Vishows

Para quem gosta de ver e ouvir ao vivo – Blog & Podcast

Arquivos de tags: Pós punk

O Post-Punk do Gang of Four esquentou o Domingão no Ipiranga

Nesse Domingo (28/Mai), a histórica banda britânica Gang of Four, comandada por Jon King (Vocal) e Andy Gill (Guitarras), esquentou o Parque da Independência no Ipiranga, com seu post-punk original e que influenciou bandas diversas como Red Hot Chili Peppers, Franz Ferdinand, System of a Down, Jane´s Addiction, Block Party, Metallica, Faith no More, Suicidal Tendencies, Rage Against the Machine, Bad Brains… entre outras.

Com instrumental desconcertante, flertando com o funk e experimentalismos mil, os caras fizeram um dos melhores shows do ano, Jon King apesar da idade e do estilo desengonçado é um super frontman, cheio de carisma e um ativista social de mão cheia, o baixista Thomas McNeice é o porto seguro do som todo quebrado e junto com o batera Mark Heaney fazem a base precisa para todas as viagens da banda.

Andy Gill é um show à parte, flerta e destrói o instrumento, que cheio de efeitos e intervenções mostra como tocar guitarra pode ser uma atividade cheia de significado e importância conceitual e artistica.

Segue galeria de fotos do show e o setlist completo !!

Gang of Four – São Paulo – 30/Maio/2011

1.You’ll Never Pay for the Farm
2.Not Great Men
3.Ether
4.I Parade Myself
5.Paralysed
6.A Fruitfly in the Beehive
7.Anthrax
8.It Was Never Gonna Turn Out Too Good
9.What We All Want
10.Why Theory?
11.We Live as We Dream, Alone
12.To Hell With Poverty
13.Do As I Say
            BIS
14.I Love a Man in Uniform
15.Natural’s Not in It
             BIS 2
16.At Home He’s a Tourist
17.Damaged Goods

Anúncios

Gang of Four na Cidade… lembrando o plágio/inspiração dos Titãs (Damaged Goods x Corações e Mentes)

PlágioSe no disco “Cabeça Dinossauro” os Titãs se inspiraram livremente na temática da banda pós-punk paulista As Mercenárias (Vide Igreja/Titãs x Santa Igreja/Mercenárias e Polícia/Titãs x Polícia/Mercenárias), no disco seguinte “Jesus não tem dentes no país dos banguelas” o então octeto paulista copiou quase que literalmente alguns versos de “Damaged goods” (do Gang of Four) no hit “Corações e Mentes”.

Como o Gang of Four nunca foi muito popular no Brasil, eu acredito que os caras foram ingênuos, pois mesmo desconhecida por aqui, a música Damaged Goods foi um dos grandes sons do disco Entertainment clássico do pós-punk lançado em 1979.

Confiram as letras originais e os trechos similares em vermelho.

Damaged Goods

The change will do you good

I always knew it would

Sometimes I’m thinking that I love you

But I know it’s only lust

Your kiss so sweet

Your sweat so sour

Your kiss so sweet

Your sweat so sour

Sometimes I’m thinking that I love you

But I know it’s only lust

The sins of the flesh

Are simply sins of lust

Sweat’s running down your back

Sweat’s running down your neck

Heated couplings in the sun

(or is that untrue)

Colder couplings in the night

(never saw your body)

Your kiss so sweet

Your sweat so sour

Sometimes I’m thinking that I love you

But I know it’s only lust

The change will do you good

I always knew it would

You know the change will do you good

You know the change will do you good

Damaged goods

Send’ em back

I can’t work, I can’t have tea

Send me back

Open the till

Give me the change you said would do me good

Refund the cost

You said you’re cheap but you’re so smart

Your sweat so sour

Sometimes I’m thinking that I love you

But I know itÕs only lust

The change will do you good

I always knew it would

You know the change will do you good

You know the change will do you good

I’m kissing you goodbye

 

Corações e Mentes

Alguma coisa aconteceu,
Inevitável acidente,

Rancor e ódio separam

Corações e mentes.

Alguma coisa aconteceu,

Estupidez, incompreensão,

Mulher e homem desejavam

Violência e paixão.

Não existe paz, não exite perdão,

Eu não suporto mais violência e paixão,

Não aguento mais viver dentro dessa prisão.

Meu amor, minha guerra, eu erro e você erra.

Todos são tão diferentes, corações e mentes.

Tantos jovens adolescentes, corações e mentes.

Você me tortura, mas

Eu já não tenho forças pra reagir.

Eu não tenho cura e

Você já não tem forças pra fugir

Da minha loucura.

Corações e mentes, violência e paixão.

O teu beijo é tão doce,

O teu suor é tão salgado.

O teu beijo é tão molhado,

É tão salgado

O teu suor.

Às vezes acho que te amo,

Às vezes acho que é só sexo.

Como não existem coincidências… os autores Marcelo Fromer e Sérgio Brito acabaram dizendo que o Gang of Four foi grande inspiração para a banda…

Polêmicas à parte, segue vídeo de cada uma das músicas como aquecimento para o Gang of Four que toca nesse Domingão (29/Mai) no Parque da Independência – veja aqui mais informações sobre o show.

Rock inglês invade Parque da Independência em São Paulo (29 de Maio 2011)

A programação do 15º Cultura Inglesa Festival, chega com rock, dj´s e cinema para agitar a cidade, confiram a programação completa no site do evento.

15º Cultura Inglesa Festival

15º Cultura Inglesa Festival

Destaque para os shows gratuitos no Parque da Independência com o pós punk sensacional do Gang of Four e os novatos Blood Red Shoes (Garage/Punk) e o guitarrista/vocalista Miles Kane (ex The Rascals).

Depois da apresentação das bandas Brotherhood, Cadillac Bourbon e Lady Luck, classificadas em festival interno da Cultura Inglesa, quem comparece também antes das atrações gringas são a Cachorro Grande (The Who) e The Mockers (Beatles) onde as duas bandas nacionais vão interpretar clássicos do rock britânico.

Mas na real o que interessa é o som clássico do ícone Pós Punk GANG OF FOUR !! Banda preferida do Blog e que merece a videografia selecionada que se segue…

New Model Army comemora 30 anos de carreira com shows especiais em Sampa

Os engajados New Model Army famosos no Brasil com sons como “51st.State“, “Purity“, “The Hunt” e “Here comes the war” chegam para shows super especiais no Citibank Hall, onde em 2 noites prometem tocar mais de 50 canções de seus 13 álbuns gravados em celebração dos 30 anos da banda.

Os caras fazem um pop-rock autêntico, político e preocupado com temas como imperialismo, trabalho e justiça social. Ví a banda no mítico/finado Dama Shock em Pinheiros bem no início dos anos 90 e fiquei super impressionado com a força deles ao-vivo e com o foco na mensagem das letras que na época foram distribuidas em versão traduzida para todos antes do show… DEMAIS !!!

A banda vai fazer shows diferentes a cada noite com uma parte elétrica e outra acústica, quem for aos dois shows terá um desconto na compra dos ingressos.

Atualmente com Justin Sullivan (vocal, guitarra e gaita), Peter Nelson (baixo e vocal), Dean White (teclado e guitarra), Michael Dean (bateria e percussão) e Marshall Gill (guitarra), a banda está no maior pique para realizar apresentação inesquecível para os fãs.

New Model Army em São Paulo – 17 e 18 de setembro (22hrs.)
Citibank Hall — Ingressos: entre R$ 40 e R$ 150

51st State em 2004 na África do Sul

Purity live at leeds 2007

Podcast Emissão 42 – Som Estrelar

Sol Pereyra – Reggaetonta, Health – Die Slow, Neko Case – I´m an animal, Syd Barrett – Terrapin, Ney Matogrosso – América do Sul, Gal Costa – Hotel das Estrelas, Gang 90 – Convite ao prazer, João Donato – The Frog, Tom Zé – Profissão Ladrão, Talking Heads – Burning Down the House (kukabara remix), Simple Minds – Glittering Prize, The Stranglers -Walk on by, Paul Weller – Wishing on a Star

Resenha do show de Hugh Cornwell no CB BAR (26/Jun)

O show de Hugh Cornwell no CB Bar foi um evento que uniu antigos punks, vários lojistas e ex-lojistas da Galeria do Rock e personalidades rock como Clemente (produtor musical e líder dos Inocentes), Supla, Kiko Zambianchi e vários figuras da noite rock paulistana.

Com cerca de 300 pessoas no público, o Pub congregou essa galera histórica, com diversos modernos e curiosos que como eu amam as canções do Stranglers e não poderiam perder a balada.

Se os Stranglers tinham um som bem sofisticado para o Pós-Punk Inglês da época, o que se viu nesse Sábado no CB foi um show bem Punk-rock.

Hugh Cornwell com a voz que marcou gerações e sua Fender Telecaster adicionada a bateria e baixo formaram um power trio perfeito e fizeram um show cru, roqueiro e com grandes versões e arranjos para clássicos como Always the Sun, Peaches, Duchess, Walk on by, Golden Brown (incrível) e No more Heroes (No bis encerrando a noite em grande estilo).

Os músicos pareceram se divertir bastante e os fãs mais empolgados fizeram coro em quase todas as canções, participando inclusive das novas “Going to the city” e “Delightful nightmare“.

Hugh mostrou estar em plena forma e fez uma apresentação memorável independente dos poucos privilegiados que foram testemunhas da performance desse ícone do pós-punk inglês.

Confiram a galeria de fotos do Show

Este slideshow necessita de JavaScript.


Toy Dolls na América do Sul em Set/2010

TOY DOLLS

Comemorando os 30 anos de carreira, a banda punk Toy Dolls retorna ao Brasil, depois de longa data, para uma nova turnê. Formado na Inglaterra, o grupo é liderado por Michael Algar, mais conhecido como Olga, que compõe todas as músicas da banda e é considerado um dos grandes figuras e guitarristas do punk.

DATAS:
BRASIL
23/Set – Porto Alegre – Bar Opinião
24/Set – Curitiba – John Bull Music Hall
26/Set – São Paulo –Vila dos Ipês

ARGENTINA
27/Set – Buenos Aires –El Teatro Flores

Confiram a programação do Abril Pró Rock 2010

O Festival Abril Pro Rock, é um dos eventos mais tradicionais e que deu o ponta pé inicial em todo esse movimento que agora se denomina como “Fora do Eixo”.

Abril Pró Rock

Nesses 18 anos o festival teve altos e baixos. A edição 2010 PROMETE !!

Confiram as atrações dos 2 dias de muito som (16 e 17 de abril)  no Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco.

Sexta-feira – 16/Abril
PUNK/METAL/HARDCORE


Blaze Bayley – UK ,  The Varukers – UK,  Agent Orange – EUA, Ratos de Porão – SP, Claustrofobia – SP, Terra Prima – PE,
Eminence – MG, Inner Demons Rise – PE, Alkymenia – PE, The Mullet Monster Mafia – SP

Sábado – 17/04
HIP HOP / POP/ ROCK / ELECTRO

Afrika Bambaataa -EUA, Pato Fu – MG,  3naMassa – PE/SP, Instituto Mexicano del Sonido – Méx,  Wado – AL,  The River Raid – PE, Nevilton – PR,  Bugs – RN,  Vendo 147 – BA, Plastique Noir – CE, Mini Box Lunar – AP, Anjo Gabriel – PE, Zeca Viana – PE, Plástico Lunar – SE.

Abertura dos portões às 20h (dia 16) e 17h (dia 17).

Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia-entrada);
R$ 25 + 1 kg de alimento não-perecível (ingresso social).

Fellini está vivo e toca em Sampa e Curitiba (jul/09)

A super banda alternativa dos anos 80, Fellini – fundada por Cadão Volpato e Thomas Pappon , aparece nesse inverno em Sampa no Studio SP no dia 22 de julho e como uma das grandes atrações do Rock de Inverno 7 – no Sabadão 25 de julho em Curitiba.

Fellini

Fellini

A banda pode ser considerada a pedra fundamental do pós-punk nacional, e gravou os seguintes álbuns : O Adeus de Fellini (1985) /Fellini só vive 2 vezes (1986) /3 Lugares diferentes (1987) /Amor Louco (1989) /Amanhã é tarde (2002)

Além de terem participado em inúmeras coletâneas no Brasil e na Europa. Prá entrar no clima… seguem os caras ao-vivo em 2006 no SESC VILA MARIANA !!

%d blogueiros gostam disto: