Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos de tags: Virada Cultural

Dicas para curtir numa boa a Virada Cultura 2011 em São Paulo (dias 16 e 17 de abril)

Ir na Virada Cultural é sempre um programa especial, onde os paulistanos reconquistam o centro da cidade por 24 horas, pois o Centrão deveria ser sempre o foco da cultura como em toda cidade decente.

Virada Anhagabaú

Já para se divertir numa boa e curtir a Virada é mais complicado, pois não é tão difícil se dar mal, afinal a noite de Sábado vai lotando em progressão geométrica, e a sujeira crescente pode tornar a experiência meio decepcionante, principalmente se não for possível ficar próximo ao seu artista preferido.

Seguem as dicas do blog para curtir numa boa.

1 – PESQUISAR E PLANEJAR

Antes de mais nada a primeira dica é PLANEJAMENTO, pois um evento assim diverso agrega roqueiros, pagodeiros, malucos, crianças, velhinhos, mendigos, regueiros, clubbers, manos, mauricinhos, punks e alternativos de toda ordem e opção.

Ou seja, tem prá todo mundo – procure na programação completa do sitio da Virada, e cheque seus artistas e atrações favoritas, horários e locais. Feito isso, dê um passeio no Google MAPS e Street View para ver as distâncias, pontos de ônibus e metrô mais próximos.

2 – TRANSPORTE

Ir de carro na Virada é a maior roubada !! Se você mora longe do centro e do metrô, a dica de transporte é ir de carro até a estação de Metrô ou trem mais próxima. Daí é escolher se fica melhor descer na Sé, Liberdade, República, Anhagabaú, Luz ou até mesmo na Paraíso, Ana Rosa, Santana e Barra Funda prá quem vai curtir o circuito que rola em diversos SESCs da cidade.

Em todos os CEU´s vão rolar apresentações e performances como opção para vários bairros de SP.

3 – HORÁRIOS

Eu sempre busco horários mais alternativos, o pico de lotação normalmente acontece das 22:00 até altas horas da madrugada, e no Domingo à tarde a cidade fica novamente lotada.

Sempre pesquise os palcos próximos do seu show preferido, pois se ficar lotado demais, apresentações menos concorridas podem ser até mais divertidas.

4 – O que ver na Virada Cultural 2011 ?

Com o Brasil na moda e no roteiro de todos os shows, dolar barato e festivais de sobra na América do Sul, eu tinha uma expectativa bem maior nesse ano, ache que se por um lado a Virada investiu no humor e entretenimento para todos, as atrações musicais estão no mesmo nível de 2010… ou seja, poderiam ter sido mais agressivos… mas como esse ano não tem eleição …. a Secretaria da Cultura e organizadores foram bem tímidos.

Seguem os destaques musicais preferidos …

Palco São João – música eletrônica/ritmos latinos/ska/dub

19h00 – Armando Manzanero (México) – Latino/Romantico

21h00 – Chicha Libre (EUA) – NYC – Latino/Amazônico/Electro/Pop/Surf

23h00 – Skatalites (Jamaica) – IMPERDÍVEL mas deve LOTAR

03h00 – Macaco (Espanha – Barcelona) – Pop/Latino/Electro – ACHADO – RECOMENDO

05h00 – Marcelo Yuka (Brasil – Rio) – Ex.Líder do Rappa

07h00 – Dj Dolores y Orquestra Santa Massa (Brasil – Pernambuco)

15h00 – Mad Professor (Jamaica) + Marty Dread

17h00 – Steel Pulse (Inglaterra) – Reggae

Palco República – black/hip-hop, funk, soul e samba

18h00 –  KL Jay, Edi Rock e Don Pixote (Quase os Racionais) !!

00h00 – Toni Tornado e Dom Salvador + Abolição (Funk Brasil – 70´s)

18h00 – Paulinho da Viola e Orquestra de Cordas de Curitiba (MPB)

Palco Júlio Prestes – rock n’ roll, blues, heavy metal, psychobilly e pop rock

18h00 – Rita Lee (Rock Brasil) – LOTADO

20h00 – Edgar Winter (EUA) – Blues – D+

02h00 – The Misfits (EUA) – Psycobilly / Punk

14h00 – Plebe Rude (Rock Brasil – Punk)

16h00 – Blitz (80´s Rock Brasil)

18h00 – RPM (80´s, Pop Brasil – A volta dos que não foram…)

Palco Arouche – brega ao rock

23h00 – Ritchie – (80´s, Pop Brasil – A volta dos que não foram…)

07h00 – Big Time Orchestra (Big Band Rock)

11h00 – A Cor do Som – (Pop, MPB, Rock – 70´s/80´s)

13h00 – Os Incríveis – (Pop / Rock – 60´s/70´s)

17h00 – Erasmo Carlos – (Jovem Guarda – MPB- Rock)

Palco XV de Novembro – veteranos e novatos

18h00 – Tiê – (pop)

00h00 – Cibelle e Cidadão Instigado

14h00 – Maria Alcina e Edy Star (loucuras mil)

18h00 – Jorge Mautner (MPB – Cabeça)

Bulevar São João — Maratona: a banda Beatles 4ever toca todos os discos na sequência

A banda paulistana Beatles 4Ever vai tocar todos os discos dos Beatles ao vivo, na íntegra e em ordem de lançamento, com figurinos originais.

Palco Estação da Luz – Corpos de baile/Orquestras e seus convidados

21h00 – Orquestra de Câmara da USP : Stravinsky – Zappa – Ginastera -Scrutinizer (Tocando repertório de Frank Zappa)

00h00 – Orquestra Experimental de Repertório Convida Sepultura

09h30 – Orquestra Fervorosa Convida Inezita Barroso

CEU Parque Anhanguera

21h00 – Mallu Magalhães (MPB – Folk)

CEU Vila Atlântica

22h00 – Luiz Melodia (MPB)

Sesc Santana

18h00 – Big Boy Revival Show (Memória ao DJ Big Boy)

21h00 – Casa das Máquinas (Rock Brasil – 70´s)

Casa de Francisca – Rua José Maria Lisboa 190

00h30 – Cida Moreira (MPB)

19h30 – Arrigo Barnabé (MPB – Vanguarda)

APROVEITEM E ACOMPANHEM A PROGRAMAÇÃO NO BLOG

Meus shows da Virada 2010 – Sampa

Para a Virada 2010, bolei um plano particular e focado em não tentar ver os shows de maior Hype.

Dessa forma, acabei montando um roteiro bem diverso e que me permitiu ver alguns shows de muito perto e até mesmo interagir com alguns artistas.

No Sábado perdí de cara o primeiro show que havia agendado e não conferí Lanny Gordin, mago das guitarras tropicalistas na Casa das Rosas… como fiquei mal com essa perda busquei o vídeo do mestre tocando ao vivo na Virada, cortesia do perfil Guitarfreaks666 que registrou inúmeros vídeos da Virada paulistana.

Lanny Gordin e Banda Kaol – Casa das Rosas 15.05.10

INÍCIO DA EMPREITADA: Cheguei ao Metro Paraíso às 18:30 e com meus primos Rafael e Fernanda conferímos uma grande sequencia de shows, começando com o som instrumental e cheio de improviso do gênio Hermeto Pascoal, em pleno Vale do Anhagabaú com a São João.

Para tocar com Hermeto os músicos tem que ter um conhecimento musical amplo e o mestre albino mostrou seu Jazz sertanejo from Hell para os poucos que já estavam preparados para a Maratona Cultural.

Depois de 1 hora de som instrumental de qualidade a fome apertou e conferímos um tradicional Bauru no Ponto Chic do Largo Paissandú.

Alimentados, seguimos direto para a outra ponta da São João, a tempo de conferir o Grandmothers, base da banda que acompanhou Frank Zappa nos primeiros anos da carreira. Já com o centrão lotado curtí de longe sons como Peaches en Regalia do disco Baby Snakes e um ótimo medley RAP/Funk com destaque para o cover de Grandmaster Flash – “The Message”.

Do palco rock, fomos para o esfumaçado palco Reggae, a tempo de pegar na íntegra o som do jamaicano  Pablo Moses, que sustentou com uma bela voz o ritmo consagrado de Marley e CIA.

De lá, num caminho Rough passando por pontos sinistros do centro, onde a galera não se importava em nada com a virada, cheguei pertinho da LUZ, onde conferí os dois últimos shows da noite no palco Indie.

Deu prá registrar a metade final dos roqueiros Black Drawing Chalks, que fizeram o melhor show da noite em parte pela pegada hard mas principalmente pela qualidade das composições e interação com a galera.

Meu sábado fechou com Tulipa Ruiz, que no palco da Casper Líbero fez um bom show com músicas do seu disco Efêmera para poucos interessados.

Voltei logo para casa pois meus planos para o Domingo começavam cedo.

Logo às 07:00 de um lindo Domingo, lá estava eu novamente na São João para conferir meu primeiro show do mestre gaúcho Nei Lisboa.

O público nesse horário se dividia entre os que rodaram a madrugada de show em show e alguns malucos que acordaram cedo para conferir as canções de Júlio como Cena Beatnik.

Adorei o espetáculo, que em cerca de 1 hora e meia. Me encheu de alegria em meio às baladas e boas sacadas de Nei. GRANDE SHOW !! Vou querer vê-lo em breve novamente!!

A Virada Cultural acabou para mim da melhor forma possível, com o som folk/rock do herói sonico argentino Nito Mestre, que é um mito local e tem no seminal grupo Sui Generis (em conjunto com Charly Garcia) a base
do seu incrível repertório.

Nesse momento, chegaram ao centro vários argentinos e o famoso Mate, mas mesmo com esse reforço dos “Hermanos” o show começou com menos de 200 presentes.

Nito se mostrou inspirado, com o show crescendo pouco a pouco até se tornar em um dos maiores shows que conferí no Ano. Grande cantor tem carisma de sobra e um incrível repertório.

Foi aglutinando todos que passavam pelo Vale do Anhagabaú e no fim do espetáculo foi ovacionado pelo crescente público.

Como prova do clima especial que trouxe ao concerto, o músico ficou cerca de 15 minutos interagindo com os fãs, tirando fotos e dando autógrafos. O próprio blogueiro que vos fala, havia levado seu CD do Sui Generis para a Virada, sendo agraciado com uma dedicatória do cantor.

Para quem não conhece, segue o vídeo clássico do Sui Generis ao vivo em 72 !!


Depois desse show eu não queira ver mais nada, deixei para a próxima conferir Flora Purim, Clinton Fearon e Big Youth que estavam nos meus planos.

Como ao meio dia já estava em casa e com poucas horas de sono, o Domingão serviu para curar a ressaca de shows do final de semana. Que venha a Virada 2011 !!


Virada Cultural 2010 – Domingo pela manhã

Imagens da Virada Cultural 2010 – Sábado 15/Maio

Dicas e destaques da Virada Cultural 2010

Com tantos shows em 24 horas , o blog Vishows resolver sugerir uma programação com o supra sumo da Virada Cultural 2010, confiram !!

PRAÇA JULIO PRESTES – (Av. Duque de Caxias, próximo a Sala São Paulo)

Dia 15 – 18hrsBarbarito Torres e Ignacio Mazacote (Cuba)
A dupla integrante do Buena Vista Social Club vai abrir o evento com os manjados clássicos do som cubano.

Dia 16 – 0:00Céu
A cantora Céu de volta do consagrado tour nos EUA onde agitou o festival de Coachella. Em grande fase vai apresentar sons de seus dois discos lançados.

Dia 16 – 03:00 Living Colour
A consagrada banda de rock americana volta ao Brasil para mostrar como se toca, com o virtuose Vernon Reid no comando os caras promotem agitar a galera.

Dia 16 – 06:00Los Sebozos Postizos
Com Jorge du Peixe, Lúcio Maia, Dengue, Pupillo e Da Lua, componentes do Nação Zumbi mandam muito bem nesse projeto onde fazem shows em que homenageiam grandes ídolos como Jorge Ben e Tim Maia.

PRAÇA DA REPÚBLICA – (Próximo à av. Ipiranga, virado para a Rua do Arouche) – SAMBA

Dia 15 – 19:00Paulo Vanzolini
Dia 16 – 01:00Jair Rodrigues
Dia 16 – 15:00 Arlindo Cruz
Dia 16 – 17:00Germano Mathias e Dicró

BULEVAR SÃO JOÃO – (Vale do Anhangabaú) – ROCK e DIVERSIDADE SONORA

Dia 15 – 19:00 – Hermeto Pascoal (Vanguarda mental e sonora)
Dia 15 – 23:00Booker T (Eua) (Ex MG´s – recheado de sucessos)
Dia 16 – 01:00 – The Temptations – Feat. Glenn Leonard (Eua)
Dia 16 – 05:00 – Edy Star – Sociedade da Grã-Ordem Kavernista – Apresenta Sessão das Dez
Dia 16 – 07:00 Nei Lisboa (O trovador do rock-pop dos Pampas – faz sempre grandes shows)
Dia 16 – 09:00 – Nito Mestre (Ex.Sui Generis -Argentina) – Imperdível !!

VIEIRA DE CARVALHO – (Lgo. do Arouche, virado para a Av. Vieira de Carvalho) – Cabecismos e Jovem guarda

Dia 15 – 19:00Arrigo Barnabé – Caixa de Ódio: o Universo de Lupicínio Rodrigues
Dia 16 – 11:00 – Jerry Adriani (O Elvis Brasileiro)
Dia 16 – 15:00 – Vanusa (Piadas de lado a cantora tem um repertório de respeito)
Dia 16 – 17:00 – Wanderléa (De DVD novo impressiona bem em seu show atual)

AV. SÃO JOÃO – (Av. São João, próximo a Rua General Osório, virado para a Av. Ipiranga) – ROCK

Dia 15 – 20:00 – Grand Mothers – Re:invented (Banda original de Frank Zappa em nova encarnação)
Dia 15 – 22:00 – Big Brother & the Holding Co. (Banda original de Janis Joplin)
Dia 16 – 00:00Patrulha do Espaço (Hard rock paulistano)
Dia 16 – 01:30 – L.A. Guns (Rock farofa)
Dia 16 – 05:30 – Krisiun (Metal do Sul)
Dia 16 – 09:30Pitty (Pop rock brazuca)
Dia 16 – 11:30 – CPM 22 (Homenagem tocando só Ramones)
Dia 16 – 13:30Raimundos (Afinal os anos 90 voltaram !!)
Dia 16 – 17:30Titãs – (Veteranos semi mortos do rock brazuca – só vejo se receber cachê)

BARÃO DE LIMEIRA – (Alameda Barão de Limeira) – Reggae

Dia 15 – 19:00 – Orquestra Brasileira de Música Jamaicana
Dia 15 – 21:00 – Pablo Moses (Jamaica)
Dia 15 – 23:00 – Cidade Negra e Ras Bernardo – Lute para Viver (1991) – Apresentação do clássico disco na íntegra.

…a informação correta é a de que o show apresentará ao público paulista o repertório do NOVO CD (“Que Assim Seja”), bem como o novo vocalista do Cidade Negra, ALEXANDRE MASSAU. (Ver comentários do Post)

Dia 16 – 01:00Fully Fullwood (Jamaica)
Dia 16 – 05:00 – Tribo de Jah
Dia 16 – 15:00Clinton Fearon (Jamaica)
Dia 16 – 17:00Big Youth (Jamaica) Clássico absoluto !!

CASPER LÍBERO – (Washington Luís)

Dia 15 – 20:40 – Detetives – (Rock)
Dia 15 – 22:20Tulipa Ruiz e Dudu Tsuda (Novos sons brazucas)
Dia 16 – 16:40 – Mallu Magalhães (A trovadora teen que todos amam odiar)

Casa das Rosas – Av. Paulista, 37 – Bela Vista

Dia 15 – 15:00 – Lanny Gordin e Banda (Histórico guitarrista da MPB brasileira)
Dia 15 – 21:00 – Tetê Espíndola e Banda (Nossa Kate Bush… Perdida nas Estrelas)

Clique aqui para ver a programação completa, ou se preferir confira nosso post anterior sobre os shows da Virada 2010 que vão rolar no SESC.

Virada Cultural 2010 e os shows já agendados no circuito SESC-SP

Virada Cultural 2010

A Virada Cultural 2010, vi rolar na Capital e diversas cidades do estado de São Paulo, nesse primeiro POST algumas dicas de shows confirmados enquanto a programação completa ainda não foi divulgada.

Como os shows em Sampa estão ainda dependendo da definição dos locais para termos uma agenda completa, começamos com as dicas e links mais importantes, além da programação já definida para o circuito Sesc na capital.

Como destaques da versão 2010 podemos colocar os gringos Mudhoney, Living Colour, Cat Power,  Yann Tiersen e Manu Chao que ao lado de atrações brazucas vão agitar a paulicéia.

No interior e litoral as seguintes cidades farão parte do evento Araçatuba, Araraquara, Assis, Bauru, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara d’Oeste, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e na Região Metropolitana da Baixada Santista com Santos, Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, São Vicente.

Mais sobre a programação no interior aqui no site da Secretaria de Cultura.

Em Sampa por enquanto somente está definida a programação no circuito SESC, vejam os shows programados que destacamos para vocês :

SPOK FREVO – Direto do Recife/PE, no formato de Orquestra – Spok Freve leva o frevo e sons regionais para novos lugares e sonoridades. Sesc Vila Mariana – Dia(s) 14/05, 15/05 e 16/05 (Sexta e Sábado às 21h; Domingo às 18h)

ARNALDO ANTUNES – O titânico compositor e poeta mostra sons novos e antigos de toda carreira. Sesc Santana – Sábado dia 15/05 às 23hrs.

FLÁVIO GUIMARÃES – Grande gaitista brazuca, fundador dos Blues Etílicos é hoje reconhecido pelos grandes mestres do Blues.  Sesc Interlagos – Sábado – 20hrs.

J.J. JACKSON – O americano radicado no Brasil manda sempre muito bem seu Mix de sons norte americanos. Sesc Interlagos – 15/05 – Sábado – 18:30.

ZUMBIS DO ESPAÇO – Do interior de São Paulo (Taubaté/Pindamonhangaba/Campos do Jordão) são pioneiros do “horror rock”. RECOMENDO !! Sesc Vila Mariana – Dia 15/05 – Sábado 23:30.

MILOCOVIK – Quartero de Sampa que manda bem no pop rock variado e meio eletrônico – Sesc Santana – Domingo – 02:30.

MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJÚ – A mistura de sons faz dos caras uma das sensações do novo som brasileiro, mais um show que vale muito conferir !! Sesc Santana – Domingo – 16/05 às 03:30.

CONFIRAM AQUI OS DEMAIS DESTAQUES DA VIRADA CULTURAL – DICAS VISHOWS

Viradão Cultural agita os Cariocas

Depois do sucesso da virada Paulistana, agora é a vez do Rio de Janeiro realizar o Viradão Carioca – com eventos musicais, cinema, teatro e exposições.

Nossos colaboradores do Vishows, vão estar lá para conferir…

Aquí no Blog seguem nossas indicações dos melhores shows… que iniciam hoje dia 05 de junho indo até domingo 07 de junho.

Na sexta feira dia 05 de junho – confiram :

Tom Zé – 23:00
Galpão do Aplauso (Rua General Luís Mendes de Moraes, 50 – Santo Cristo)
Entrada R$ 5 + 1Kg de alimento.

Skatalites – 22:00
Circo Voador – Arcos da Lapa, s/n – Centro
Adesão ao Viradão – R$ 40
http://www.circovoador.com.br

Nega Gizza + 2 DJ’s da CUFA – 21:00
Lona da Palavra
Parque Manuel Bandeira, s/n – Ilha do Governador

Homenagem a Simonal – Elza Soares e Farofa Carioca – 21:00
Lona Black Power – Lona Cultural de Vista Alegre
Av. São Félix, 601, Parque Orlando Bernardes – GRÁTIS

Moraes Moreira – 21:00
Realengo – Lona Nordeste Plural
Av. Marechal Fontenelle, 5000 – GRÁTIS

No Sábado dia 06

Dicró canta a Praia de Ramos no Leblon – 16:00
Teatro Café Pequeno
Av. Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon

DJ Marlboro – 17:00
Palco – O Rio de Janeiro Fevereiro e Março
Praça XV

Zélia Duncan – 21:00
Palco Brasil Plural
Praça da Guilherme, Bangu
(em frente à estação Guilherme da Silveira e ao Campo do Bangu)

Jards Macalé – 21:00
Lona da Palavra – Lona Cultural da Ilha do Governador
Parque Manuel Bandeira, s/n

Marcelo Camelo – 22:00
Palco -O Rio de Janeiro. fevereiro e março
Praça XV (na altura da Rua do Mercado)

Móveis Coloniais de Acaju – 22:00
Circo Voador
Arcos da Lapa, s/n – Lapa
Adesão ao Viradão – R$ 40
Maiores informações http://www.circovoador.com.br

Moska
Palco Brasil Plural
Praça da Guilherme, Bangu
(em frente à estação Guilherme da Silveira e ao Campo do Bangu)

DOMINGO dia 07

Bangalafumenga – 03:00
Palco – O Rio de Janeiro. fevereiro e março
Praça XV (na altura da Rua do Mercado)

Bossacucanova – 13:00
Palco Sobre Rodas
Quinta da Boa Vista – São Cristóvão

MC Leozinho – 15:00
Palco Móvel – Vira Móvel
Piscinão de Ramos
Rua Gerson Ferreira, s/nº – Ramos

Milton Nascimento – 17:00
Palco Brasil Plural
Praça da Guilherme, Bangu
(em frente à estação Guilherme da Silveira e ao Campo do Bangu)

Alceu Valença – 18:00
Quadra da Portela
Rua Clara Nunes, 81 – Madureira

Pedro Luís e a Parede – 19:00
Palco – O Rio de Janeiro, Fevereiro e Março
Praça XV

Martinho da Vila – 19:00
Palco Brasil Plural
Praça da Guilherme, Bangu
(em frente à estação Guilherme da Silveira e ao Campo do Bangu)

O Rappa – 21:00
Palco Brasil Plural
Praça Guilherme da Silveira, Bangu
GRÁTIS

De minha janela para a Virada

Este ano a Virada Cultural de São Paulo ví, ou melhor, ouvi de minha janela, devido a uma gripe que me arriou e por ter o privilégio de ter o seu palco principal literalmente sob ela !

Muita gente pode achar que é um saco ter a sua rua interrompida ao tráfego, mal poder sair de casa devido à quantidade de gente pelas ruas, ou ter um tapume bem na porta de entrada do prédio, eu acho ótimo !

Virada cultural 2009

Virada cultural 2009

Por mim teríamos ao menos uma por semestre, por que não ?

Vamos dizer assim, num semestre o foco seria a música, no outro o cinema/teatro/dança e museus, acredito que desta maneira teríamos chance de ir a mais eventos, pois no modelo atual é muita coisa ao mesmo tempo, às vezes nos interessa algo que é no mesmo horário de outro que também queremos, sempre haverá esse tipo de problema, sejamos claros, mas se pudermos de alguma maneira “amenizar”……

A Virada para mim começou na realidade dia 30/04, chegando em casa já vi a movimentação de caminhões, carros, polícia, DSV etc, tudo para a montagem do palco, na realidade o palco foi montado antes devido às comemorações do 1º de Maio da UGT(União Geral dos Trabalhadores) uma central sindical, após uma noite inteira de barulho e pouco sono, pela manhã começam a testar o som para os shows. Ao meio-dia os shows começaram, tirando de lado os discursos de “companheiros e companheiras” que os interrompiam, teve de tudo um pouco, de Daniel, Lecy Brandão( Ótima), Alexandre Pires, além de outros que não me recordo, terminando com o Vitor e Leo – gente vou sair para comprar um CD dessa dupla, são muito bons, muitas vêzes ouvimos falar de alguém novo despontando, mas não nos preocupamos em ouvir e apreciar, os havia visto num programa de televisão há uns dois anos creio, cantaram duas músicas, gostei mas não dei muita atenção, desta vêz foi possível ouvir todo um show e valeu a pena.

No sábado dia 02/05, John Lord, do Deep Purple, junto da Orquestra Sinfônica Municipal foi o primeiro show da Virada, foi muito bom ouvir o rock misturado ao clássico, me deu saudades do Rick Wakeman (por falar nele, por onde anda?) que na década de setenta já se inveredava por esses caminhos, o público encheu a São João, na sua grande maioria de homens, afinal dizem que rock é para macho, ou não Rita Lee ??? Ah! O Tutti Fruti também teve o seu momento na praça da República, queria ir, mas devido à gripe acabei ficando em casa mesmo, foi bom ficar, pois ouvir o Geraldo Azevedo com suas “modas nordestinas” é um programa imperdível, e o povão cantando junto ?!?!?! Muitos casais, mas em sua maioria era de mulheres, que sabiam as letras todas de cor.

Virada Anhagabaú

Virada Anhagabaú

Estava cansado, dei uma deitadinha quando o Marcelo Camelo começou a cantar lá pela meia-noite, não consegui ficar na cama, levantei e fui para a janela para escutar, que voz maravilhosa do cara, como a dupla que citei acima, nunca havia parado para ouvir sua música e apreciar, ele conseguiu, o que não é fácil, ter controle de todo o público, basicamente composto, me pareceu, de “emos”, se não o for, ao menos se vestiam de negro e tinham o aquele corte característico de cabelo. Mais um CD que vou comprar…

Quando a música do Tim Maia em seu “Racional”, cantada por Bnegão, Instituto, Dafé e Thalma de Freitas começou lá pelas 3:00 hs, já estava de volta à cama, de lá só saí para dar uma checadinha no público e voltei correndo, curti deitado todo o swinge do Tim num disco “quase” desconhecido, ao menos para mim, que só reconheci duas músicas, mas não para o público que vibrava, cantavam todas as músicas, me espantou, não sabia que era tão conhecido. Um parenteses aqui, de todos que cantaram tenho que ressaltar a voz da Thalma de Freitas, com uma dicção perfeita e um timbre de voz maravilhoso, espero que voe bem alto, merece.

O “Tribo de Jah” tocou o seu reggae, mas não me empolgou, mesmo que seu fiel público, todos com sua vestimenta característica(boinas, cachecois, roupas em amarelo/preto/verde/vermelho) bonito de se ver, estivesse à toda, achei pouco entusiasmante.

Cordel do Fogo Encantado” não parece nome de grupo folclorico ? Mas não é, foi uma das melhores coisas que ouvi, e olha que não sou de som pesado, “heavy”, mas este me pegou, o nordeste com seus problemas levado com paixão ao som de tambores e guitarras, forte, vibrante, letras de arrepiar, com personalidade. Quando tocaram “Cio da Terra” em sua versão, o baque foi grande, calou fundo o meu coração, simplesmente lindo. Já estou no terceiro CD a comprar … ai minha santa protetora das carteiras desprovidas !

Zeca Baleiro começou cantando “Saudosa Maloca”, um dos mais puros versos de Adoniran, à capela, mas não foi por muito tempo, o público o acompanhou, com este começo, o que se viu a seguir foi apenas a confirmação de um “showman” de primeira, um Zeca à vontade com a massa, muito bom de se ouvir.

O que falar dos Novos Baianos, a não ser que como vinho, cada vêz estão melhores, antigos sucessos em roupagem mais nova, vigorosos solos de guitarras, e a sempre fantástica Baby com seu vozeirão alucinante, um show de reencontros, tanto nosso com eles como entre si, espero que não fique só neste.Ah! Não podia deixar de mencionar a sua versão para “Sampa”, não sei o que aconteceu com o meu coração … quase parou.

E para finalizar em grande estilo, um show de primeira para ficar na história, Maria Rita impecável, dominando o palco como poucas fazem, aliás sua mãe esteve presente em cada gesto, olhar, e em alguns momentos se fechasse os olhos, Elis estaria ali, mas vamos dar crédito à Maria Rita, merece todos, está se impondo por si, saindo da “sombra”, ainda deverá demorar um pouco, mas já conseguiu bastante, está mais madura, solta, com alegria ao cantar, sem medo de cobranças, o seu atual”encontro” com o samba lhe fêz bem, está procurando e achando o seu próprio estilo. Vá menina, você é boa, trilhe seu caminho, boa sorte.

Por aqui vou ficando, foram 24 hs de muita coisa acontecendo pela cidade, fiquei em casa, graças aos Céus moro no centro de São Paulo, e assim pude participar ativamente de sua programação, mesmo que fôsse de minha janela, sem vista para os artistas no palco, mas com todo o som a que tenho direito. Estes comentários são apenas a minha visão do que “participei”, sobre a Virada em si, o que representa e o que pode e deve ser mudado, outra hora escrevo, mas gostaria que todos vocês estivessem aqui curtindo esse grande encontro cultural, fica aqui esta dica para o próximo ano, não percam, vale a pena, e para os que participaram, espero que tenham curtido.

Resenha realizada por Adelson Campos Moreira

Gentilmente cedido para o Blog Vishows com a intermediação do grande conhecedor musical Robson Gonçalves.

Destaques da Virada Cultural 2009

logovirada

Galera – a Virada Cultural tem tudo para ser um super mega evento, impossível ver tudo, o Blog resolveu então dar as dicas das atrações + recomendadas.

Vamos lá …

Sábado na Pça. Júlio Mesquita.

18h10 – JON LORD e o clássico – “Concerto para grupo e orquestra (1969)” – com Jon Lord (Ex-Deep Purple) e a Orquestra Sinfónica Municipal – regida pelo maestro Rodrigo Carvalho.

Gravado originalmente pelo Deep Purple e pela Royal Philharmonic Orchestra em 1969 – fazendo 40 aninhos nesse ano. IMPERDÍVEL

Domingo na Pça. Júlio Mesquita.

3h00 – Tim Maia Racional (1975) – Instituto, Bnegão, Thalma e Dafé tocam o disco clássico da Soul Music nacional na íntegra.

O Coletivo Instituto faz esse tributo à fase RACIONAL do mestre Tim Maia, com 11 músicos — bateria, baixo, guitarras, percussões, teclado, saxofone, trompete, trombone e DJ — o show vai ser uma grande festa com as presenças de BNegão, Thalma de Freitas e Carlos Dafé.

09h00 – Cordel do Fogo Encantado

Os pernambucanos com suas raízes nordestinas, fazem sua impactante apresentação com teatro e a música. ENERGIA PARA PARTICIPAR !!

15h00 – Novos Baianos

Imaginem só em pleno 2009 – Novos Baianos completo e original !!! Vai ser legal ouvir os acordes da guitarra de Pepeu Gomes e as vozes de Baby do Brasil e Paulinho Boca de Cantor com a presença segura dos irmãos Jorginho (Bateria) e Didi Gomes (Baixo) e a poesia lisérgica de Luiz Galvão. PARA MATAR A SAUDADE !!

Site: http://www.myspace.com/novosbaianos

Sábado no Municipal – Endereço: Praça Ramos de Azevedo.

18h00 – Arrigo Barnabé e Banda Sabor de Veneno e o SUPER Clássico alternativo e maldito – “Clara Crocodilo” de 1980.

O álbum -Clara Crocodilo é um álbum independente e complexo, no qual nada está ali de graça. Tudo se encaixa na composição de uma obra completa e profunda. Da confecção da capa aos detalhes nos arranjos, tudo foi criado conscientemente de modo que cada um dos elementos do disco se completam para formar uma obra única.

00h00 – Grande Liquidação (1968) – Tom Zé – Álbum clássico do Tropicalismo tocado na íntegra – MUITO D+

Ver Tom Zé ao-vivo é um luxo, com mais de 70 anos e energia de uma banda punk.

O tempo o colocou como o maior dos tropicalistas, apesar do mesmo rejeitar esse e qualquer outro rótulo.

Domingo no Municipal – Endereço: Praça Ramos de Azevedo.

06h00 – Violeta de Outono (1986) – Violeta de Outono – Maior banda de rock progressivo do Brasil ao-vivo no Municipal.

Vale muito a pena ver os caras, em especial num palco como o municipal.

Sábado na Praça da República – Espaço ROCK

19h00 – Tutti Frutti – Tocando ao vivo o clássico Fruto Proibido (1975) – gravado com a grande Rita Lee nos vocais.

Desde 1973 o guitar hero – Luiz Carlini com o Tutti Frutti acompanhou mitos como Rita Lee e Raul Seixas. O show celebrará os 35 anos de lançamento do álbum Fruto Proibido – A N I M A L

20h50 – O Som Nosso de Cada Dia – Anos 70 na área

O Som Nosso de Cada Dia é considerada uma das primeiras bandas nacionais a fazer rock progressivo no Brasil, dando a suas canções toques psicodélicos, em uma época em que o progressivo começava a despontar no cenário internacional. Formada nos anos 70 em São Paulo enfrentou a barra pesada da Ditadura Militar sendo considerado um grupo subversivo pela sua postura contestatória.

Domingo na Praça da República – Espaço ROCK

00h10 – Camisa de Vênus – O Punk Rock Baiano aparece na área.

A super banda Camisa de Vênus é um marco na história do rock nacional – Mr.Marcelo Nova vai como sempre comandar a massa.

05h20 -Mqn – Os roqueiros goianos chegam em Sampa para mostrar por que a banda é tão foda !!!

São um dos principais nomes do rock independente brasileiro na atualidade, o MQN completa 12 anos de estrada em 2009, trazendo na bagagem o rock explosivo que tornou a banda goiana em uma das principais referências do indir brazuca.

08h30 – Vanguart – Agora eles são os queridinhos da mídia, mas continuam uma banda muito legal com letras e levadas contagiantes.

Agora com DVD ao-vivo e virando mainstream, sem é claro afetar a qualidade e seriedade das composições do bardo Hélio Flandres (no bom sentido, é claro).

12h00 – Nação Zumbi – Há tempos o melhor show do Brasil – Eles são tão bons que fazem chover se precisar.

Nação Zumbi, ficou famosa em todo o país por acompanhar Chico Science e ser, ao lado do Mundo Livre S/A, fundadora do movimento Manguebeat.

14h00 – Nasi – Esse é o cara mais rock and roll de São Paulo – um mito – NASI você é o CARA !

Marcos Valadão Rodolfo, é uma figura, fundou em 1983 uma das mais importantes e originais bandas de rock paulistano, o IRA. Na Virada Cultural 2009, apresenta-se em dois palcos: no do Rock, fazendo seu próprio show e no palco Toca Raul, onde executa o álbum Krig-Ha, Bandolo! do mestre Raul Seixas.

17h20 – Ike Willis (Ex-ZAPPA) e a Central Scrutinizer Band

Formada há quase 20 anos, a The Central Scrutinizer Band foi considerada pelo próprio Frank Zappa uma das melhores covers do músico no mundo, é cultuada pelos iniciados sendo uma espécie de ponto de encontro dos “zappeiros”. Nessas apresentações o destaque fica por conta de Ike Willis é vocalista e guitarrista que esteve ao lado do lendário Frank Zappa por mais de 15 anos.

Sábado na Estação da LUZ – 20 anos sem RAUL

18h15 – Raulzito e os Panteras (1968) – Os Panteras

Na Virada Cultural 2009, será tocado na íntegra o clássico Raulzito e Os Panteras interpretado pelos próprios Panteras.

22h00 – Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10 (1971) – Edy Star

Disco maldito de Raul com Sérgio Sampaio, Miriam Batucada e Edy Star, Sociedade da Grã-Ordem Kavernista apresenta Sessão das Dez, será tocado na íntegra pelo membro original Edy Star.

23h15 – Krig-Ha, Bandolo! (1973) – Nasi

NASI detona na íntegra esse disco clássico do Mestre Raul Seixas.

Sábado – Rio Branco – SAMBA ROCK

23h00 – Trio Mocotó

O trio começou tocando na boate Jogral em São Paulo acompanhando Jorge Ben – parceria que durou até 1972.

Trabalharam com Toquinho e Vinicius, Chico Buarque e Abílio Manoel. A versão século XXI detona com o grande Nereu e o ex-Sossega Leão Escova.

Site: http://www.myspace.com/triomocoto

Domingo  – Rio Branco – SAMBA ROCK

06h00 – Sambasonics – Cedão – vale a pena emendar…

A banda surgiu em 2001 como uma alternativa no cenário musical paulistano, com elementos de samba e groove, reinventando para a nova geração a sonoridade samba-rock da música brasileira dos anos 60/70.

Site: http://www.lastfm.com.br/music/Sambasonics

16h50 – Havana Brasil – Combo con latinidad y brasilidad

O Projeto Havana Brasil é um sucesso, detona na noite paulista com muita qualidade musical, e faz todo mundo dançar …

Site: http://www.havanabrasil.com.br

Virada Cultural 2009

A Virada Cultural 2009 acontecerá entre os dias 2 e 3 de maio em Sampa – entre as principais atrações destaco no palco da avenida São João, o mega tecladista e músico Jon Lord – membro fundador do Deep Purple, em shows com a Orquestra Sinfônica Municipal – para tocar o clássico “Concerto para grupo e orquestra” lançado pelo DP em 1969.

Achei em geral a programação mais fraca que das últimas 2 edições, mas mesmo assim, continua um evento imperdível pela quantidade de palcos, variedade de estilos, público e artistas. Fora que poder passar a noite toda no centro da cidade, com música em todos os cantinhos do centro velho é inesquecível. Fui no ano passado e me divertí muito…

Virada Cultura 2008 - Ipiranga com São João

Virada Cultura 2008 - Ipiranga com São João

Os shows vão rolar a partir das 18h do próximo dia 2 de maio e seguindo até as 18h do dia seguinte com mais de 800 apresentações em 150 locais do centro da capital.

Vai valer a pena conferir Nação Zumbi, Maria Rita, Violeta de Outono, Geraldo Azevedo, Marcelo Camelo, Tim Maia Racional (apresentado por Instituto, Bnegão, Thalma e Dafé), Tribo de Jah, Cordel do Fogo Encantado, Zeca Baleiro, Novos Baianos, Trio Mocotó, Vanguart, Ike Willis (Ex.Zappa), Arrigo Barnabé tocando “Clara Crocodilo”, Tom Zé além do palco “Toca Raul!” em homenagem aos 20 anos de morte de Raulzito – onde dezenove bandas vão tocar todos os álbuns dele, na íntegra e em ordem cronológica.

CONFIRAM A PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE DA VIRADA CULTURAL 2009

%d blogueiros gostam disto: