Uttal and friends

No Congresso Internacional de Yoga e Ayurveda – Sesc Pompeia
www.yogapelapaz.org

15/AGO – Jai Uttal and Daniel Paul

Yoga Pela Paz – Parque do Ibirapuera
www.yogapelapaz.org

20/AGO –  Jai Uttal and friends

Yoga Flow (Rua Dina, 100. São Paulo, Brasil – R$ 80,00)
www.yogaflow.com.br

21/AGO – Jai Uttal and friends

Aruna Yoga (Rua Eça de Queiros, 711. São Paulo, Brasil – R$ 80,00)
www.arunayoga.com.br

O Jazz fala alto em Maio/10 com Medeski Martin and Wood

Medeski Martin and Wood

O Trio Medeski Martin & Wood (ou MMW) é um combo americano de jazz pós moderno que desde 1991 vem buscando uma sonoridade não convencional, com influências diversas e um lado experimental bem desenvolvido.

No caldeirão dos caras entra Funk, Hip Hop e Jazz no estilo muitas vezes chamado de “anti groove” ou mesmo “avant-groove”.

Mas cabecismos à parte o som é interessante e possuem vários fãs na América latina.

Confiram as datas e locais previstos :

BRASIL

São Paulo
11/Maio/2010 – Bourbon Street Music Club
13/Maio/2010 – SESC Pompeia

ARGENTINA

Buenos Aires
14/Maio/2010 – Teatro Coliseo

Córdoba
15/Maio/2010 – Teatro del Libertador San Martin

Neuquen

18/Maio/2010 – Cine y Teatro Español

URUGUAI

Montevideo
16/Maio/2010 – La Trastienda Club

CHILE

Santiago
20/Maio/2010 – Teatro Oriente

Vejam os caras mandando ver ao vivo no Festival de San Sebastian em 2005
com o som incrível de “The Lover”

Cultura Rap em alta no Evento Gerações Hip Hop – Sesc Pompéia (Abril/10)

HIP HOP BRASIL

Do fim dos anos 70 até hoje, o Hip Hop superou todos os preconceitos e se universalizou. São Paulo é hoje um dos maiores centros artísticos do movimento fora dos EUA e o festival no Sesc é só uma pequena amostra da diversidade do gênero no país.

O Rap Nacional tem estilo bem autoral e nomes como DJ Hum, Racionais, Thaíde, MV Bill, Doctors MCs, Shary Laine, Rappin Hood, M.T. Bronks, Rappin Hood, entre outros, moldaram o som e fizeram do RAP o som de várias galeras de diversos estilos em todo Brasil, criando sempre novos e fiéis admiradores.

O Gerações Hip Hop, no Sesc Pompeia, vai ter 3 dias com temas específicos. Confira :

Dia 08/Abril – 21 hrs
Mano Brown, Ice Blue, Helião, DJ Cia, Don Pixote, Du Bronks e abertura do Rosana Bronks.

Dia 09/Abril – 21 hrs
De Leve, Emicida e Thaide.

Dia 10/Abril – 21 hrs
ZULUMBI (Um mix de Nação Zumbi com o Mamelo Sound System)

INGRESSOS DE R$ 20,00 a R$ 5,00

“Toca aí” na Choperia do Sesc Pompéia vai agitar JAN/10 com o bom e velho Rock… Participação Instituto, Forgotten Boys, Vanguart e The Mockers

Um dos espaços mais democráticos de SAMPA é o SESC Pompéia, que na sua choperia sempre apresenta grandes shows e que aproveitam o clima e ambiente favoráveis para performances com alta taxa de participação e interação com o público.

Nesse espírito o SESC vai contar com as seguintes atrações para homenagear grandes bandas e nomes do rock mundial. Vejam só as datas e artistas confirmados :

07 de JAN – 21hrs
Sons do Pink Floyd pelo coletivo Instituto.
Comandados pelos produtores Rica Amabis, Tejo Damasceno e Daniel Ganja Man – o Instituto dá guarita, estúdio e produção para artistas como Otto, Nação Zumbi, Bonsucesso Samba Clube, Cidadão Instigado, BNegão, Rappin’ Hood e outros. Com formações flutuantes o grupo vai ao rap, reagge, dub e funk, eletrônica, jazz e muito samba.

14 de JAN – 21hrs
Forgotten Boys em homenagem aos Rolling Stones
Com Zé Mazzei, Flávio Cavichioli, Chuck Hipolitho e Gustavo Riviera, os caras são 100% rock sempre bem alto e cheio de energia.

21 de JAN – 21hrs
The Mockers tocam Beatles
Por amor aos Beatles os músicos Rian Batista, Regis Damasceno e Clayton Martin, do Cidadão Instigado, juntaram-se no projeto do “The Mockers”. A ideia é tocar em trio as canções que eles jamais executaram ao vivo. Não se trata de cover, mas de prestar um tributo às músicas maravilhosas deixadas pelo quarteto de Liverpool. Será no TEATRO e não na choperia.

28 de JAN – 21hrs
Vanguart toca Bob Dylan
Direto do mato-grosso, os ex queridinhos do mundo Indie, agora em fase mais mainstream, aproveitam a característica pegada de seu folk-rock para reverenciar o grande mestre Mr.Zimmerman.

INGRESSOS: R$ 16,00 (inteira); R$ 8,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Arnaldo Antunes o rei do iê iê iê – Tour 2009

O Ex-Titã e Tribalista, Arnaldo Antunes lança o disco “Iê iê iê” com uma série de shows começando por São Paulo e Rio.

Arnaldo Antunes

Arnaldo Antunes

O CD pode ser degustado parcialmente no site e mostra o paulista mais antenado com sua origem roqueira, sem esquecer do seu lado de poeta concretista.

Confiram as datas dos próximos shows :

São Paulo
15, 16 e 17 de Outubro no Sesc Pompéia

Rio de Janeiro
23 de Outubro no Circo Voador

Após essas datas o músico irá para o Nordeste com datas e locais ainda não confirmados.

Ao longo do Tour, vão rolar shows do seu projeto infanto-juvenil Pequeno Cidadão, com shows hoje (12/10) dia da criança no Sesc Pinheiros e no dia 18/10 no Centro Cultural São Paulo.

%d blogueiros gostam disto: